Conecte-se conosco

Geral

‘A gente fica se perguntando o motivo e não sabemos’, diz tia de médico acreano morto há mais de 4 meses por colega na BA

Corpo de Andrade Lopes Santana foi encontrado preso em um âncora, no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, em maio deste ano. Suspeito, que confessou crime, está preso, mas a motivação ainda não foi esclarecida.

Publicado

em

O médico Andrade Lopes Santana foi morto no mês de maio – Foto: Reprodução/TV Subaé

Por G1 BA

O médico acreano Andrade Lopes Santana, de 32 anos, foi encontrado morto no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, em maio deste ano, mas quase quatro meses depois, a família da vítima ainda espera por respostas. O suspeito de cometer o crime, o colega de profissão, Geraldo Freitas Junior, confessou o crime e está preso, mas a motivação ainda não foi esclarecida pela polícia.

“A gente fica se perguntando o motivo e não sabemos. A gente não tem uma resposta”, disse a tia da vítima, Maria Lopes Massi.

O G1 entro em contato com o coordenador de polícia de Feira de Santana, delegado Roberto Leal, que confirmou que o médico segue preso, mas que o órgão ainda não tem a motivação do crime.

“Ele [Geraldo Junior] não falou mais nada mesmo. Até hoje a gente não sabe o que aconteceu, fica se perguntando”, lamentou a tia do médico acreano.

Preso suspeito de matar médico na BA foi o amigo que registrou desaparecimento na delegacia – Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade

De acordo com Maria Lopes Massi, a mãe de Andrade, Dormitília Lopes, ainda está muito abalada e preferiu se isolar de amigos e familiares em uma fazenda, no Acre.

“A mãe dele está isolada em uma fazenda. Ela não recebe os amigos, está isolada, não tem mais coragem de conversar, muito abatida”.

“Muito cruel, muito cruel, meu sobrinho era muito querido na cidade, porque ele fazia o bem. Ele ajudava todo mundo”.

No dia 27 de julho, Geraldo Freitas Junior teve a prisão preventiva decretada. A polícia já afirmou que as investigações apontaram que o suspeito agiu sozinho.

No dia 28 de junho, completou um mês que o corpo de Andrade Santana foi encontrado no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, preso a uma âncora. A polícia já tem algumas linhas de possíveis motivações para o crime. Entretanto, elas não foram reveladas para não atrapalhar o seguimento das investigações.

Geraldo Junior segue preso no Conjunto Penal de Feira de Santana. A prisão temporária do suspeito foi decretada em 28 de maio e prorrogada por mais 30 dias no dia 28 de junho.

O crime

Andrade Lopes foi encontrado morto no dia 28 de maio, no rio Jacuípe, na cidade de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 120 quilômetros de Salvador.

Ele desapareceu no dia 24 de maio, quando saiu de Araci, onde morava e trabalhava, com destino a Feira de Santana, que fica a 23 quilômetros de São Gonçalo dos Campos.

Segundo os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), foi constatado um disparo de arma de fogo na nuca e uma corda no braço amarrada a uma âncora para o corpo não emergir nas águas do rio Jacuípe.

Diretor de hospital prestou depoimento

Um médico, que mora em Salvador e atua como diretor de um hospital na capital baiana, prestou esclarecimentos sobre a morte do também médico Andrade Santana Lopes. O depoimento aconteceu no Complexo de Delegacias em Feira de Santana.

Segundo o delegado, o diretor foi citado por Geraldo Freitas, no depoimento em que ele, Geraldo, confessou o crime, como a pessoa que trocou mensagens com o médico morto.

No depoimento, de acordo com o policial, o médico afirmou que não é mais amigo de Geraldo Freitas, disse que não falava com ele há mais de um ano e negou ter planejado, com a vítima, a morte de Freitas.

O delegado Roberto Leal explicou que o motivo da briga entre os dois médicos, de acordo com o depoimento do diretor da unidade de saúde, foi o fato do suspeito ter comprado uma caminhonete em nome dele, porque não tinha nome limpo no Serasa, e não ter efetuado o pagamento acordado.

O delegado disse ainda que o médico que prestou depoimento era amigo de Andrade Santana, mas que ele informou que as mensagens, enviadas para a vítima, não faziam menção alguma ao suspeito. O celular de Andrade foi encaminhado para perícia.

Antes de ser apontado como suspeito do crime, Geraldo Freitas recebeu os familiares de Andrade, que saíram do Acre para acompanhar as buscas pelo corpo – Foto internet

Tiro foi acidental e não houve ‘premonição’

A defesa de Geraldo Freitas, preso por matar o médico Andrade Lopes Santana, disse em uma entrevista ao G1, que o crime não foi provocado por nenhum tipo de premonição, como seu cliente teria contado em seu depoimento à polícia. Freitas teria dito que uma guia espiritual avisou que ele seria assassinado por dois colegas de profissão.

