Encontro acontece em Rio Branco e envolverá todos os setores do sistema de segurança pública em um debate técnico na busca de soluções para redução da violência.

A Associação dos Municípios do Acre (AMAC) vai promover na próxima sexta-feira (28), na sua sede, em Rio Branco, um Mesa-redonda sobre os Desafios para Segurança Pública do Acre. O encontro atende reinvindicações de gestores do interior do Estado. Nas cidades de Sena Madureira, Tarauacá e Cruzeiro do Sul, os índices de violência aumentaram nos últimos meses.

A instituição, em parceria com associações ligadas à Segurança Pública, e a sociedade civil organizada, pretende discutir o tema e fortalecer políticas de segurança pública, democráticas e pautadas pelos direitos humanos. Como convidados participam da Mesa-redonda, o Major Rezende, especialista e pós-Graduado em Gestão de Segurança Pública o Cel. PM Ulisses, o agente da Policial Rodoviário Federal Américo Paes, o Policial Federal Eduardo Gomes e o deputado federal Major Rocha.

A Amac enviou convite para participação de todo o Sistema de Segurança Pública do Estado, o Poder Judiciário, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Ministério Público, a Câmara Municipal de Rio Branco, Assembleia Legislativa do Estado do Acre, Câmara dos Deputados e o Senado Federal, além de organizações comunitárias e associações militares.

“A participação dos prefeitos nesse debate técnico será de fundamental importância. Nosso objetivo é envolver todas as instituições no fortalecimento de políticas públicas para o sistema de segurança pública”, disse a presidente da Amac, prefeita Marilete Vitorino.

A Mesa-redonda vai desenvolver os temas: Panorama da Segurança Pública; Ações que deram resultados positivos na Segurança Pública; Ciclo Completo da Polícia; Organizações Criminosas no Brasil e o Policiamento de Fronteira.

Um dos convidados, o Major Rezende, é Pós Graduado em Política e Gestão de Segurança Pública. Um encontro nesta terça-feira (25) pela manhã, na sede da Associação dos Militares do Acre (AME) marcou o início da agenda de segurança pública e mobilização dos parceiros.

“O evento acontece na sexta-feira (28) a partir das 8 horas na sede da Amac. Queremos convidar toda a sociedade e reforçar os convites às instituições para a realização desse fórum de debates que poderá ajudar e muito no enfrentamento da violência em todas as cidades”, concluiu Marilete Vitorino.

 

Comentários