Conecte-se conosco

Cotidiano

Acre seguirá com chuvas abaixo da média e temperaturas altas no mês de setembro

Publicado

em

Seca Acre, calor, previsão do tempo – Foto: Juan Diaz /Arquivo pessoal

A previsão da empresa de estudos climáticos indica um mês de setembro com temperaturas mais altas. Os dias serão muito quentes na maior parte do país, com poucos períodos de temperaturas mais amenas.

De acordo com a Climatempo, a chuva retorna na segunda quinzena do mês de forma regular em áreas do centro-sul do Brasil, com exceção do leste do Paraná e do sul de São Paulo.

As áreas entre o Acre, Rondônia, sul do Amazonas e do Pará e o estado do Tocantins devem ter menos chuva do que é comum para a época do ano e temperaturas altas.

No Acre, as chuvas isoladas que caíram nos últimos dias de agosto e no começo de setembro contribuíram para a diminuição das detecções de focos de queimadas, principalmente na região onde estão os municípios de Feijó, Tarauacá e Manoel Urbano, os campeões de fogo no estado.

A chuva persiste sobre toda a faixa norte da região Norte, com previsão de mais chuva acima da média histórica, ainda influenciada pelo Pacífico Equatorial com uma tendência fria. As temperaturas seguem estáveis em toda a região, próximas à média.

Impacto na produção de energia

As condições de tempo e clima influenciam diretamente o setor de energia, desde os processos de planejamento de geração, até a operação e manutenção de hidrelétricas, complexos eólicos e solares, distribuidoras e transmissoras de energia.

Isso ocorre porque no Brasil e na maior parte do mundo os ativos que compõem o setor elétrico estão expostos às interferências de tempo e clima, além de ter o vento, água e sol como um dos grandes aliados na geração de energia.

Carlos Magno, CEO da Climatempo, destaca a importância de reflexão sobre o aumento da ocorrência de fenômenos climáticos extremos no Brasil e os impactos que isso tem gerado na vida em sociedade e para as empresas.

“Temos acompanhado os fenômenos meteorológicos no Brasil há três décadas e episódios que antes eram atípicos agora acontecem com maior frequência. É preciso estar preparado para as mudanças que já estão em curso”, alerta o executivo.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última terça-feira (31) a criação de uma nova bandeira tarifária na conta de luz, chamada de bandeira de escassez hídrica. A taxa extra será de R$ 14,20 para cada 100 KWh consumidos e entrou em vigor no dia 1º setembro, permanecendo vigente até abril do ano que vem.

Comentários

Cotidiano

Polícia Militar apreende mais de cinco quilos de drogas em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Assessoria de Comunicação da PMAC

Durante a “Operação Hórus”, do Governo Federal, a Polícia Militar do Acre (PMAC) apreendeu nesta quarta-feira, 19, mais de cinco quilos de drogas, em Cruzeiro do Sul. Uma pessoa foi presa.

As guarnições realizaram a abordagem a um ônibus, que faz o trajeto de Cruzeiro do Sul a Rio Branco, e encontraram em uma mochila cinco barras de maconha, do tipo conhecido como “super maconha”. A bolsa estava com um dos passageiros. Durante as buscas com apoio de um cão policial, não foi encontrado mais substâncias.

A pesagem do ilícito foi de 5,435 Kg. A ação policial contou com guarnições do 6° Batalhão de Polícia Militar, por meio do Grupo de Operações com Cães (GOC) e Pelotão Ambiental, além do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA).

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Força Nacional continua no Acre até 2023 no apoio às operações do Ibama

Publicado

em

O governo federal resolveu prorrogar por mais um ano a presença da Força Nacional em territórios da Amazônia Legal.

O objetivo é combater o desmatamento e incêndios ilegais, no apoio às operações dos órgãos de fiscalização e controle como o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama).

A portaria é assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres. O prazo de atuação é até 13 de janeiro de 2023.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Palmeiras é eleito o melhor do mundo, título inédito para o país

Publicado

em

Em 16 edições, é a primeira vez que Verdão vence disputa da IFFHS

O Mundial de Clubes da FIFA só começa no dia 3 de fevereiro, mas o Palmeiras já pode dizer que é o melhor time do planeta. Isto porque a Federação Internacional de Histórias e Estatísticas do Futebol (IFFHS, sigla em inglês) elegeu o Alviverde como o vencedor do seu ranking de 2021. Em 16 edições, esta foi a primeira vez que um clube brasileiro conquistou o prêmio.

Em 2020, o Palmeiras tinha ficado na segunda colocação, atrás do Bayern de Munique. O maior vencedor é o Barcelona (cinco vezes), seguido de Real Madrid (quatro) e Liverpool (três). Manchester United, Sevilla, Milan, Inter de Milão e Juventus levaram duas vezes. Roma, Ajax, PSG, Valencia, Atlético de Madrid e Atlético Club Nacional foram eleitos em uma oportunidade.

 

De acordo com a entindade, o ranking pretende estabelecer qual a equipe mais forte do mundo entre todas as competições, nacionais e internacionais. O resultado é definido pela soma de todos os pontos em cada competição, de janeiro a dezembro. O Palmeiras venceu duas Libertadores em 2021, a da edição de 2020, contra o Santos, no Maracanã, e a edição 2021, contra o Flamengo, em Montevidéu. Além disso, também levantou a Copa do Brasil de 2020, com final disputada contra o Grêmio em março de 2021.

Além do Palmeiras, outros brasileiros aparecem entre os primeiros da lista. O Atlético-MG, campeão brasileiro e da Copa do Brasil, foi o segundo colocado. O poderoso Manchester City, de Pep Guardiola, ficou em terceiro. Chelsea e Flamengo empataram na quarta posição. Destaque também para o Athletico-PR, que conquistou a Copa Sul-Americana e terminou na décima colocação. Confira o ranking completo da IFFHS.

 

Com informações de Agencia Brasil

Comentários

Continue lendo

Em alta