O advogado revelou que a suposta guia em questão é a mãe do suspeito.

O advogado disse ainda que o cliente, que também é médico, não tinha a intenção de matar. A polícia acredita que houve premeditação.

Leal confirmou que a mulher teve um sonho meses antes do ocorrido e comentou com o filho, como um alerta, mas garantiu que isso não tem a ver com a morte de Andrade.

O delegado Roberto Leal informou que ao menos seis pessoas foram ouvidas até agora sobre o caso.

A polícia apura se há outros envolvidos e ainda deverá ouvir outros depoimentos. Além disso, são esperados os resultados de laudos periciais para a conclusão do inquérito.

Para o delegado, Geraldo levou Andrade para o meio do rio de propósito, para cometer o crime.

Entre os fatores apontados para comprovar a linha investigativa estão o fato do suspeito estar armado e ter levado uma âncora para o local do passeio, no rio Jacuípe.

Investigações sobre CRM do suspeito

A Polícia Civil da Bahia ainda investiga se o médico Geraldo Freitas Junior usou o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) com nome de outra pessoa para atender pacientes na cidade de Santa Terezinha, a cerca de 210 km de Salvador.

“Todo médico estrangeiro recebe uma autorização do Ministério da Saúde apenas para trabalhar no serviço Mais Médicos. Ele poderia trabalhar apenas nessa situação. Contudo, já há informações juntadas aos autos, de que ele, usando o CRM de outro médico, exerceu funções na cidade de Santa Terezinha. Nós estamos aprofundando as investigações e inclusive vamos ouvir o médico titular do CRM, para que ele esclareça mais sobre essa situação do médico investigado”, explicou.

Segundo Roberto, é preciso também esclarecer se havia algum tipo de dívida em relação aos dois.

“Vamos ver se havia algum tipo de problema em função dessa situação, do médico investigado não possuir o CRM, então tudo isso a gente vai investigar, inclusive se o médico investigado estaria usando em algum momento o CRM tanto do médico que foi testemunha, bem como de Andrade”, acrescentou.

Suspeito estudou com vítima

Geraldo estudou medicina com Andrade, em uma faculdade na Bolívia. Concluído o curso, os dois se mudaram para o interior da Bahia, para trabalhar.

Antes de ser apontado como suspeito do crime, Geraldo Freitas recebeu os familiares de Andrade, que saíram do Acre para acompanhar as buscas pelo corpo.

O homem também foi o responsável por registrar o desaparecimento do amigo na delegacia de Feira de Santana.

Dormitília Lopes visitou o filho Andrade Santana, na Bahia, no final de 2019 – Foto: Arquivo da família

Comentários

Geral

Acre tem apenas duas candidatas que se declaram LGBTQIAP+, diz levantamento; conheça

Publicado

em

O site Congresso em Foco, que publica levantamentos importantes sobre as Eleições de 2022 e a formação parlamentar do país, destacou em reportagem publicada nesta sexta-feira (30) que pelo menos 320 candidatos se declararam LGBTQIAP+ em todo o Brasil.

O levantamento foi feito pelas iniciativas Gay Blog e App Scruff.

A quantidade é muito superior ao registrado no pleito anterior, em 2018, quando 120 nomes surgiram no cenário eleitoral.

“Entre os partidos, o Psol é o campeão em candidaturas Lgbt+, com 92 nomes. Na sequência estão o PT, de Lula, com 66 candidatos; o PSB com 37, e o PDT, de Ciro Gomes, com 30. O PL, de Jair Bolsonaro, não possui nenhum, bem como o PTB, de Padre Kelmon. O Republicanos e o PSC, de orientação conservadora, possuem respectivamente três e um candidatos declarados Lgbti+”, diz um trecho da reportagem.

O Acre tem apenas duas candidaturas na lista: o da vereadora e candidata a deputada estadual pelo PDT, Dra. Michelle Melo (12555), e da candidata a deputada federal pelo PSB, Rubby Rodrigues (4055).

