TRE-AC irá cancelar título de eleitores não recadastrados

Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Após quatro meses de início do recadastramento biométrico, apenas 32% dos eleitores de Rio Branco passaram pelo procedimento. Isso significa que de um total de 230 mil eleitores, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) ainda tem que recadastrar mais de 155 mil eleitores, o que poderá causar um grande tumulto próximo do final do prazo, caso a procura permaneça baixa.

Por esse motivo, o Tribunal alerta aos que ainda não fizeram o recadastramento, que procurem um dos postos de atendimento o quanto antes. Quem não atender à convocação terá o título cancelado e, com isso, uma série de outras complicações surge, com base no código eleitoral.

Com o título cancelado o cidadão não poderá, por exemplo, inscrever-se em concurso ou cargo para função pública, receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outros impedimentos.

Segundo a dona de casa Irene de Assis Da Silva, 41, beneficiária de programa assistencial do Governo Federal, a atualização dos dados eleitorais é uma convocação atendida por ela de imediato. “Sempre que preciso atualizar qualquer documento, vou o mais rápido que posso, pois se eu não fizer isso perco o meu benefício, que recebo há mais de quatro anos”, destacou.

Os postos de atendimento biométrico do TRE-AC funcionam de segunda a sexta-feira, de 8h às 15h, no prédio localizado na Avenida Ceará, n 861, próximo ao Terminal Urbano, e no Fórum Eleitoral de Rio Branco, localizado na BR 364, km 02, em frente à sede do Tribunal.

Além desses dois pontos, o TRE está com atendimento itinerante na Universidade Federal do Acre (UFAC), e na Escola José Ribamar Batista, no bairro Sobral, no mesmo horário. Para ser atendido, o eleitor deve levar os seguintes documentos: título, identidade, CPF (se houver) e comprovante de endereço. No caso de eleitores do sexo masculino, maiores de 18 anos, que irão tirar o título pela primeira vez, é exigido ainda o certificado de reservista.

O recadastramento biométrico é obrigatório para todos os eleitores de Rio Branco, em razão das eleições biométricas na capital, que passará a valer a partir das eleições de 2014.

Comentários