Rocha2-300x200O deputado federal Major Rocha (PSDB-AC) denunciou hoje, 22, na Câmara Federal que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) estaria utilizando os recursos do fundo sindical para realizar atos políticos a favor do Governo Dilma e do ex-presidente Lula.

De posse de uma Circular, enviada pela CUT a sindicatos de todo país, por e-mail, Rocha destacou que a entidade convocou para atos denominados como “em defesa da democracia e contra o golpe”.

“A CUT deveria defender o trabalhador, e não um governo corrupto. Lamentável usar recursos descontados dos trabalhadores para patrocinar eventos para atacar cidadãos que defendem atos democráticos contra a corrupção”, disse o parlamentar tucano.

Rocha destacou ainda que os brasileiros “não aceitam mais pagar a conta de um governo incompetente” e fez questão de enaltecer o trabalho desenvolvido na Operação Lava-Jato. “Este mar de lama está sendo varrido do Brasil”.

Governo Dilma endureceu regras para direitos trabalhistas

Em junho de 2015, a presidente Dilma Rousseff sancionou a MP 665, que endureceu as regras para o recebimento de benefícios trabalhistas, como seguro desemprego, abono salarial e seguro defeso. A nova regra estabeleceu o tempo mínimo de 12 meses para que o trabalhador tenha acesso ao benefício pela primeira vez. Na segunda requisição, esse período cai para nove meses. Já na terceira, o tempo mínimo cai para seis meses.

À época, a CUT não realizou qualquer manifesto em defesa da classe trabalhadora.

Assessoria

Comentários