Vereadora Michelle Melo lança pré-candidatura à deputada estadual – Jornal  A Gazeta do Acre

Vereadora Michelle Melo é candidata a deputada federal/Foto: Reprodução

Michelle foi a vereadora mais votada nas eleições de 2018, em Rio Branco. Rubby é servidora do Ministério Público do Acre (MPAC) e a única mulher trans a disputar o pleito no Estado.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa

Rubby Rodrigues é candidata a deputada federal/Foto: Reprodução

Confira a lista completa:

ACRE estadual Dra. Michele Melo (12555) PDT
ACRE federal Rubby Rodrigues (4055) PSB
ALAGOAS estadual Bianca Nunes (15015) MDB
ALAGOAS estadual Elida Miranda (13500) PT
ALAGOAS estadual Sarah Doullenner (40.444) PSB
ALAGOAS estadual Herik Dias (45800) PSB
ALAGOAS estadual Alissinha Ferraz (70456) Avante
AMAPÁ estadual Edem Jardim (15321) MDB
AMAPÁ estadual Pablo Sena (40113) PSB
AMAPÁ federal Rafaela Esteffans (1500) MDB
AMAZONAS estadual Gabriel Mota (65000) PCdoB
AMAZONAS estadual Kezya Tavares (50333) PSOL
AMAZONAS senador Marília Freire (500) PSOL
BAHIA estadual Anderson Rocha (12888) PDT
BAHIA estadual Fabíola Mansur (40040) PSB
BAHIA estadual Gleide Davis (50113) PSOL
BAHIA estadual Jéssica Silva (65111) PCdoB
BAHIA estadual Nega Van (50777) PSOL
BAHIA estadual Rosy Silva (12224) PDT
BAHIA estadual Vânia Elky – A Negona (50074) PSOL
BAHIA estadual Maria Fernanda (9024) PROS
BAHIA federal Adriana Cardoso (1909) Podemos
BAHIA federal Camila Parker (4324) PV
BAHIA federal Carol Lima (5018) PSOL
BAHIA federal Danilo Santana (5003) PSOL
BAHIA federal Laina Crisóstomo (5013) PSOL
BAHIA federal Léo Kret do Brasil (1224) PDT
BAHIA federal Maria Marighella (1331) PT
BAHIA federal Vilma Reis (1303) PT
CEARÁ estadual Adriana Gerônimo (50777) PSOL
CEARÁ estadual Guilherme Bismarck (12144) PDT
CEARÁ estadual Luana Valim (13220) PT
CEARÁ estadual Mari Lacerda (13131) PT
CEARÁ estadual Preta Karol (13138) PT
CEARÁ estadual Ramon Nobre (90009) PROS
CEARÁ federal Ailton Lopes (5050) PSOL
CEARÁ federal Coletiva Bora de Ruma (5044) PSOL
CEARÁ federal Coletiva Vozes Feministas (5005) PSOL
CEARÁ federal Maya Eliz (5007) PSOL
CEARÁ federal Paulo Anacé (5020) PSOL
CEARÁ federal Sued Carvalho (8080) UP
CEARÁ federal Erlan Bastos (1020) Republicanos
DISTRITO FEDERAL Distrital Alexandre Lira (77777) Solidariedade
DISTRITO FEDERAL Distrital Coletivo Donas (50000) PSOL
DISTRITO FEDERAL Distrital Coletiva Somos Hellen Frida (13180) PT
DISTRITO FEDERAL Distrital Coletiva Chão (15000) MDB
DISTRITO FEDERAL Distrital Derson Maiia (50013) PSOL
DISTRITO FEDERAL Distrital Fábio Felix (50123) PSOL
DISTRITO FEDERAL Distrital Gaby Santos (12321) PDT
DISTRITO FEDERAL Distrital Gui Souza (18000) Rede
DISTRITO FEDERAL Distrital Lucas Luz (40022) PSB
DISTRITO FEDERAL Distrital Nayeri Albuquerque (40777) PSB
distrito federal estadual Talita Victor (50044) PSOL
DISTRITO FEDERAL estadual Barbarah Vianna Bellucthen (40106) PSB
DISTRITO FEDERAL federal Cristiano Lopes (4067) PSB
DISTRITO FEDERAL federal Dani Sanchez (5000) PSOL
DISTRITO FEDERAL federal Israel Batista (4077) PSB
DISTRITO FEDERAL federal Madu Krasny (5088) PSOL
DISTRITO FEDERAL federal Mari Valentim (2324) Cidadania
DISTRITO FEDERAL federal Miranda Gomes (1881) Rede
DISTRITO FEDERAL federal Paula Benett (4000) PSB
DISTRITO FEDERAL federal Ruth Venceremos (1361) PT
DISTRITO FEDERAL governador Kega Bagno (50) PSOL
ESPIRITO SANTO estadual Mônica Alves (50010) PSOL
ESPIRITO SANTO estadual Waldir Pires Da Luz Bittencourt (12096) PDT
ESPIRITO SANTO federal Ane Halama (5001) PSOL
ESPIRITO SANTO federal Coletiva Raça e Classe (1333) PT
ESPIRITO SANTO federal Fernanda Pereira (4001) PSB
GOIAS estadual Bárbara Bombom (50024) PSOL
GOIAS estadual Fabrício Rosa (13200) PT
GOIAS estadual Júnior Pinheiro (45745) PSDB
GOIAS estadual Wanessa Beltrão (13444) PT
GOIAS estadual Marcelo Gomes (45700) PSDB
GOIAS federal Ariel Luz (1330) PT
GOIAS federal Arthur Ramos (2121) PCB
GOIAS federal Daniel Mendes da Silva (1333) PT
