Após 9 meses, acusados de assassinato são julgados por júri popular em Epitaciolândia

Após ser esfaqueado, vítima ainda andou cerca de 300 metros até cair sem vida – Foto: arquivo Da redação, com Almir Andrade No dia 30 de setembro do ano passado,...

Após ser esfaqueado, vítima ainda andou cerca de 300 metros até cair sem vida - Foto: arquivo
Após ser esfaqueado, vítima ainda andou cerca de 300 metros até cair sem vida – Foto: arquivo

Da redação, com Almir Andrade

No dia 30 de setembro do ano passado, Pedro Rodrigues dos Santos, conhecido como ‘Pedro Amaro’, foi assassinado com uma facada no pescoço. Após nove meses, iniciou nesta quarta-feira, dia 10, o julgamento dos acusados no homicídio, Raimundo Alves Amâncio e Alexandre Ferreira de Oliveira.

Consta nos altos que Raimundo Alves Amâncio, contratou Alexandre por R$ 300 reais para matar Pedro Rodrigues.

A defesa dos acusados está composta pela advogada Larissa Prete e o Defensor Público Luis Alberto Magalhães Feitosa.  O Juiz que preside o julgamento, é Senhor Dr. Hugo Torquato.

O julgamento iniciou ás 8:30 e o resultado poderá ocorrer no início da noite desta quarta-feira. Cinco testemunhas serão ouvidas.

Mais informações a qualquer momento.

Matéria relacionada:

Homem é assassinado dias depois de ter dedo cortado em briga

Reveja vídeo-reportagem com Almir Andrade abaixo.

Comentários