O cargo de  secretário extraordinário de Articulação que era exercido pelo ex-prefeito de Cruzeiro do Sul foi extinto após o ajuste da reforma aprovada na Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Gladson Cameli.

Alysson vai exercer a atividade que seria atribuída a Vagner Sales, que será exonerado do cargo por recomendação do Ministério Público Estadual. Vagner foi condenado por improbidade administrativa.
Luciano Tavares

O cirurgião-dentista Alysson Bestene, ex-secretário de Saúde do Acre, foi nomeado para exercer o cargo de secretário de Estado de Relações Políticas e Institucionais, setor que voltou a integrar a estrutura de governo após a minirreforma administrativa. A informação sobre a nomeação consta no Diário Oficial do Estado.

Alysson vai exercer a atividade que seria atribuída a Vagner Sales, que será exonerado do cargo por recomendação do Ministério Público Estadual. Vagner foi condenado por improbidade administrativa. O cargo de  secretário extraordinário de Articulação que era exercido pelo ex-prefeito de Cruzeiro do Sul foi extinto após o ajuste da reforma aprovada na Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador Gladson Cameli.

A exoneração de Vagner

Vagner Sales usou recurso público, segundo denúncia do Ministério Público acatada pela Justiça. Conforme o MP, na época em que era prefeito de  Cruzeiro do Sul, Sales asfaltou o ramal Canela Fina, acesso onde fica localizada sua propriedade rural. Por isso, Sales é obrigado pela Justiça Federal a devolver mais de R$ 600 mil aos cofres públicos.

Em março, a promotora Myrna Teixeira de Mendonza, do Ministério Público, recomendou a exoneração de  gestores condenados por atos de improbidade administrativa. Não só Vagner Sales entrou na mira. O ex-prefeito de Senador Guiomard, James Gomes, também responde por improbidade. Ele contratou, quando era prefeito de Senador Guiomard, entre 2009 e 2015, servidores públicos sem a realização de concurso, o que é proibido por lei.

Comentários