GOIAS federal Illana Mattos (2034) PSC
GOIAS federal Isabel Cristine (1307) PT
GOIAS federal Marco Aurélio Oliveira (5024) PSOL
GOIAS federal Matheus Ribeiro (4555) PSDB
MARANHÃO estadual Cadu Marques (50513) PSOL
MARANHÃO estadual Paulo Romão (13613) PSOL
MARANHÃO federal Raissa Mendonça (1277) PDT
MATO GROSSO estadual Professora Graciele (13613) PT
MATO GROSSO estadual Valkiria Rocha Brandão (23555) Cidadania
MATO GROSSO federal Julian Tacanã (5005) PSOL
MATO GROSSO federal Thiaguinho Alcaraz (4040) PSB
MATO GROSSO DO SUL estadual Bruna Riquelme (12222) PDT
MATO GROSSO DO SUL estadual Coletivo SOMOS (45345) PSDB
MATO GROSSO DO SUL estadual Glauber Portman (65024) PCdoB
MATO GROSSO DO SUL estadual Jean Ferreira (12067) PDT
MATO GROSSO DO SUL estadual Luara do axé – Luara Diniz Vilela (12180) PDT
MATO GROSSO DO SUL federal Franklin Schmalz (5050) PSOL
MINAS GERAIS estadual Alan Rodrigues (50777) PSOL
MINAS GERAIS estadual Bella Gonçalves (50500) PSOL
MINAS GERAIS estadual Dandara Felícia (13777) PT
MINAS GERAIS estadual Daniel Cabral (65000) PCdoB
MINAS GERAIS estadual Duda das Cadeiras (21210) PCB
MINAS GERAIS estadual Edinaldo Soares de Souza (13111) PT
MINAS GERAIS estadual Edimar Ferreira (12888) PT
MINAS GERAIS estadual Flávia Gontijo (77122) Solidariedade
MINAS GERAIS estadual Gregory Rodrigues Roque (12457) PDT
MINAS GERAIS estadual Isaías Martins (15678) MDB
MINAS GERAIS estadual Kênia Ribeiro (50444) PSOL
MINAS GERAIS estadual Késley K. S. de Oliveira – A Atrevida (13038) PT
MINAS GERAIS estadual Lohanna França (43500) PV
MINAS GERAIS estadual Tallia Sobral (50000) PSOL
MINAS GERAIS estadual Vinícius (40444) PSB
MINAS GERAIS estadual Wallace (50034) PSOL
MINAS GERAIS estadual Mulheres Negras Sim (50111) PSOL
MINAS GERAIS federal Ciça (1322) PT
MINAS GERAIS federal Cristina del Papa (1317) PT
MINAS GERAIS federal Duda Salabert (1212) PDT
MINAS GERAIS federal Giza Alexandre (5046) PSOL
MINAS GERAIS federal Gustavo Mendes (1340) PT
MINAS GERAIS federal Iza Lourença (5000) PSOL
MINAS GERAIS federal Juliana Sales (2300) Cidadania
MINAS GERAIS federal Lívia Flor (2135) PCB
MINAS GERAIS federal Neila Schineider (7741) Solidariedade
MINAS GERAIS federal Nina Rosa-Espaguete (2117) PCB
MINAS GERAIS senador Sara Azevedo (500) PSOL
PARÁ estadual Barbara Pastana (50024) PSOL
PARÁ estadual Bia Caminha (13613) PT
PARÁ estadual Endell Menezes (12001) PDT
PARÁ estadual Jade Leão (13310) PT
PARÁ federal Vivi Reis (5000) PSOL
PARÁ federal Edson Junior (1369) PT
PARAÍBA estadual Alexandre Kennedy (40555) PSB
PARAÍBA estadual Ana Célia Rodrigues Athayde (13111) PT
PARAÍBA estadual Josi Barbosa (50055) PSOL
PARAÍBA estadual Nicole D’Lamarck (45321) PSB
PARAÍBA estadual Shirley Costa (11888) PP
PARAÍBA federal Estela Bezerra (1313) PT
PARAÍBA federal Rafafá (4424) União Brasil
PARAÍBA governador Adjany Simplicio (50) PSOL
PARANÁ estadual Ricardo Grokorriski (50200) PSOL
PARANÁ estadual Giorgia Prates (13130) PT
PARANÁ estadual Paola Reis (12100) PDT
PARANÁ estadual Anderson Giovanini (45500) PSDB
PARANÁ estadual Aline Renée PT
PARANÁ estadual David Antunes (40113) PSB
PARANÁ estadual Diego Xavier (40313) PSB
PARANÁ estadual George Souzza (13100) PT
PARANÁ estadual Rita Lins (13603) PT
PARANÁ estadual Giovanna Silveira (50500) PSOL
PARANÁ estadual Julia Silveira (50555) PSOL
PARANÁ estadual Larissa do Coletivizando (65613) PCdoB
PARANÁ estadual Lucas Cardoso (18013) Rede
PARANÁ estadual Margot (13600) PT
PARANÁ estadual Mateus Ribeiro (50777) PSOL
PARANÁ estadual Mayra Karvat Morais (50587) PSOL
PARANÁ federal Geovane Silva (1211) PDT
PARANÁ federal Lucas Siqueira (4013) PSB
PARANÁ federal Renata Borges (1200) PDT
PERNAMBUCO estadual Alexandre Pires (50013) PSOL
PERNAMBUCO estadual Andreia Deloizi – Mãe Andreia da Diversas (50300) PSOL
PERNAMBUCO estadual Flávia Hellen (13180) PT
PERNAMBUCO estadual Juntas Codeputadas (50180) PSOL
PERNAMBUCO estadual Mônica Coletivo Arco-Íris (18222) Rede
