Conecte-se conosco

Cotidiano

7 DE SETEMBRO: Manifestantes de todos estados do país apoiaram Jair Bolsonaro em Brasília

Publicado

em

Ato reuniu brasilienses e caravanas de 14 grupos favoráveis ao governo. PMDF não divulgou estimativa de público

Brasileiros de todas as partes do País se encontraram na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na celebração do 7 de Setembro, nesta terça-feira. Muitos já estavam na cidade, nos últimos dias, em hotéis e pousadas. Outros chegaram de caravanas e acamparam nos gramados próximos ao Teatro Nacional. O esforço foi impulsionado por convocações do presidente Jair Bolsonaro para que as comemorações da independência do Brasil fossem um “grito” pela liberdade, Democracia e fortalecimento do governo.

Logo cedo, Belini, morador de Franca, São Paulo, já estava pronto para caminhar pela Esplanada em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

“É a Nação, é o Povo, é a Liberdade. É tudo isso. Liberdade é tudo! É o que nós precisamos e é o que o nosso presidente Jair Bolsonaro está buscando para todos nós”, disse o Representante Comercial.

https://youtu.be/1Hy5AqPipEc

Já o agricultor Otávio Oliveira, de Luiz Eduardo Magalhães (BA), justifica sua participação nos atos do 7 de Setembro como uma forma de reafirmar o voto concedido no presidente Jair Bolsonaro nas últimas eleições. Para ele, os ministros do Supremo Tribunal Federal estão interferindo no Poder Executivo de forma negativa.

“Temos que comemorar a Pátria, mas estamos indignados de ter de vir aqui. Já fomos às urnas e temos de reafirmar o que a gente quer. Tivemos de vir aqui de novo. O pessoal (STF) não está cumprindo a regra e a gente tem de vir para dar o aviso”, afirmou.

Gênova Suzi, de Recife, esbanjou simpatia pelos gramados da Esplanada, dançou, cantou e tremulou com orgulho as bandeiras do Brasil e de Pernambuco. Ela também pedia por liberdade ao governo de Jair Bolsonaro.

“Se nós estivermos, nesse momento, pedindo por nossa liberdade, pedindo para que esses ratos de esgoto saiam desses porões, nós não vamos conseguir nada nunca”, afirmou a manifestante.

Os manifestantes eram milhares e se deslocaram até a frente do Congresso Nacional. Durante a marcha pela Esplanada dos Ministérios, foi possível ver grupos de caminhoneiros, motociclistas, representantes do agronegócio, indígenas, motoristas de aplicativos, agricultores, de todas as regiões do país.

Por volta de 10h30, o presidente Jair Bolsonaro sobrevoou a Esplanada de helicóptero e foi ovacionado pelo público. Em seguida, o presidente discursou em cima de um carro de som. Em tom forte, Jair Bolsonaro reafirmou seu compromisso em “defender” a Constituição.

“Não vamos mais admitir pessoas, como Alexandre de Moraes, continuem a açoitar a nossa Democracia e desrespeitar a nossa Constituição”, afirmou o presidente.
De acordo com o Governo do Distrito Federal, as comemorações ao 7 de Setembro e as manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro foram realizadas sem nenhuma ocorrência grave.

 

Comentários

Cotidiano

Em súmula, árbitro cita soco e cabeçada para justificar expulsões de zagueiros contra o ASA

Publicado

em

Descrição cita que Hiago Santos deu soco em Brumati, do Alvinegro, no 1º tempo, enquanto Yago Ramon acertou cabeçada em Cristian Lucca, na etapa final, na ida das oitavas de final da Série D

O árbitro Arthur Gomes Rabelo, do Distrito Federal, relatou na súmula o que motivou a aplicação de cartão vermelho para os zagueiros Yago Ramo e Hiago Santos, do Rio Branco-AC, expulsos no empate sem gols com o ASA-AL, jogo de ida das oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D, no último domingo (7). Confira as expulsões no vídeo acima!

Segundo ele, os defensores do Estrelão agrediram rivais nas duas situações, por isso acabaram excluídos do jogo. Hiago Santos desferiu um soco na barriga de Brumati, defensor do ASA, ao revidar uma cotovelada dentro da área do Rio Branco-AC, quando a bola estava parada para uma cobrança de escanteio dos visitantes. Ambos foram expulsos aos 45 minutos do primeiro tempo.

