Em ofício encaminhado nesta quarta-feira, 30, ao Ministro das Relações Exteriores, o Embaixador Ernesto Araújo, e aos reitores das faculdades Unifranz e UNITEPC, ambas na Bolívia, o deputado federal Alan Rick (DEM) solicita apoios ao estudantes brasileiros que estudam na Bolívia, em face da grave crise política e social que o país vive, com sucessivas manifestações públicas contra o governo local.

Alan Rick é Titular da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e Presidente da Frente Parlamentar dos Médicos Brasileiros Formados no Exterior e da Revalidação (FMBR), e salienta que, em um momento de convulsão social e política devido às manifestações do “Paro Nacional”, “a violência nas ruas é crescente e um bloqueio foi decretado por manifestantes, colocando em risco a situação dos brasileiros que lá estudam. Em suma, a Bolívia vive um momento bastante conturbado e o direito de ir e vir está consideravelmente restrito. Enquanto isso, milhares de famílias brasileiras estão angustiadas, sem conseguir garantir o bem-estar de seus filhos que lá residem”, destaca o deputado nos ofícios encaminhados.

Ao Itamaraty, Alan Rick solicita as “providências necessárias no sentido de garantir que os consulados brasileiros nas cidades de Cochabamba e Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, prestem apoio aos cidadãos brasileiros que lá residem, especialmente aos estudantes”. Para o deputado acreano, “é essencial que estes alunos tenham sua segurança garantida pelo corpo diplomático brasileiro”.

Já no caso das faculdades bolivianas, a solicitação diz respeito à permissão para que os estudantes brasileiros que se sentirem inseguros, em virtude das manifestações que ocorrem em sua cidade, possam contar com a compreensão do corpo docente destas universidades. O deputado acreano solicita que os alunos possam repor posteriormente exames e aulas, presencialmente ou online, quando do fim das manifestações que hoje tumultuam a Bolívia.

Comentários