Conecte-se conosco

Acre

Acusado de ‘tocar o terror’ no interior e exibir armas na internet é preso em Manuel Urbano

Publicado

em

Há semanas que o acusado de homicídio Advilson Pacheco Domingos vinha sendo procurado por ‘tocar o terror’ no município de Tarauacá, e como forma de debochar da própria polícia, publicava vídeos nas redes sociais exibindo armas de grosso calibre de uso exclusive das forças de segurança.

Na noite dessa quinta-feira, 8, encurralado numa das ruas de Manuel Urbano, acabou preso por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) com o apoio da polícia local. Ele estava em companhia de dois menores com um colete balístico, pistola automática e droga para o consumo pessoal.

Advilson, conhecido por “Pachequinho”, tinha prisão preventiva decretada pela justiça de Tarauacá, onde praticou um homicídio. A polícia o acusa de formar um bando na cidade que vivia tocando o terror em alguns bairros da periferia da terra do abacaxi gigante.

Diante a situação, um grupo de investigadores da capital se deslocou para o município que fica a 400 quilômetros de Rio Branco para prender o bandido, que vez por outra, como forma de afrontar a polícia exibia vídeos nas redes sociais portando arma. Ele manuseava uma espingarda calibre 12 do tipo repetição.

Ao saber que os policiais estavam na cidade para prendê-lo, fugiu para Manuel Urbano, onde também tinha cargo de liderança numa facção criminosa. Na noite de ontem, durante um cerco, com o apoio da Polícia Civil local, não teve como escapar da prisão e se entregou pacificamente sem esboçar nenhuma reação. Ele tinha em seu poder um colete balístico do sistema penitenciário do Acre, uma pistola 9mm, droga para uso pessoa e se faziam acompanhar de dois adolescentes. Dado à sua periculosidade deverá ser recolhido a um presídio da capital.

Comentários

Acre

Acre segue tendência nacional e tem saldo positivo na criação de novos empregos

Publicado

em

Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
Foto: Amanda Perobelli – 29.mar.2019/Reuters

Segundo dados divulgados nas últimas semanas pelo Novo Caged, o Brasil, em agosto de 2022, apresentou saldo positivo na criação de novos empregos. De acordo com o assessor da presidência da Fecomércio-AC, Egídio Garó, no Acre, os números também foram positivos.

Em todo o País, houve a criação de novos empregos para 278.639 trabalhadores formais; a variação relativa com o mês anterior – julho – foi de 0,66%. Além disso, comércio e serviços representaram, das vagas geradas, 41.886 e 141.113 postos, respectivamente.

“Com base dos números apresentados pelo Novo Caged, nota-se com clareza que o setor de serviços está expandindo suas atividades, o que foi causado pela liberalização das atividades e, consequentemente, com a redução do número de casos observados em momento pós-pandemia”, explicou Garó.

Já no Estado acreano, em agosto de 2022, foram criados 858 novos postos de trabalho, em detrimento dos 364 postos ocorridos em agosto de 2021. Dos municípios acreanos, somente dois mais demitiram do que contrataram: Capixaba e Rodrigues Alves; os demais municípios apresentaram números positivos, tendo a capital Rio Branco a liderança do score, com 423 novos postos; seguida de Cruzeiro do Sul, com 136 postos e, Epitaciolândia, que gerou 69 novas vagas ao longo do mês de agosto.

“Tal qual observado no País, o comércio e os serviços puxaram esse resultado para cima, indicando que a recuperação do setor terciário representa, neste momento, uma quantidade expressiva de geração de emprego e renda”, finalizou Egídio.

Comentários

Continue lendo

Acre

Bombeiros combatem incêndio de grandes proporções em área de mata em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Por

Equipes dos bombeiros chegaram a ser acionadas no início da tarde, mas incêndio retornou e trabalho foi concluído já pela noite dessa segunda-feira (3). Área atingida foi de 4 hectares.

Bombeiros combatem incêndio de grandes proporções em área de mata em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Um incêndio de grandes proporções em área de mata foi controlado após horas de trabalho do Corpo de Bombeiros nessa segunda-feira (4) na estrada ao lixão de Cruzeiro do Sul, bairro Santa Helena, no interior do Acre.

O local fica ao lado de várias casas, mas as chamas foram controladas antes de chegarem aos imóveis. A estudante Daniela das Chagas Silva, de 22 anos, mora na frente da área que pegou fogo e foi quem acionou os bombeiros.

“Nesse local fica uma bomba que a gente usa para pegar água e nosso medo era de o fogo atingir essa bomba, porque estava muito alto. Ontem [segunda,3] começou por volta das 14h, aí os bombeiros foram lá e apagaram, mas depois, umas 16h, começou de novo. Os bombeiros disseram que foi criminoso, mas não sabemos quem foi colocou fogo. Foi um susto grande. A equipe terminou o trabalho lá de combate já era à noite”, disse a moradora.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o combate foi feito com o uso de mangotinho do caminhão, dois abafadores e uma bomba costal. Ao todo, foram usados cerca de 3,5 mil litros de água na ação que evitou que as chamas atingissem duas casas e um galpão. A área de queima foi de aproximadamente quatro hectares.

Área atingida foi de 4 hectares em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Área atingida foi de 4 hectares em Cruzeiro do Sul — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

Comentários

Continue lendo

Acre

Novo Caged: Acre segue tendência nacional e tem saldo positivo na criação de novos empregos

Publicado

em

Segundo dados divulgados nas últimas semanas pelo Novo Caged, o Brasil, em agosto de 2022, apresentou saldo positivo na criação de novos empregos. De acordo com o assessor da presidência da Fecomércio-AC, Egídio Garó, no Acre, os números também foram positivos.

Em todo o País, houve a criação de novos empregos para 278.639 trabalhadores formais; a variação relativa com o mês anterior – julho – foi de 0,66%. Além disso, comércio e serviços representaram, das vagas geradas, 41.886 e 141.113 postos, respectivamente.

“Com base dos números apresentados pelo Novo Caged, nota-se com clareza que o setor de serviços está expandindo suas atividades, o que foi causado pela liberalização das atividades e, consequentemente, com a redução do número de casos observados em momento pós-pandemia”, explicou Garó.

Já no Estado acreano, em agosto de 2022, foram criados 858 novos postos de trabalho, em detrimento dos 364 postos ocorridos em agosto de 2021. Dos municípios acreanos, somente dois mais demitiram do que contrataram: Capixaba e Rodrigues Alves; os demais municípios apresentaram números positivos, tendo a capital Rio Branco a liderança do score, com 423 novos postos; seguida de Cruzeiro do Sul, com 136 postos e, Epitaciolândia, que gerou 69 novas vagas ao longo do mês de agosto.

“Tal qual observado no País, o comércio e os serviços puxaram esse resultado para cima, indicando que a recuperação do setor terciário representa, neste momento, uma quantidade expressiva de geração de emprego e renda”, finalizou Egídio.

Comentários

Continue lendo

Em alta