Ao menos 25 detentos do pavilhão 15 do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde (FOC), tentaram fugir na tarde dessa segunda-feira, 17, em Rio Branco. Agentes penitenciários que realizavam ronda de rotina perceberam um barulho suspeito e identificaram uma escavação de um buraco que seria usado como fuga desses presos. Os detentos foram impedidos de fugir.

De acordo com o diretor do complexo penitenciário de Rio Branco, Fagner Souza, após a tentativa de fuga frustrada dos detentos, o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE), foi acionado para a retirada de 25 presos que foram levados ao isolamento cautelar (corretivo) do presídio.

“Após a retirada dos presos pelo GPOE, foi realizada uma revista mais minuciosa na cela, e foi constatado que um buraco com aproximadamente 90 centímetros de diâmetro, foi cavado na parede em direção à parte externa do presídio”, explicou.

Fagner Souza enfatizou ainda que os envolvidos assumiram serem responsáveis pelo dano e que nas primeiras horas desta terça-feira, 18, os mesmos serão encaminhados para a Defla, para tomar as medidas necessárias.

Comentários