Mesmo passando em primeiro lugar no concurso da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), há quatro anos, Leonardo Pereira Sampaio aguarda pela convocação que nunca veio. E o prazo para a oportunidade de emprego está próxima de acabar: o concurso, originalmente lançado em 2014 e homologado por outros dois anos, foi prorrogado por outros dois anos, com data-limite até 4 de julho deste ano.

O concurso da Saúde visava o preenchimento de 648 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva. Leonardo, ao entrar em contato com a equipe da ContilNet, explicou que foi o primeiro colocado nas vagas para o cargo de motorista de ambulância em Porto Acre.

“Me esforçei muito para esse concurso, e até hoje não fui convocado. De que adianta ser aprovado em primeiro lugar se vamos ser desmerecidos dessa forma?”, relatou Leonardo.

A equipe da ContilNet entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Estado de Gestão Administrativa (SGA), na tarde de segunda-feira (25), mas até a publicação desta matéria, não obtivemos resposta sobre os motivos que impediram a convocação do candidato aprovado no processo seletivo.

Comentários