“Tolerância zero”, diz governador sobre a Operação G-7

"No início da minha gestão eu disse tolerância zero à corrupção. Estamos buscando a verdade para tomar as providências"
“No início da minha gestão eu disse tolerância zero à corrupção. Estamos buscando a verdade para tomar as providências” – Foto: Arquivo

AGazeta.net

O governador Tião Viana, durante o ato de sanção da nova lei da licença-maternidade, que aconteceu no Palácio Rio Branco, comentou sobre a Operação G7, deflagrada pela Polícia Federal na madrugada de hoje, 10.

Segundo o governador, seu governo não esconde nada “debaixo do tapete” e diz confiar em sua equipe de trabalho. Diz ainda ser a favor das investigações.

“No início da minha gestão eu disse tolerância zero à corrupção. Estamos buscando a verdade para tomar as providências”, disse.

Na Operação G7, 15 pessoas entre secretários de Estado, empreiteiros e servidores foram presas acusadas de  fraudar licitações de obras públicas no Estado. A Polícia Federal cumpiu 34 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos nos municípios de Rio Branco e Tarauacá.

Veja a nota divulgada pelo Governo do Estado.

Leia mais:

G-7: todos os mandados de prisão foram cumpridos na manhã desta sexta-feira, diz delegado

Veja tudo sobre a Operação G7 da PF

Grupo também teria desviado recursos do SUS

G-7: governo estadual emite nota de esclarecimento

Comentários