PERNAMBUCO estadual Rosa Amorin (13100) PT
PERNAMBUCO estadual Sylvia Siqueira (18180) Rede
PERNAMBUCO estadual Sofia Fragoso (65100) PCdoB
PERNAMBUCO estadual Vinicius Castello (13789) PT
PERNAMBUCO federal Clodoaldo Magalhães (4333) PV
PERNAMBUCO federal Débora Aguiar (1850) Rede
PERNAMBUCO federal Janielly Maria Azevedo (5088) PSOL
PERNAMBUCO federal Jhon-Jonata Bruno (5025) PSOL
PERNAMBUCO federal Luiza Carolina (5044) PSOL
PERNAMBUCO federal Robeyoncé Lima (5000) PSOL
PERNAMBUCO federal Victória Pinheiro (2121) PCB
PERNAMBUCO federal Nélio fonsêca (1500) MDB
PIAUÍ federal Beel da Silva (13013) PT
PIAUÍ federal Jessyka Rodrigues (50500) PSOL
RIO DE JANEIRO estadual Andrea Araujo (30003) Novo
RIO DE JANEIRO estadual Arildo Nerys Junior (50200) PSOL
RIO DE JANEIRO estadual Benny Briolly (50555) PSOL
RIO DE JANEIRO estadual Carol Quintana (13044) PT
RIO DE JANEIRO estadual Cosme Felippsen (13300) PT
RIO DE JANEIRO estadual Dani Balbi (65123) PCdoB
RIO DE JANEIRO estadual Dara Sant’Anna (13031) PT
RIO DE JANEIRO estadual Giovanna Almeida (80000) UP
RIO DE JANEIRO estadual Jefferson Vinco (50222) PSOL
RIO DE JANEIRO estadual Kawan Lopes (13050) PT
RIO DE JANEIRO estadual Leonardo Giordano (65650) PCdoB
RIO DE JANEIRO estadual Renato Batista (40713) PSB
RIO DE JANEIRO estadual Verônica Lima (13560) PT
RIO DE JANEIRO estadual Yaritza – Maria Eduarda Campos   (50069) PSOL
RIO DE JANEIRO estadual Felipe Cardoso (12023) PDT
RIO DE JANEIRO federal Andrea Cassa (5023) PSOL
RIO DE JANEIRO federal Camila Marins (1329) PT
RIO DE JANEIRO federal David Miranda (1212) PDT
RIO DE JANEIRO federal Indianarae Siqueira (1369) PT
RIO DE JANEIRO federal Marcelo Calero (5501) PSD
RIO DE JANEIRO federal Sol Miranda (4044) PSB
RIO GRANDE DO NORTE estadual Rayane Andrade (13111) PT
RIO GRANDE DO NORTE federal Natália Bonavides (1311) PT
RIO GRANDE DO NORTE federal Pablo Aires (4050) PSB
RIO GRANDE DO NORTE federal Rochelly Potiguar (1288) PDT
RIO GRANDE DO NORTE federal Samanda (1313) PT
RIO GRANDE DO NORTE federal Thabatta Pimenta (4040) PSB
RIO GRANDE DO NORTE governador Fátima Bezerra (13) PT
RIO GRANDE DO SUL estadual Ágata Mostardeiro (13070) PT
RIO GRANDE DO SUL estadual Alice Carvalho (50777) PSOL
RIO GRANDE DO SUL estadual Giovanni Ferraz (50050) PSOL
RIO GRANDE DO SUL estadual Ìyá Sandrali (13777) PT
RIO GRANDE DO SUL estadual Leonardo Silvestrin (21021) PCB
RIO GRANDE DO SUL estadual Lins Robalo (13444) PT
RIO GRANDE DO SUL estadual Luana Rosa (50800) PSOL
RIO GRANDE DO SUL estadual Patrícia Loupee (13223) PT
RIO GRANDE DO SUL estadual Rogerio Ceratti (23777) Cidadania
RIO GRANDE DO SUL estadual Vantuir Emerson (50250) PSOL
RIO GRANDE DO SUL estadual Jonatas Teixeira (77428) Solidariedade
RIO GRANDE DO SUL estadual Kaka Ribeiro (77756) Solidariedade
RIO GRANDE DO SUL estadual Bruna Estilista (55520) PSD
RIO GRANDE DO SUL estadual Ana Rita (16016) PSTU
RIO GRANDE DO SUL estadual Bruna Gubiani (Bruna e Coletivo) (65065) PCdoB
RIO GRANDE DO SUL federal Atena Roveda (1221) PDT
RIO GRANDE DO SUL federal Daiana Santos (6565) PCdoB
RIO GRANDE DO SUL federal Éderson Ferreira (4540) PSDB
RIO GRANDE DO SUL federal Émerson da Costa (5025) PSOL
RIO GRANDE DO SUL federal Laércio Zancan – Lalá (4003) PSB
RIO GRANDE DO SUL federal Juliana Guerra (2121) PCB
RIO GRANDE DO SUL federal Natasha Ferreira (5010) PSOL
RIO GRANDE DO SUL federal Paloma Daudt (5051) PSOL
RIO GRANDE DO SUL federal Nikaya Vidor (1616) PSTU
RIO GRANDE DO SUL federal Yê – Andresa de Souza (1501) PMDB
RIO GRANDE DO SUL federal Chris Allves (1545) MDB RS
RIO GRANDE DO SUL governador Eduardo Leite (45) PSDB
RONDÔNIA estadual James Albino (40555) PSB
RONDÔNIA federal Adriano Soares de Lima (7715) Solidariedade
RORAIMA estadual Jacildo Bezerra (23222) Cidadania
RORAIMA federal Criss Ribeiro (4022) PSB
RORAIMA federal Jhonn Calel de Moura (3522) PMB
SANTA CATARINA estadual Alex Stein (50005) PSOL
SANTA CATARINA estadual Dio Adelino (77123) Solidariedade
