Governo acreano aguarda autorização de Brasília para solicitação, feita na sexta (6). Policiais estão em RO e devem chegar ao Acre esta semana.

Policiais da Força Nacional devem ajudar no combate a queimadas no Acre — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Para reforçar as ações de combate a queimadas no estado, o governo solicitou a ajuda de 30 homens da Força Nacional. O documento de solicitação foi encaminhado na sexta-feira (6) para Brasília.

Na quinta (5), o Acre enviou 39 militares para Porto Velho (RO) para auxiliar no trabalho contra as queimadas na região Norte. Outros 11 israelenses especialistas em combate ao fogo também estão na capital rondoniense para auxiliar no trabalho.

O comandante do Corpo de Bombeiros do Acre, coronel Carlos Batista, explicou que o reforço vai ajudar todas as equipes envolvidas nos trabalhos de combate e prevenção aos incêndios.

“Provavelmente, esse pessoal vai chegar aqui segunda ou terça, se for autorizado por Brasília. Foi feito o documento na sexta e enviado, estamos aguardando a resposta”, complementou.

Batista acrescentou que as equipes solicitadas estão no estado de Rondônia. Caso seja aprovada a solicitação, as equipes vão ser encaminhadas para o estado acreano.

“Vão ajudar a Garantia da Lei e Ordem, que é a GLO, publicada pelo Governo Federal colocando o Exército à frente das operações, tem a sala de situação do quartel do 4º BIS onde lá estão em deslocamento de equipes para campos”, frisou.

Comentários