Conecte-se conosco

Geral

As figuras públicas reagem ao que aconteceu com Añez: “Humanidade, por Deus!”

O Governo informou neste sábado que o ex-presidente “teria tentado provocar a automutilação” nas primeiras horas da manhã.

Publicado

em

Página Digital Sete

Ao saber que a ex-presidente Jeanine Añez tentou se “autoflagelar” neste sábado no Centro Penitenciário Feminino de Miraflores, onde cumpre prisão preventiva, diferentes figuras públicas recorreram às redes sociais para solicitar a libertação da ex-presidente e pediram que ela ser capaz de se defender em liberdade.

“As explicações do governo sobre a situação da ex-presidente Jeanine Añez não são sérias nem críveis. A Assembleia Permanente dos Direitos Humanos e o ACNUDH, como entidades independentes, devem verificar sua situação. Peço que cesse sua prisão política. Que ela se defenda em liberdade . ”escreveu o líder da Comunidade Cidadã (CC), Carlos Mesa.

Mensagem semelhante foi enviada pelo ex-presidente Jorge “Tuto” Quiroga, que exigiu “humanidade” ao Governo de Luís Arce.

“Os ex-presidentes da Bolívia exigem que Jeanine Añez se defenda em liberdade, que sua vida e integridade sejam respeitadas. Relatório GIEI Bolívia-CiDH (pp. 277-284) questiona o abuso da prisão preventiva. Hoje vemos as consequências. Presidente Arce: Humanidade, pelo amor de Deus! ”, Disse ele.

Por sua vez, o governador de Santa Cruz, Luis Fernando Camacho, acusou o Executivo de “adulterar” a saúde de Añez e realizar uma “política de vingança”.

“O governo de Luis Arce e sua política de vingança está ultrapassando todos os limites. Vez após vez, eles interferiram na saúde de Jeanine Áñez, em um comportamento desumano que é crueldade. Exigimos que as perseguições parem e respeitem os direitos humanos dos presos ! políticos! “, disse ele.

A mesma reacção foi de Marco Pumari, ao afirmar que “já não podemos ver da varanda o que se passa no nosso país, a covardia do maçismo não tem limites”; enquanto o deputado Zvonko Matkovic afirmou ter experimentado “os abusos” do governo em sua própria carne. “Não podemos permitir que tratem os presos políticos como animais, eles também têm direitos”, afirmou.

O ex-sócio da aliança de Añez, Samuel Doria Medina, também se referiu ao assunto e garantiu que o ex-presidente sofre “tortura física e mental” e responsabilizou o MAS e os ministros do governo e da justiça “por tudo o que acontecer a Añez”

“Jeanine sofre torturas físicas e mentais que não são legais, mas que são legalizadas pelo aparato judiciário de massa”, disse o político em um comunicado. “A situação a que está sujeito o ex-presidente é incompatível com a democracia e com um estado de direitos humanos. É um bullying inaceitável no século XXI em um país latino-americano ”, frase.

O Ministro de Governo, Eduardo Del Castillo, foi quem informou esta manhã que Añez se machucou nas primeiras horas da manhã, mas assegurou que os ferimentos são “arranhões” superficiais no braço e que sua saúde não está em risco.

“Lamento informar que a Sra. Jeanine Añez teria tentado gerar uma autolesão nas primeiras horas de hoje, porém, afirmamos que sua saúde está completamente estável. Ela tem alguns pequenos arranhões em um dos braços, porém, não há nada com que se preocupar “, disse Del Castillo em uma entrevista coletiva.

Preocupação com a saúde de Añez

A saúde da ex-presidente tem sido motivo de debate nas últimas semanas, após repetidas reclamações de familiares e figuras públicas. Nesta mesma manhã, três ex-presidentes do Estado – Jaime Paz Zamora, Jorge “Tuto” Quiroga e Carlos Mesa – emitiram um comunicado no qual pediam às autoridades judiciais que “preservassem a vida e a integridade física e psicológica” de Añez.

“Os laudos médicos que ficaram conhecidos, assim como as imagens em movimento divulgadas, mostram a deterioração da saúde do ex-presidente Añez”, diz a primeira parte do documento. “Consideramos crucial e inevitável revisar sua situação jurídica e estabelecer qualquer medida alternativa que lhe permita se defender, salvaguardando seu direito à saúde, vida e integridade. Manter o ex-presidente detido pode ter consequências desastrosas para ela, sua família e o país. “.

Añez cumpriu recentemente cinco meses de prisão, após sua prisão na madrugada de sábado, 13 de março deste ano, em Beni. O ex-presidente é acusado de sedição e terrorismo, pelos fatos que desencadearam a renúncia de Evo Morales, em novembro de 2019.

O ex-presidente é hipertenso e apresenta quadro de depressão. Nos últimos dias, ela foi levada a diversos centros de saúde por ordem do Regime Penitenciário para exames médicos, porém, sua família denunciou que ela não foi submetida a exames rigorosos e que o índice de transferências afeta sua saúde.

Comentários

Geral

Acre apresenta sinal de crescimento na tendência de longo prazo em casos de síndromes respiratórias

Publicado

em

Por

Dados da Fiocruz traz 18 estado com crescimento a longo prazo em casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). A nível nacional há um aumento de casos de Covid-19 entre os vírus respiratórios.