SANTA CATARINA estadual Erick Cardoso (50022) PSOL
SANTA CATARINA estadual Franciel Britos (15888) MDB
SANTA CATARINA estadual Jean Volpato (13313) PT
SANTA CATARINA estadual Jéssica Michels (50180) PSOL
SANTA CATARINA estadual Larissa Stephanie (65180) PCdoB
SANTA CATARINA estadual Liga de Lutas (12024) PDT
SANTA CATARINA estadual Margareth Hernandes (40400) PSB
SANTA CATARINA estadual Matheus Rodrigues (50048) PSOL
SANTA CATARINA estadual Paulinho Souza (12222) PDT
SANTA CATARINA estadual Pedro Cabral (50123) PSOL
SANTA CATARINA estadual Jaqueline Porto (50047) PSOL
SANTA CATARINA estadual Jana Guedes (12555) PDT
SANTA CATARINA federal Camasão  (5050) PSOL
SANTA CATARINA federal Carla Ayres (1344) PT
SANTA CATARINA federal Giovana Mondardo (6565) PCdoB
SANTA CATARINA federal Lirous Ávila (1303) PT
SANTA CATARINA federal Nega Grazi (4412) União Brasil
SANTA CATARINA federal Maria Fernanda Santiago (4421) União Brasil
SÃO PAULO estadual Miriam Algarra (13360) PT
SÃO PAULO estadual Paula Filzek (12121) PDT
SÃO PAULO estadual Caio Faiad (50013) PSOL
SÃO PAULO estadual Adriana Scannavez (50556) PSOL
SÃO PAULO estadual Adriana Vasconcellos (15556) MDB
SÃO PAULO estadual Agripino Magalhães Júnior (15456) MDB
SÃO PAULO estadual Alexya Salvador (13013) PT
SÃO PAULO estadual Bancada Feminista (50000) PSOL
SÃO PAULO estadual Claudia Montanari (50001) PSOL
SÃO PAULO estadual Deia Zulu (13500) PT
SÃO PAULO estadual Gorete Silva (77134) Solidariedade
SÃO PAULO estadual Guilherme Cortez (50005) PSOL
SÃO PAULO estadual Iyá Fernanda de Moraes (40412) PSB
SÃO PAULO estadual Keit Lima (50300) PSOL
SÃO PAULO estadual Leninha Professora (50666) PSOL
SÃO PAULO estadual Jessica Marques (50012) PSOL
SÃO PAULO estadual Joel Junior (43773) PV
SÃO PAULO estadual Juan Savedra (30030) Novo
SÃO PAULO estadual Mãe Mirelle Bueno (12037) PDT
SÃO PAULO estadual Maria Eugênia Biffi (12016) PDT
SÃO PAULO estadual Neon Cunha (50700) PSOL
SÃO PAULO estadual Paolla Miguel (13199) PT
SÃO PAULO estadual Professor Juca (50800) PSOL
SÃO PAULO estadual Rafael Purgato (12720) PDT
SÃO PAULO estadual Rebecca Barbosa (12456) PDT
SÃO PAULO estadual Rozana Barroso (65013) PCdoB
SÃO PAULO estadual Shirlei Moura (40665) PSB
SÃO PAULO estadual Susy Seven (40717) PSB
SÃO PAULO estadual Talita Cadeirante (40012) PSB
SÃO PAULO estadual Thainara Faria (13016) PT
SÃO PAULO estadual Thalita Tavares (50180) PSOL
SÃO PAULO estadual Thifany Felix (18181) Rede
SÃO PAULO estadual Uriã Fancelli (19020) Podemos
SÃO PAULO estadual Leci Brandão (65035) PCdoB
SÃO PAULO estadual Duda Hidalgo (13180) PT
SÃO PAULO federal Waltecy Alves (5077) PSOL
SÃO PAULO federal Douglas Garcia Republicanos
SÃO PAULO federal Cabo Rossi (4090) PSB
SÃO PAULO federal Abner Tofanelli (1250) PDT
SÃO PAULO federal Alice Ribeiro (5009) PSOL
SÃO PAULO federal Ariadna Arantes (4065) PSB
SÃO PAULO federal Dyego Sérvolo (5075) PSOL
SÃO PAULO federal Erika Hilton (5070) PSOL
SÃO PAULO federal Fernanda Curti (1387) PT
SÃO PAULO federal Fernanda Prado (1334) PT
SÃO PAULO federal Heloiza Ravasq (3340) PMN
SÃO PAULO federal Isa Penna (6500) PCdoB
SÃO PAULO federal Jacque Chanel (1384) PT
SÃO PAULO federal Léo Áquilla (1501) MDB
SÃO PAULO federal Márcia Rocha (2324) Cidadania
SÃO PAULO federal Patrícia Zanella (1822) Rede
SÃO PAULO federal Pollyanna Atagiba (1300) PT
SÃO PAULO federal Santo Legaliza (5042) PSOL
SÃO PAULO federal Symmy Larrat (1369) PT
SÃO PAULO federal Fernando Holiday Novo
SÃO PAULO federal William Callegaro (4050) PSB
SÃO PAULO federal Eduardo Real (2111) PCB
SERGIPE estadual Gigi Poetisa (50000) PSOL
SERGIPE estadual Jéssica Fonseca (45023) PSDB
SERGIPE estadual Linda Brasil (50180) PSOL
SERGIPE federal Jennifer Keurem (8008) UP
SERGIPE federal Rosa Reis (1030) Republicanos
SERGIPE federal Tathiane Araújo (4013) PSB
TOCANTINS estadual Coletivo Povo de Luta (13013) PT
TOCANTINS estadual Alexandre Peara (40180) PSB
TOCANTINS federal Thamires Lima (4080) PSB
TOCANTINS governador Karol Chaves (50) PSOL

