“A partir de hoje sou pré-candidato ao governo do Acre”, diz Vagner Sales

Vagner colocou seu nome a disposição para uma possivel pré-candidatura ao governo do Acre nas eleições de 2014 – Foto: Alexandre Lima Mesmo contrariando a posição da executiva estadual que afirmou durante o encontro estadual de dirigentes e lideranças do PMDB, que o partido não...

0
Vagner colocou seu nome a disposição para uma possivel pré-candidatura ao governo do Acre nas eleições de 2014 - Foto: Alexandre Lima
Vagner colocou seu nome a disposição para uma possivel pré-candidatura ao governo do Acre nas eleições de 2014 – Foto: Alexandre Lima

Mesmo contrariando a posição da executiva estadual que afirmou durante o encontro estadual de dirigentes e lideranças do PMDB, que o partido não teria candidatura própria em 2014 – o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales lançou oficialmente sua candidatura ao Governo do Acre, na manhã deste sábado (14), na cidade de Brasileia, no Alto Acre.

Sales chegou a propor uma coalizão de partidos e uma ampla discussão sobre quem seria o candidato da oposição, mas diante das opiniões divergentes e com o João Correia (PMDB) lançando seu nome como candidato, o prefeito de Cruzeiro do Sul mudou sua proposição e oficializou sua candidatura ao Governo do Acre.

“A partir de hoje sou pré-candidato ao Governo do Acre. Estou colocando meu nome e quero que a executiva do PMDB registre isso. Vamos mostrar nossas propostas e projetos para o Acre. Se lá na frente, eu não estiver bem na preferencia terei humildade para de retirar a candidatura e apoiar que estiver melhor colocado, mas tenho certeza que isso não vai acontecer e vamos ganhar o governo”, enfatizou Vagner Sales.

Everaldo defende pesquisa

O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB) foi bastante aplaudido ao defender que seja realizada uma pesquisa para escolher o nome da oposição que irá enfrentar o candidato do PT, nas eleições de 2014.

“Temos que defender um nome que venha aglutinar votos. Vagner tem que colocar seu nome, até pelo trabalho e dedicação que tem com o povo da sua terra, mas a oposição tem estar junta. Toda a executiva do nosso partido está buscando unir e tirar um nome para enfrentar essa ditadura que está ai no estado. Aquele que sair na frente será o meu candidato”, adianta.

Colaboração de Ray Melo e Vânia Pinheiro

Veja vídeo-reportagem completa abaixo.

Comentários

Assuntos desta notícia