A investigação dos empréstimos consignados partiu do deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), primeiro-secretário da Mesa Diretora da Casa parlamentar (Foto: Aleac).

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) irá instalar nos próximos dias uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as cláusulas, condições e prováveis abusos praticados por bancos e financeiras em empréstimos consignados.

A sugestão de que se criasse uma investigação dos empréstimos consignados partiu do deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB), primeiro-secretário da Mesa Diretora da Casa parlamentar.

O objetivo da CPI é investigar eventuais abusos praticados em cláusulas contratuais que estejam prejudicando aqueles que recorrem a este tipo de empréstimo e buscar uma saída para resolver a questão dos abusos praticados em forma de juros.

“Alguns empréstimos viram bola de neve, impagável por conta de juros e quem padece são as pessoas que se endividam e ficam sem crédito”, frisou o deputado em uma de suas declarações sobre o assunto.

Vale frisar que é considerado alto a taxa de inadimplência nesse tipo de contrato e busca de empréstimos.

Servidores públicos, aposentados e pensionistas são quem recorrem espontaneamente aos bancos para empréstimos consignados.

Comentários