Servidores da Ufac paralisam atividades em apoio a órgãos da Saúde

De acordo com o presidente do SINTEST-ACRE, Robson Mendonça, a iniciativa vaio para sensibilizar o governo em relação a saúde do país.

Da Redação, com ContilNet

Na manhã desta quinta-feira (15), técnicos-administrativos da Universidade Federal do Acre (UFAC) realizaram uma paralisação em frente ao campus da Universidade na capital.

A paralisação tem como principal objetivo a adesão do dia 15 de agosto como o “Dia Nacional de Luta em Defesa da Saúde Pública, Gratuita e de Qualidade”. O dia foi proposto pelo sindicato nacional responsável pelos servidores, o SINTEST.

De acordo com o presidente do SINTEST-ACRE, Robson Mendonça, a iniciativa vaio para sensibilizar o governo em relação a saúde do país:

“Nossa paralisação hoje, tem um eixo especifico. Estamos paralisados hoje em apoio as entidades que trabalham na área da saúde. Queremos mostrar ao nosso governo que estamos de acordo com os vetos realizados pela presidente em relação aos vetos na lei que regulamenta a profissão da medicina, pois nesses vetos alguns prejuízos na saúde brasileira foram evitados”.

Robson afirma também que é de objetivo do movimento sensibilizar o governo sobre os hospitais universitários:

“Outro aspecto é que estamos na luta em defesa dos hospitais universitária, sob a administração das próprias universidades. Vemos uma tentativa clara do governo de entregar esses hospitais a empresas privadas, a fim de privatizar um serviço que já esta consolidado”.

Segundo Robson, as paralisações não param por aqui:

“Temos uma agenda a seguir, nossa federação orienta para que a última semana deste mês seja uma semana de paralisações nacionais, não somente com essas pautas, mas com outras, a fim de fortalecermos ainda mais nossas bandeiras”. E completa: “Nosso papel é sensibilizar o governo, e faz parte da nossa luta também melhorias salariais para os trabalhadores”.

Comentários