O mineiro mais acreano que existe. O cantor e compositor que canta as belezas do Acre há mais de 30 anos é conhecido como a voz mais atuante em defesa dos músicos do Acre.

Heloy de Castro, aos 68 anos, é um show de talento e lucidez ao falar dos bons tempos da música autoral acreana, de seus parceiros de composição. Lembra com entusiamo da época dos Festivais Acreanos de Música Popular (FAMP) e do Casarão, que foi espaço durante muitos anos, o principal espaço para os artistas do Acre mostrarem seu talento.

Se dizendo mais acreano do que mineiro, Heloy de Castro lamenta a falta de espaço para a música local, mas afirma que se sente imensamente feliz pelo reconhecimento de sua música.

Nesse bate papo, além de contar sobre sua vida, Heloy brinda os telespectadores do Boa Conversa com alguns de seus principais sucessos como “Caro Jhon” e “Oração ao Látex Derramado”. Assista!

Comentários