Sinhasique volta a defender que Estado reduza ICMS para baratear conta de luz

Conhecida por sua luta ao longo dos últimos anos por uma energia de qualidade e com menos impacto no bolso do consumidor, a vereadora Eliane Sinhasique (PMDB) comemora a redução da tarifa anunciada pela presidente Dilma Rousseff. Para ela, porém, o benefício poderia ser maior se o governo estadual reduzisse as alíquotas do ICMS.

A jornalista, empresa e agora vereadora, é defensora da redução do ICMS na conta de luz - Foto: agazeta.net
A jornalista, empresária e agora vereadora, é defensora da redução do ICMS na conta de luz – Foto: agazeta.net

Sinhasique avalia que esta iniciativa por parte do Estado contribuiria para garantir o giro da roda da economia acreana. “Gastando menos com luz as pessoas teriam mais dinheiro para consumir, os empresários teriam mais caixa para investir e gerar empregos”, diz a vereadora.

Com a decisão do governo federal de reduzir os custos do setor elétrico, o Acre terá este ano uma tarifa até 18% mais barata. Segundo ela, o Estado ficou na “rabagéssima” posição no país, já que em outras regiões a queda chega a 28%.

A vereadora avalia que, após esta conquista, a Eletrobras/AC precisa focar os esforços na eficácia dos serviços. Uma das medidas, diz, é assegurar uma distribuição de qualidade e atender a demanda de novos consumidores que surgem a cada dia.

“As pessoas não querem roubar energia, ninguém quer morrer eletrocutado fazendo um rabicho, o problema é a demora para a empresa fazer uma ligação elétrica”, afirma.

Câmara
Apontada como a principal vereadora a fazer oposição ao prefeito Marcus Alexandre, Eliane Sinhasique afirma que sua relação como ele é “institucional”. “Eu vejo nele uma boa vontade de solucionar o problema das pessoas, e acho que vai fazer uma boa administração”, avalia.

A peemedebista diz que já apresentou algumas demandas da comunidade ao prefeito depois de realizar visitas aos bairros da cidade. Ela comenta que tanto ele quanto os secretários estão dispostos a receber os pedidos feitos pelos moradores por meio dela.

Comentários