Telexfree: Jorge Viana diz divulgadores entraram numa roubada

Da redação, com ac24horas

Pela primeira vez, o senador Jorge Viana (PT) se manifestou sobre o imbróglio que envolve a Telexfree, impedida de operar desde junho deste ano, acusada de ser a maior pirâmide financeira do país. A empresa alega que pratica o marketing multinível.

Nas redes sociais, na tarde desta quarta-feira (23), o parlamentar disse que acompanha a situação com muita preocupação. “Mas, o que tenho visto é um verdadeiro drama de milhares de pessoas do Acre e de outros Estados, que de boa fé entraram numa verdadeira roubada. Não são donos de empresas, não são investidores e, além de não ganharem dinheiro, perderam o pouco que tinham”, comenta.

O vice-presidente do Senado mencionou ainda a decisão judicial que liberou parte dos recursos da empresa para pagamento de prestações de um hotel no Rio de Janeiro. Para o senador, o justo seria ressarcir os divulgadores.

“Pessoas de boa fé que empenharam o pouco dinheiro que tinham ou que conseguiram juntar e agora passam extrema dificuldade. Isso não é justo”, afirma.

Jorge Viana, que não participou da audiência pública que o Congresso realizou em agosto sobre o assunto, disse que é preciso separar o ‘joio do trigo’. “Se vai ter CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito), condenação ou punição para alguns, isso é coisa das autoridades e da Justiça”, explica.

Na próxima semana, o senador reúne-se com o deputado estadual Moises Diniz, que integra o comitê de apoio aos divulgadores, para discutir uma solução para o caso.

Comentários