Em 2014, cerca de 65 mil famílias foram pegas de surpresa causando prejuízos incalculáveis e Acre ficou isolado pela BR 364

Alexandre Lima, com agências

Autoridades de vários setores do Estado de Beni (Bolívia), começaram a tomar providencias para que não sejam pegos de surpresa como aconteceu no ano de 2014. As informações passadas à imprensa da cidade de Trinidad, foi pela diretora departamental da Agência de Desenvolvimento das Macroregiões e Zona Fronteiriças (Admeaf), Isabel Gallardo.

Foi informado que já estariam armazenando diferentes produtos e pedindo ajuda antecipada. Os bombeiros estariam se preparando organizando equipes e pessoal para caso tenha que intervir e/ou apareça emergência em decorrência de uma nova inundação na região.

Vista de Trinidad, na região de Beni, na Bolívia. As fortes chuvas na região causaram enchentes em todo o nordeste - Foto: UOL
Vista de Trinidad, na região de Beni, na Bolívia. As fortes chuvas na região causaram enchentes em todo o nordeste – Foto: UOL

Até mesmo pessoal foi enviado para a cidade de Santa Cruz, para receber capacitação nestes casos para atuarem em casos de evacuação, resgate, além de manejo em barcos e lanchas.

Segundo o secretário geral do governo de Beni, José Luis Bravo, informou que foi criado o Centro de Operações e Emergência (COE), onde já declararam alerta amarelo devido o crescimento do nível dos rios da regiões.

“Os níveis da água estão abaixo do ano passado neste mesmo período, mas decidimos pela precaução declarar alerta amarelo devido o aumento de alguns rios”, disse o secretario durante uma coletiva à imprensa local.

Em tempo, a região de Beni foi a mais atingida na inundação de 2014, quando teve um grande prejuízo tanto na zona rural, quanto urbana, com a cheia dos rios. Cidades, fazendas, aeroportos foram tomados pelas águas.

A mesma enchente afetou a região do estado de Rondônia e isolou o estado do Acre, causando um enorme prejuízo em todos os setores, sendo necessário a importação de combustível do Peru, país vizinho com centenas carretas.

BR 364 ficou isolada causando transtorno ao estado do Acre, principalmente na falta de combustível
BR 364 ficou isolada causando transtorno ao estado do Acre, principalmente na falta de combustível

Comentários