Yago Ramon deixa gramado do Florestão após expulsão diante do ASA-AL — Foto: Manoel Façanha/Arquivo Pessoal

Já Yago Ramon “acertou uma cabeçada na altura do pescoço” de Cristian Lucca, de acordo com o árbitro, após o zagueiro do ASA pisar em Negueba, lateral-esquerdo do Rio Branco-AC, que estava caído na área do time acreano. Yago Ramon e Cristian Lucca acabaram expulsos aos 25 minutos da etapa final.

Súmula Rio Branco-AC 0 x 0 ASA, ida oitavas de final Série D 2022 — Foto: Reprodução/CBF

Os quatro expulsos serão desfalques para as duas equipes na partida de volta, domingo (14), no estádio Coaracy Fonseca, em Arapiraca (AL), às 16h (de Brasília). Quem vencer passa para as quartas de final. Em caso de novo empate, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

CBF aceita pedido da comissão técnica, e Brasil x Argentina de setembro será cancelado

Publicado

em

Por

Entidade aceita acordo proposto por Fifa e AFA

Nada feito. Onze meses depois de Brasil e Argentina se enfrentarem por apenas seis minutos na Neo Química Arena, será decidido que não haverá novo jogo entre as duas equipes.

A pedido da comissão técnica da Seleção, a CBF aceitou acordo proposto por Fifa e AFA para não disputar a partida em setembro. A decisão foi anunciada no site da CBF.

Anvisa interrompeu Brasil x Argentina — Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

– Diante da posição da comissão técnica, vamos procurar neste momento a Fifa para que a partida não seja realizada. Não vou medir esforços para atender a comissão técnica. A nossa prioridade é conquistar o hexacampeonato no Catar. Se a partida não é recomendada pelo comando da Seleção, vamos investir para que a partida não ocorra – disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Com a decisão, a CBF tem dois amistosos engatilhados para serem realizados na Europa na data Fifa de setembro, a última antes da Copa do Mundo. Um deles contra a Tunísia, como o ge antecipou na última semana, e o outro contra outro adversário africano.

Os jogos serão realizados na Europa. França e Inglaterra são dois dos locais favoritos para receberem a seleção brasileira. Os jogos estão previstos para os dias 22 e 27 de setembro.

O caso se discutia nos tribunais esportivos desde a suspensão da partida em 5 setembro de 2021, quando agentes da Anvisa e da Polícia Federal entraram em ação para retirar de campo quatro jogadores da Argentina que haviam entrado irregularmente no Brasil – segundo as normas de segurança sanitária em meio à pandemia de Covid-19.

Brasil x Argentina é interrompido por intervenção da Anvisa

A CBF, a AFA e a Fifa procuraram entendimento triangular para suspender em definitivo a partida. Era de interesse, inclusive, das comissões técnicas das duas seleções favoritas para a Copa do Mundo de 2022.

Entendiam Tite, Scaloni e companhia que não haveria ganho técnico com partida tão próxima ao Mundial, que poderia acarretar até suspensão para a primeira fase da Copa do Mundo – em caso de cartões amarelo ou vermelho no jogo.

A CBF também não tinha sinais claros sobre a disponibilidade dos argentinos para a partida. Ainda mais depois que o jogo amistoso entre os rivais na Austrália foi cancelado de véspera, com mais de 50 mil ingressos vendidos. Existia a possibilidade de enviarem time alternativo para enfrentar o Brasil.

Mesmo com um jogo a menos, Brasil e Argentina ficaram com as duas primeiras posições das eliminatórias da América do Sul para a Copa. O time de Tite somou 45 pontos, seis a mais que o de Scaloni. Uruguai e Equador serão os outros representantes sul-americanos no Mundial do Catar.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Flamengo vence o Corinthians outra vez e é o primeiro semifinalista da Libertadores de 2022

Publicado

em

No Maracanã lotado, time de Dorival Júnior confirmou vaga diante do Corinthians e disputará, pela terceira vez em quatro anos, as semifinais da Copa Libertadores

Pedro fez seu oitavo gol na Libertadores e garantiu a vitória do Flamengo no Maracanã (Foto: Carl De Souza/AFP)

Matheus Dantas - Lance!

Pela terceira vez em quatro anos, o Flamengo disputará as semifinais da Libertadores. Em um Maracanã com mais de 68 mil torcedores, o time de Dorival Júnior contou mais uma vez com gol de Pedro, artilheiro da Copa, para vencer o Corinthians por 1 a 0 e confirmar a vaga – e a vantagem obtida no jogo de ida, com o 2 a 0 em São Paulo.

A equipe de Vitor Pereira até teve momentos de superioridade no jogo, mas não acertou o pé. Tanto que Santos quase não foi exigido.

