O parlamentar disse que o orçamento da Defensoria Pública é de R$ 24 milhões por ano

O deputado Gehen Diniz disse que foram gastos mais de R$ 15 milhões com contratação de advogados dativos para atender a população carente do interior do estado/Foto: reprodução
SAIMO MARTINS

O deputado estadual Gehlen Diniz (Progressistas) usou a tribuna no grande expediente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã desta quinta-feira (23) para relatar os gastos públicos do Estado com contratação de advogados dativos para atender a população carente do interior no ano de 2018.

______________

Segundo Diniz, os gastos foram realizados devido a falta de contratação de novos defensores públicos na gestão anterior, período em que foi realizado um concurso público para contratação de dezesseis profissionais.

______________

“Eles não foram contratados por falta de previsão orçamentária. Foram gastos mais de R$ 15 milhões com contratação de advogados dativos para atender a população carente do interior do estado”, destacou.

Por essa razão, os deputados estaduais dizem que é preciso aumentar o valor destinado à Defensoria Pública do Acre de 0,9% para 2%. “As pessoa acham que é muito o percentual, mas, se gasta muito mais com contratação de advogados dativos”, ressaltou dizendo que o orçamento da Defensoria Pública é de R$ 24 milhões de reais por ano.

Comentários