Deputado Antonio Pedro (EDM)

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na sessão de quarta-feira, 30, o deputado Antônio Pedro (DEM) criticou o governo do Estado por não tomar atitudes mais firmes para combater a criminalidade no Acre. Segundo ele, o governador Tião Viana (PT) não estaria ouvindo o clamor da população.

“A segurança é um dos temas mais debatidos nessa casa, mas parece que ninguém está ouvindo. Que tudo está normal. A única coisa que vejo que o governo resolve rapidinho é quando quer negativar um empresário, se ele de alguma forma atrasar seus impostos com o Estado”, frisou.

Antonio Pedro lembrou que os comerciantes são os que mais sofrem com o aumento da criminalidade. Ele lembrou que a classe também com a fiscalização do governo. “Os empresários tem sofrido, porque a violência não tem deixado eles trabalharem. Ainda tem o governo fechando as portas para eles. Os nossos comerciantes tinham direito de parcelar seus impostos. Hoje tem que pagar antecipado na Tucandeira. Se não pagar o Estado é o primeiro a dificultar sua vida e negativar seu nome”, disse ao pontuar ainda que

Por fim, o parlamentar cobrou ações efetivas do governo. “Olhem com carinho para os empresários. De primeiro acontecia roubos esporadicamente, mas hoje os marginais perderam o medo da polícia e assaltam a qualquer hora. É preciso que alguém tome providência”, finaliza.

(Assessoria Parlamentar)

Comentários