Agora, o Flamengo aguarda o vencedor do confronto argentino entre Talleres e Vélez Sarsfield, que definem a vaga nesta quarta-feira – veja a tabela aqui. As semifinais da Libertadores serão nos dia 31/8 e 1/9 (ida) e 6 a 8/9. Na outra chave da Copa, se enfrentam Atlético-MG e Palmeiras, nesta quarta, e Athletico e Estudiantes (ARG), na quinta.

CORINTHIANS ENCONTRA CAMINHO PELA ESQUERDA

A desvantagem obrigava o Corinthians a ser mais agressivo, e assim foi no início. Antes dos 12 minutos, duas recuperações no campo de ataque resultaram em chances reais. Na primeira, Adson desarmou Thiago Maia e finalizou para defesa de Santos. Na sequência, Fausto Veras chutou à direita do gol. após Willian chegar à linha de fundo.

Inclusive, foi concentrando o jogo pelo lado esquerdo, com o camisa 10, Yuri Alberto e Fábio Santos, que o Corinthians mais ameaçou o time de Dorival Júnior. Rodinei e David Luiz tiveram dificuldades por ali, e o caminho para a equipe de Vitor Pereira parecia desenhado.

RESPOSTA DO FLAMENGO SEM PRECISÃO

Contudo, os paulistas não conseguiram manter a intensidade, e a partida ficou menos “lá e cá” a partir dos 30 minutos. O Flamengo, por sua vez, não encaixou seu estilo de jogo e teve dificuldades na criação. Rodinei e Everton Ribeiro dialogaram bem pela direita, Gabi arriscou de fora da área e Pedro – de bicicleta ainda aos três minutos – também finalizou, mas ninguém, de fato, acertou a meta de Cássio.

CORINTHIANS SE LANÇA AO ATAQUE, E FLAMENGO CASTIGA!

Com Renato Augusto no lugar de Fausto Vera, o Corinthians voltou do intervalo com tudo. Foram três finalizações em sete minutos – duas com Du Queiroz e uma com Adson. A reação do Flamengo à pressão, contudo, foi ainda melhor. Arrascaeta arrancou pela esquerda e, de trivela, encontrou o carrinho de Pedro, que abriu o placar aos oito.

Foi o oitavo gol do centroavante, artilheiro isolado da Libertadores.

A vantagem do Flamengo passou a ser de 3 a 0 no agregado, e a resposta de Vitor Pereira foi colocar Roger Guedes e Giuliano. Aos 22, a missão do Corinthians ficou ainda mais difícil, com a expulsão de Bruno Mendez após cortar lançamento de Thiago Maia com a mão.

RUBRO-NEGRO MAIS UMA VEZ NAS SEMIS DA COPA

Neste cenário, o Corinthians praticamente abdicou do jogo e não voltou a ameaçar a meta de Santos. Por outro lado, o Rubro-Negro criou boas oportunidades, mas a pontaria não estava das melhores. Pouco importou para os mais de 68 mil torcedores que festejaram a classificação para a semifinal- a terceira nas últimas quatro edições.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1×0 CORINTHIANS

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 9 de agosto de 2022, às 21h30
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Richard Trinidad (URU) e Carlos Barreiro (URU)
Árbitro de vídeo: Leodan Gonzalez (URU)
Renda/Público: R$ 5.387.254,50/ 62.082 pagantes / 68.418 presentes

Gols: Pedro (1-0, 8’/2ºT)

Cartão amarelo: Léo Pereira, (FLA); Raul Gustavo (COR)
Cartão vermelho: Bruno Mendez (COR)

FLAMENGO (Técnico: Dorival Júnior)

Santos; Rodinei (Matheuzinho, 37’/2ºT), David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes (Diego, 38’/2ºT), Thiago Maia (Vidal, 31’/2ºT), Everton Ribeiro (Victor Hugo, 38’/2ºT) e Arrascaeta; Gabi e Pedro (Everton Cebolinha, 42’/2ºT)

CORINTHIANS (Técnico: Vitor Pereira)

Cássio; Fagner, Raul Gustavo, Bruno Mendez e Fabio Santos; Du Queiroz, Fausto Vera (Renato Augusto, Intervalo) e Roni (Giuliano, 14’/2ºT); Adson (Balbuena, 25’/2ºT), Willian (Mosquito, 39’/2ºT) e Yuri Alberto (Roger Guedes, 14’/2ºT) .

Comentários

Continue lendo

Em alta