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Comentários

Continue lendo

Geral

Em setembro o Acre teve redução de mais de 80% no número de novos casos de Covid

Publicado

em

O mês de setembro apresentou um redução significativa no número de casos de contaminação por Covid-19 no Acre. O número caiu de 4.128 em agosto para apenas 594 em setembro, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre).

O número de mortes contabilizadas também caiu, de 9 para apenas duas. Até o momento, o número de vítimas fatais da pandemia no Estado já chega a 2.029.

A redução no índice de casos foi de 85%, e de mortes foi de 77%.

O total de infectados notificados é de 149.723 – o que equivale a mais de 10% da população do Acre.

De acordo com o boletim desta sexta-feira (30), foram mais de 14 mil pessoas curadas neste mês de setembro.

Comentários

Continue lendo

Geral

Acre produz mais de 10 mil toneladas de borracha e castanha e se destaca em pesquisa do IBGE

Publicado

em

Por

Acre produz mais 10 mil toneladas de borracha e castanha e se destaca em pesquisa do IBGE — Foto: Agência Pará/Divulgação e SOS Amazônia

Acre produz mais 10 mil toneladas de borracha e castanha e se destaca em pesquisa do IBGE — Foto: Agência Pará/Divulgação e SOS Amazônia

O Acre permanece entre os maiores produtores do país de borracha e castanha-do-pará, segundo a Pesquisa do Extrativismo Vegetal e da Silvicultura (PEVS), divulgada nessa quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2021, conforme o levantamento, foram produzidas 9,8 mil toneladas de castanha-do-pará no Acre, o que equivale a 29,3% do total produzido no país, com valor da produção de R$ 57,2 milhões. Esse valor que corresponde a 52% do montante de dinheiro total produzido pela extração vegetal do Estado.

