Transporte intermunicipal vai parar nesta sexta

Segunda-feira, os profissionais farão protesto na rodoviária

A Gazetanet

Motoristas do transporte intermunicipal vão cruzar os braços, nesta sexta-feira, 11, em uma paralisação de advertência. Os trabalhadores querem a regularização de salários e benefícios, que de acordo com o sindicato da categoria estão em atraso.

Segundo denuncia, o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte, o Sinttpac, as empresas Transacreana, Aiti e Amazon Tupi estão descumprindo com direitos trabalhistas e por esse motivo a categoria vai se mobilizar em uma série de manifestações. De acordo com o líder sindical Marcos Costa, os motoristas sofrem com atrasos constantes de salários e cesta básica e o FGTS não é depositado. “Não estamos brigando por reajuste por que já foi passado em maio. Isso já foi resolvido. O cumprimento do acordo coletivo que é principalmente o pagamento de salários que vem atrasando mês a mês é o que estamos querendo”, explicou.

Trabalham no transporte coletivo intermunicipal cerca de 350 motoristas. Amanhã eles vão cruzar os braços nas garagens das empresas, por até uma hora, numa paralisação de advertência. Segunda-feira, outra manifestação está prevista. Os motoristas vão se concentrar na Rodoviária Internacional. “Todo carro rodoviário que chegar nós vamos encostar. Vão ficar parados por tempo indeterminado”, salientou.

Segundo o presidente do Sinttpac, o órgão regulador do sistema rodoviário intermunicipal já recebeu várias reclamações relativas à postura das empresas junto aos trabalhadores, mas nenhuma providência foi tomada.

Comentários