A Sesacre informou que pagará parte do valor na próxima segunda-feira

O Bispo da Diocese de Rio Branco, Dom Joaquim Pertiñez, enviou um ofício ao governo do estado, informando que os atendimentos realizados pelo Hospital Santa Juliana, em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), serão suspensos a partir deste sábado (9). Os serviços que serão interrompidos são: consultas médicas, cirurgias, internações, partos e qualquer outro tipo de atendimento que faça parte do convênio.

O motivo da suspensão dos atendimento é falta de pagamento por parte do governo do estado, por meio da Secretaria de Saúde.  O hospital cobra do estado uma dívida que ultrapassa os R$ 5 milhões de reais.

Hospital Santa Juliana/Foto: reprodução

A dívida do Estado com a instituição católica vem desde 2017, ainda na gestão de Tião Viana (PT). De acordo com o documento, a direção do hospital buscou solucionar a situação diversas vezes, porém, não obtiveram êxito levando, consequentemente,  à suspensão dos serviços. “Os atrasos sucessivos geram impactos e vão acumulando déficits nas contas do hospital até o ponto em que chegamos, de suspender o atendimento de novos pacientes.Lamentamos ter que tomarmos tal decisão e reforçamos o nosso compromisso com a defesa da vida e a prestação de serviço de qualidade à população acreana”, informou nota da instituição.

Resposta da Sesacre

Na manhã deste sábado, o secretário de Saúde,Alysson Bestene,  disse ao ContilNet que conhece o problema, porém, fez questão de frisar que o débito de R$ 5 milhões foi deixado pela gestão anterior, no entanto, ainda precisa ser reconhecido pelo Estado.

“De acordo com o decreto do governador, tínhamos que analisar todas as dívidas da antiga gestão. Fizemos isso e enviamos a Controladoria Geral do Estado (CGE). Eles receberam, analisaram e estávamos na expectativa de realizar os pagamentos na sexta-feira, contudo, vamos pagar na segunda-feira (11)”, declarou.

Alysson disse ainda que após o pagamento ser efetivado, a tendência é que seja retomado os atendimentos ainda na segunda. O valor que será pago ao Hospital é referente aos meses de novembro e dezembro de 2017. “O valor que a Sesacre repassará ao hospital será de R$ 1,6 milhões”, garantiu o secretário.

Comentários