c83f4dc5-a5f7-482a-948f-847f4ddcebd5-2
Foto: ac24horas.com
Alexandre Lima

A crescente violência que vem assolando o Acre, se pode dizer hoje que, é de restrita responsabilidade do governo petista que vem comandando o estado nos últimos 16 anos. E isso é um mérito (se é que se pode dizer isso), principalmente do atual governador Sebastião Viana (PT).

Sem investimentos na parte do setor de inteligência das polícias no Estado, e até nas regiões de fronteira, os acreanos estão tendo que criar verdadeiras ‘gaiolas’ para viverem com suas famílias. Mesmo assim, correm riscos.

Com direitos assegurados, os bandidos estão tomando de conta de alguns estados da Federação. A exemplo, o Estado do Rio de Janeiro, onde milícias e facções controlam quase tudo, os ‘cangaceiros’ modernos que fecham cidades no Nordeste e os ‘piratas do asfalto’, que explodem carros fortes em BR’s do centro do Brasil.

No Acre, a olhos vistos, duas facções vem crescendo dentro dos presídios da Capital e espalhando o terror pelo interior. Chegamos ao ponto da imprensa ter de publicar execuções sumárias dia após dia.

Para piorar, chegou ao ponto de facções tentar invadir um presídio para se digladiarem. O que iriamos ver? Corpos mutilados, queimados e cabeças decapitadas igual fizeram em Rondônia e Roraima?

Importante lembrar que a troca de tiros aconteceu perto da casa do Governador.

Matéria relacionada:

Facção enfrenta polícia armada com fuzil durante tentativa de invasão a Papudinha

Como resultado, iriamos ver o governo proibir de publicar vídeos e fotos das atrocidades cometidas pelo bandidos, que se acham acima do Estado que perdeu o controle e não assume sua responsabilidade. Onde acha que o policial deve lutar contra alguém que carrega um fuzil, pistolas e outras armas de grosso calibre, contra armas de choque e apitos.

Talvez tivesse pensado antes, de aplicar quase R$ 15 milhões em mídia, e somente a metade no aparelhamento da Polícia Militar do Estado. Agora vem dizer que isso é resultado da falta de apoio do governo federal que não investe na segurança das fronteiras e lhe fechou as torneiras.

Esqueceu de dizer que, nos últimos 12 anos, o PT governou o Brasil e o mesmo partido está a 16 no Acre. Somente agora que o governador petista Sebastião Viana vem dizer que a culpa não é dele, e sim, de um governo que está a três meses comandando o País.

Veja vídeo da coletiva ocorrida na manhã desta quarta, dia 19, transmitida ao vivo via Facebook.

Comentários