Temporal na fronteira deixa família com sete filhos sem casa e outros prejuízos

Pousada teve parte de seu telhado afetado com a queda de uma árvore durante o vendaval - Foto: Alexandre Lima
Pousada teve parte de seu telhado afetado com a queda de uma árvore durante o vendaval – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima, com Almir Andrade e Alemão Monteiro

O temporal que assolou as cidades de Brasiléia e Epitaciolândia na tarde desta segunda-feira, dia 9, deixou um grande saldo de destruição e prejuízos em vários bairros, onde derrubou árvores, antenas parabólicas, tampas de caixa dágua, alumínios de residências, entre outros.

Numa pousada em Brasiléia, parte de um telhado foi quebrado devido a queda de uma árvore, além de um comércio que teve seu teto arrancado que danificou a rede elétrica e um posto médico, levando muito trabalho para todos.

Comercio e casas em Epitaciolândia foram afetados - Foto: Almir Andrade
Comercio e casas em Epitaciolândia foram afetados – Foto: Almir Andrade

Em Epitaciolândia, duas casas também tiveram parte do telhado arrancado e os moradores já iniciaram os consertos. O prejuízo maior foi registrado no Bairro 28 de Maio, na cidade de Brasiléia onde por pouco, não deixou feridos.

O pequeno casebre onde morava os pais com seus sete filhos, não resistiu ao vendaval e desmoronou. Antes da queda, a mãe percebeu que algo poderia acontecer e saiu com seus filhos e pediu guarida ao vizinho.

Sem condições de reerguer a casa, a família que é carente, está recebendo um pouco de ajuda de parentes e amigos. Veja a vídeo-reportagem com Almir Andrade abaixo.

Foto: Almir Andrade
Foto: Almir Andrade

Família tive sua casa derrubada com a força do vento em Brasiléia, no Bairro 28 de Maio.

Comentários