Raio-x mostra o fêmur de cada perna quebrado após o acidente – Foto: Alexandre Lima

Dois amigos acadêmicos de medicina que retornavam da cidade de Porto Walter, região do Juruá para a cidade de Brasiléia, na fronteira com a Bolívia em uma moto, foram vítimas de um acidente já no km 19 por volta das 20 horas desta sexta-feira (7), próximo da cidade de Epitaciolândia.

Segundo foi apurado até o momento com o condutor da moto, José Péricles Lima de Freitas (20), que tinha como garupa, o colega Geovane Lima Almeida (24), teriam passado o dia viajando após irem para a região do Juruá e já estavam próximo da fronteira quando aconteceu o acidente.

José conduzia a moto modelo Yamaha/Lander, placa QEQ 9282, pela BR quando viu que um carro se aproximava sentido contrário. Comentou que ao se aproximar, percebeu que o veículo modelo VW/Space Fox, placa vermelha NAD 9904, teria invadido a contramão, indo ao seu encontro.

José conta que o carro invadiu a contramão – Foto: Alexandre Lima

“Foi tudo muito rápido. Mal deu tempo para virar para a direita e o carro bateu do lado esquerdo e nos jogou para fora da estrada. Quando dei conta, estava no chão e perguntei ao Geovane se ele estava bem”, contou José.

O nome do motorista não foi registrado no Comando do 10º Batalhão da PM e o boletim da PF ainda estava sendo formulado na manhã deste sábado. Não se sabe ainda, se o motorista teria tentado desviar de algum buraco na estrada, ou outra coisa para ter invadido a contramão.

Moto ficou bastante danificada.

Por sorte, uma ambulância do SAMU da cidade de Assis Brasil, que retornava da Capital, chegou no local minutos após o acidente e ajudou no resgate das vítimas, e depois resgatou os amigos para o hospital regional de Brasiléia.

José e Geovane tiveram o fêmur da perna esquerda quebrados após receber todo o impacto. Ambos tiveram que ser transferidos para a Capital, onde passariam por cirurgia e ficarão por cerca de seis meses se recuperando do incidente.

 

Comentários