Conecte-se conosco

Acre

Acre tem 2º melhor desempenho do país em dezembro e fecha 2021 com alta de 16,2% no setor de serviços

Publicado

em

Em dezembro, volume dos serviços no Acre cresceu 7,1%. Alta no final do ano foi registrada após três meses seguidos de queda no setor.

Após três meses consecutivos de quedas, o volume de serviços prestados no Acre registrou um salto de 7,1% em dezembro, na comparação com novembro. Os dados foram divulgados nessa quinta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com essa alta, o Acre teve o segundo melhor desempenho do país, junto com Mato Grosso do Sul e ficou atrás somente do Distrito Federal, que registrou um aumento de 9,3% no volume de serviço em dezembro. Esse resultado veio após o estado acreano ter registrado a segunda maior queda em novembro.

Os dados mostram que o estado fechou o ano de 2021 com alta de 16,2% e ficou na quarta melhor posição no ranking dos estados com relação ao setor, recorde da série histórica iniciada em 2012.

Conforme análise do Observatório do Fórum de Inovação e Desenvolvimento do Acre, embora houve o crescimento expressivo em dezembro, o setor de serviços do Acre não superou a dinâmica com relação ao nível pré-pandemia, ficando 0,6% abaixo do nível de fevereiro de 2020.

Importante destacar, porém, que o salto ocorre após o tombo de 7,9% no ano de 2020. No comparação com dezembro de 2020, o setor teve sua décima taxa positiva consecutiva: 8,4%.

Dados nacionais

 

O volume de serviços prestados no Brasil cresceu 1,4% em dezembro, na comparação com novembro. Com o resultado, o setor fechou 2021 com avanço recorde de 10,9%, eliminando as perdas do ano anterior.

Essa foi a maior taxa para um fechamento de ano desde o início da séria histórica do IBGE, em 2012. Importante destacar, porém, que o salto ocorre após o tombo recorde de 7,8% no ano de 2020.

Comentários

Acre

Polícia Civil deflagra operação visando o combate ao tráfico de drogas em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Marechal Thaumaturgo

Publicado

em

Ascom/Policia Civil do Acre

A Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico – DNARC, deflagrou nesta madrugada operação visando desarticular uma organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas, com o cumprimento de 40 ordens judiciais.

A operação visava o cumprimento de 18 ordens de prisão, 16 mandados de busca e apreensão, bem como o sequestro de 6 veículos, a serem cumpridos nos municípios de Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Marechal Thaumaturgo, com a participação de mais de 70 policiais.

O trabalho investigativo durou 12 meses. Neste período a Polícia Civil coletou diversos elementos de provas que comprovaram a existência de um grupo dedicado a pratica do tráfico de drogas, bem como possibilitou a individualização da conduta destas pessoas.

Durante a investigação foram apreendidos 2 kg de drogas, fato que comprovou a materialidade do crime investigado. Diante desta comprovação, representou-se pelas ordens judiciais de prisão e busca.

Na quinta-feira a Polícia Civil cumpriu as ordens judicias, prendendo 21 pessoas e apreendendo mais de cinquenta mil reais em espécie, uma arma de fogo, 2 kg de drogas, além de sequestrar 06 veículos.

O resultado exitoso da operação demonstra a eficiência da Polícia Civil e o serviço árduo de seus servidores, que trabalham diuturnamente na busca pela elucidação de crimes, visando a responsabilização de criminosos.

Comentários

Continue lendo

Acre

Governo divulga resultado final do concurso do Corpo de Bombeiros; veja lista

Publicado

em

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre. Foto: Ascom

O governo do Acre publicou na manhã desta quinta-feira, 30, no Diário Oficial do Estado (DOE) os editais com os resultados finais do concurso público de Soldado Combatente do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC).

Os candidatos poderão obter informações gerais referente ao Concurso Público por meio do Edital nº 001/2022 Seplag/CBMAC de 7 de janeiro de 2022, seus anexos e demais editais publicados.

Em caso de dúvidas, o candidato poderá entrar em contato com o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), banca realizadora do concurso, por meio do Serviço de Atendimento ao Candidato – SAC, pelo telefone (11) 4788-1430, de segunda a sexta-feira em dias úteis, das 7h às 15h30 no horário do Acre, ou também por meio do endereço eletrônico www.ibfc.org.br.

Confira a lista:

Comentários

Continue lendo

Acre

MPAC pede à Justiça suspensão de realização de shows em Brasileia

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio da Promotoria de Justiça Cível de Brasileia, ajuizou uma ação civil pública pedindo a imediata suspensão da realização dos shows da banda Babado Novo e da cantora Margareth Menezes, marcados para este final de semana no município, durante o Carnavale 2022.

Na ACP, assinada pela promotora de Justiça Pauliane Mezabarba, o MPAC questiona o processo administrativo de inexigibilidade de licitação para contratação da cantora Margareth Menezes e o valor pago à artista para apresentação no evento festivo em Brasileia (250 mil reais), que estaria bem acima do valor de mercado, conforme apurado recentemente em shows realizados nas cidades de Corumbá-MS (72.774 reais) e Aracajú-SE (100 mil reais).

Sobre outro show anunciado para o mesmo evento, da banda Babado Novo, o MPAC afirma que chama atenção a apresentação já estar sendo divulgada e o processo licitatório pertinente ainda “estar em andamento”, mas não se ter notícia, pela ausência de divulgação e transparência, quanto ao procedimento licitatório.

Também conforme o documento, após pedido de informações do MPAC à Prefeitura de Brasileia sobre gastos e formas de contratação dos artistas, foi informado que a empresa T.P.P. SILVA ME ficaria responsável por toda a estrutura de som, palco, iluminação, camarotes, portais e contratação de bandas locais e da banda Araketu, também anunciada para o evento. Já o restante das despesas, incluindo a contratação da banda Babado Novo e da cantora Margareth Menezes, seria arcado com os valores oriundos do Termo de Convênio n.º 004/2022 firmado com o Estado do Acre.

A promotora justifica a propositura da ação pelo fato Município de Brasileia e o Estado do Acre firmarem convênio para a realização de shows e se omitirem na prestação de serviços públicos básicos. Destaca, como exemplo dessa omissão, uma vistoria realizada no mês passado no Hospital Regional do Alto Acre, onde foi verificado a falta de medicamentos básicos como dipirona e materiais básicos como seringas, agulhas, luvas, soros, bem como a falta de profissionais médicos.

Além da suspensão dos shows, o MPAC pede que o Município de Brasileia e o Estado do Acre abstenham-se de efetuar quaisquer pagamentos/transferências financeiras decorrentes do contrato estabelecido para a contratação dos artistas nominados e, ainda, seja-lhe vedada a contratação de outra atração artística dessa magnitude, sob pena de multa no valor integral de cada contrato, acrescido de juros moratórios e corrigidos monetariamente, caso ocorra o evento.

Comentários

Continue lendo

Em alta