Segundo o IBGE, esse resultado foi impulsionado por maior disponibilidade de produto coletado em decorrência de preço médio mais elevados.

Xapuri lidera a produção acreana de castanha-do-pará, com mais de 1,8 mil toneladas. Rio Branco e Brasileia ficam em segundo e terceiro lugar com produção de 1,4 e 1,3 toneladas de castanha, respectivamente.

No ranking, o Amazonas aparece em primeiro lugar na produção da castanha-do-pará, com 11.737 toneladas produzidas no ano passado. Apesar de ter produzido mais castanha que o Acre, em quantidade, o valor gerado foi menor, ficando na casa dos R$ 38,5 milhões.

Assim como na castanha, a produção de borracha no Acre teve destaque entre os estados brasileiros. O Acre também ficou em segundo lugar no ranking, com uma produção de 364 toneladas no ano passado, gerando um R$ 4,8 milhões. Xapuri também lidera a produção de borracha, com 150 toneladas produzidas.

Essa produção superou em 14% a de 2020, quando foram produzidos 318 toneladas de borracha, totalizando um valor de R$ 3,9 milhões.

Segundo o IBGE, esse produto tem variado positivamente desde 2016, impulsionada pelo crescente valor do preço pago ao extrativista, fato possível devido à agregação de valor no âmbito da Cooperativa Central dos Extrativistas, inserção do produto em mercados diferenciados e pela política de subvenção federal e estadual.

O Acre fica atrás somente do Amazonas na produção de borracha. Isso porque, o estado produziu 374 toneladas desse produto no ano passado. Assim como no caso da castanha-do-pará, apesar de ter ficado em primeiro lugar entre os estados com maior produção de borracha, o valor gerado com o produto foi menor que do Acre, com um total de R$ 1,9 milhão.

Maior valor produzido da última década

O levantamento mostra que o valor da produção da extração vegetal no Acre é o maior dos últimos 10 anos. Em 2021, este valor totalizou R$ 110,7 milhões, representando um crescimento de 87% se comparado ao ano de 2020.

A pesquisa ‘Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura’ fornece informações estatísticas sobre quantidade de produtos da silvicultura – produtos provenientes da exploração de maciços florestais plantados – e do extrativismo vegetal – produtos obtidos da exploração de recursos florestais nativos.

Em 2021, 99,9% do valor gerado no Acre foram oriundos dos grupos: alimentícios (58%), madeiras (38%) e borracha (4%). O grupo de alimentícios aumentou participação no valor gerado comparando com 2020, passando de 40% para 58% e, por outro lado, o grupo madeiras reduziu sua participação em 2021, passando de 54% para 38% do valor gerado.

O grupo de alimentícios é composto por castanha, açaí e outros (buriti). A castanha, com R$ 57,2 milhões gerados, é o destaque deste grupo representando 89% do valor do grupo e 52% do valor total da produção de 2021. Comparando com 2020, o produto aumentou valor gerado em 224%.

O produto açaí segue em estabilidade com produção de 4.655 toneladas e valor gerado de R$ 6,4 milhões.

Madeira e carvão vegetal

O grupo de madeiras é composto pelos produtos madeira em tora, lenha e carvão vegetal. A madeira, com R$ 33,2 milhões gerados, é o destaque deste grupo representando 79% do valor do grupo e 30% do valor total da produção do ano passado. Compara com 2020, o produto aumentou o valor gerado em 41%, correspondente a um volume explorado de 338.924 m³.

A produção de carvão vegetal segue em estabilidade com produção de 2.081 toneladas em 2021. Já a lenha, considerando últimos 10 anos, continua o processo de declínio totalizando 355.208 m³ no ano passado. De acordo com o IBGE, isso é devido à substituição desta fonte de energia e demanda por fornecimento regular.

Os cinco municípios que mais geraram valor com a extração vegetal foram Rio Branco (R$16 milhões), Xapuri (R$13,4 milhões), Feijó (R$12,9 milhões), Sena Madureira (R$12,5 milhões) e Brasileia (R$ 9,2 milhões).

Os produtos que mais de destacam nos referidos municípios são, respectivamente, castanha e madeira em Rio Branco; castanha e borracha em Xapuri, madeira e açaí em Feijó; castanha e madeira em Sena Madureira; e castanha em Brasileia.

Comentários

Continue lendo

Em alta