Após 24 dias, cinco presos continuam foragidos de presídio em Rio Branco

Fuga ocorreu no dia 11 de fevereiro do presídio Francisco d’Oliveira Conde.
Vinte dias depois, outros cinco fugiram do mesmo presídio; 2 foram capturados

G1/AC
Presos serraram cela e escalaram o muro do presídio para fugir (Foto: Divulgação/Iapen)

Após 24 dias, os cinco detentos que fugiram do Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde (FOC) em Rio Branco, no último dia 11 de fevereiro, continuam foragidos. Os presos eram do pavilhão I, do Chapão, onde ficam os presos sentenciados. Menos de um mês depois, uma nova fuga foi registrada, na madrugada de sábado (4), e mais cinco conseguiram escapar da penitenciária, desses, dois já foram capturados.

Na primeira fuga, de acordo com o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), os presos serraram as grades da cela e escalaram o muro para fugir da unidade usando uma “teresa”. Na época, o diretor do complexo, Rames Mesquita, disse ao G1 que foi aberto um processo administrativo para investigar a fuga e em seguida, agentes penitenciários fizeram revista no pavilhão.

Entre os presos foragidos desde o dia 11 de fevereiro estão: Sebastião Wevento Lima de França, de 26 anos, Leandro Lima Cabanelas, de 28 anos, Nilton Antônio Pereira, de 41 anos, Wiles Calado do Nascimento, de 22 anos, e Raimundo Nonato dos Santos Fonseca, de 27 anos. Os detentos cumprem pena por latrocínio, furto e homicídio qualificado, além de outros crimes.

Já na segunda ação dos detentos, na madrugada do último sábado (4), 13 tentaram fugir, sendo que oito foram capturados por agentes penitenciários ainda dentro do presídio. Cinco deles conseguiram fugir e dois foram recapturados ainda no sábado, na região do bairro Distrito Industrial.

O Iapen-AC informou que os detentos que fugiram no sábado cumpriam pena no pavilhão L e a fuga ocorreu após um apagão na unidade. A Associação do Sistema Penitenciário do Acre (Asspen-AC) falou que eles conseguiram fugir após quebrarem o basculante do banheiro e escalarem o muro também usando “teresas”.

Entre os detentos que fugiram no sábado estão: Izaias da Silva Oliveira, Isaquiel de Lima Machado, Ezimar de Menezes Teixeira, Roniseley Ribeiro da Silva e Marcelo Augusto Cunha, sendo os dois primeiros os detentos que foram recapturados, de acordo com o Iapen.

Comentários