Acadêmico de medicina é baleado em frente de casa noturna de Epitaciolândia

Mesmo após estudante ser baleado, a confusão continuou no lado de fora da casa noturna – Foto: Captura

O jovem acadêmico de medicina Mateus da Silva Bernardo, de 20 anos, foi transferido para a Capital na madrugada deste domingo, após ser baleado no pescoço quando estava em frente a uma casa noturna localizada na Rua Dom Julio Mattioli, da cidade de Epitaciolândia, por volta das 2h00.

Maicon teve ajuda de colegas até a chegada do SAMU no local e fazer o resgate – Foto/captura

Até o momento, foi apurado pelas autoridades que uma confusão com várias pessoas teria sido iniciada dentro do estabelecimento, entre estes, havia um agente federal apenas identificado como ‘Maicon’ que teria tentado intervir para separar.

Foi quando um desses, teria partido pra cima do agente que, por temer por sua integridade física, sacou de sua arma e na confusão efetuou um disparo de dentro pra fora. Foi quando o acadêmico Mateus, foi atingido no pescoço quando estava na calçada do lado de fora.

Enquanto o jovem agonizava na calçada e recebia ajuda de outros colegas, a confusão continuava do lado de fora. Imagens feitas por celular, mostra dois jovens trocando socos por alguns instantes, até um deles subir em uma moto visivelmente embriagado, para em seguida ir embora sem capacete.

Dois jovens foram filmados em via de fato no lado de fora da boate – Foto/captura

Mateus foi socorrido por uma ambulância do SAMU e levado para o hospital, onde recebeu os primeiros socorros. O jovem perdeu muito sangue e teve que ser transferido para a Capital, devido seu estado de saúde ser considerado delicado. O projétil ficou alojado próximo a clavícula e seria retirado durante a cirurgia em Rio Branco.

O delegado Luís Tonini, titular de Epitaciolândia ouviu o agente federal que se apresentou espontaneamente na companhia do delegado da PF, e que foi liberado e deverá se apresentar posteriormente assim que for necessário.

A arma do agente ficou retida na delegacia e um carregador que foi encontrado no estabelecimento também foi recolhido por uma guarnição do 10º Batalhão que estiveram local para dar início aos trabalhos e entregaram na DP. Segundo o delegado Luís Tonini, o caso está em aberto.


Investigadores da Polícia Civil estiveram no local onde ocorreu as brigas e o jovem que foi baleado.

ÚLTIMA HORA: 12h35

Os agentes da Polícia Civil do Município de Epitaciolândia, coordenada pelo titular Luís Tonini, estão investigando o caso desde as primeiras horas após o ocorrido. Todas as imagens de celular e circuito interno da casa noturna e proximidades serão averiguados.

As partes envolvidas no caso deverão ser identificadas e conduzidas à delegacia para serem ouvidas, afim de descobrir o que levou a causar a briga generalizada, além do fato do agente federal ter efetuado o disparo dentro do estabelecimento, que acertou o jovem no lado de fora na calçada.

Mais informações a qualquer momento.

 

Comentários