Dados da Fiocruz mostram o Acre com tendência de longo prazo em casos de síndromes respiratórias  — Foto: Reprodução

Dados da Fiocruz mostram o Acre com tendência de longo prazo em casos de síndromes respiratórias — Foto: Reprodução

O Acre está entre os 18 estados que apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo em casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Os dados são da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) contabilizados entre os dias 8 a 14 de maio, correspondentes a Semana Epidemiológica (SE) 19.

As informações foram divulgadas na última sexta-feira (20). O estudo mostrou que, a nível nacional, há uma predominância de casos de Covid-19 entre os vírus respiratórios. Eles correspondem a 41,8% dos casos.

Os dados indicam ainda um crescimento no número de casos de SRAG em adultos. Já em crianças e adolescentes, existe uma estabilização de casos entre as faixas etárias de 0 a 4 anos e 5 a 11 anos.

Conforme o levantamento, além do Acre, os seguintes estados também apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo em casos de SRAG:

  • Alagoas
  • Amazonas
  • Amapá
  • Ceará
  • Minas Gerais
  • Mato Grosso do Sul
  • Mato Grosso
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Paraná
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Norte
  • Roraima
  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Tocantins

 

O Distrito Federal, Goiás, Pará e Sergipe apresentam sinal de crescimento na tendência de curto prazo. O estado de Rio Grande do Sul também há registro de casos positivos de Influenza A entre crianças, adolescentes e adultos.

“O aumento de casos de SRAG na população adulta fez com que os resultados positivos voltem a ser de Sars-CoV-2. No Rio Grande do Sul, é possível observar que o aumento de casos de SRAG também está associado ao aumento de casos de Influenza A, ainda que em valores relativamente baixos e inferiores àqueles associados ao Sars-CoV-2”, destacou o coordenador e pesquisador do InfoGripe, Marcelo Gomes.

A capital acreana, Rio Branco, também está incluínda na lista de capitais com crescimento na tendêndia a longo prazo, juntamente com:

  • Aracaju (SE)
  • Boa Vista (RR)
  • Brasília (DF)
  • Cuiabá (MT)
  • Curitiba (PR)
  • Florianópolis (SC)
  • Fortaleza (CE)
  • Goiânia (GO)
  • João Pessoa (PB)
  • Macapá (AP)
  • Maceió (AL)
  • Manaus (AM)
  • Natal (RN)
  • Palmas (TO)
  • Porto Alegre (RS)
  • Recife (PE)
  • Rio de Janeiro (RJ)
  • São Luís (MA)
  • São Paulo (SP)
  • Vitória (ES).

 

(mais…)

Comentários

Continue lendo

Geral

Alan Rick comemora declaração de Gladson sobre sua pré-candidatura e exalta Bittar e Mailza

Publicado

em

Alan aproveitou a ocasião para defender a participação de Marcio Bittar (União Brasil) e Mailza Gomes na decisão a respeito da formação da chapa majoritária

O deputado federal Alan Rick (União Brasil) comentou nesta segunda-feira (23) a decisão do governador Gladson Cameli de o apoiar na disputa por uma vaga no Senado Federal nestas eleições de 2022.

Na ocasião, o político argumentou que recebeu a notícia com muita alegria, mas deixou claro que aguarda um posicionamento oficial nas convenções políticas que devem ser realizadas nos próximos dias.

“Fui surpreendido com essa notícia que me deixou muito alegre quando estava cumprindo agenda em Cruzeiro do Sul, mas isso será consolidado nas convenções partidárias que vão acontecer no mês de julho”, afirmou.

“Precisamos ter muita humildade. Não podemos fazer nenhum projeto para ajudar o povo do Acre sem unir forças”, continuou.

Alan aproveitou a ocasião para defender a participação de Marcio Bittar (União Brasil) e Mailza Gomes na decisão a respeito da formação da chapa majoritária.

“É muito importante o senador Marcio Bittar estar junto conosco dentro da formação dessa chapa, sendo reconhecido nesse momento importante, já que destinou tantas emendas para esse Estado e tanto nos ajudou ao lado do presidente Bolsonaro, além da senadora Mailza, que é uma grande parlamentar, amiga, honesta e parceira. Todos devem ser prestigiados. Nós temos uma aliança e ela é indispensável”, finalizou.

Comentários

Continue lendo

Geral

Em Sena Madureira, Vice-prefeito será investigado por supostamente furar fila de vacina

Publicado

em

Por Saimo Martins

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) decidiu instaurar um inquérito civil para apurar uma denuncia de que o vice-prefeito de Sena Madureira, Gilberto Lira, teria, supostamente, furado a fila da vacina contra a Covid-19. O despacho foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta segunda-feira, 23.

Segundo o promotor de justiça, Luis Henrique Corrêa Rolim, a denúncia que chegou ao conhecimento do Ministério Público, ainda em 2021, relata que, supostamente, o vice-prefeito da cidade, Gilberto Lira, mesmo não fazendo parte do grupo considerado como prioritário na primeira fase de vacinação da COVID-19 em Sena Madureira, foi favorecido e recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus.

O órgão controlador abriu um procedimento preparatório na época do ocorrido, porém, como não concluiu os fatos então denunciados, decidiu abrir um inquérito – visando analisar minuciosamente toda a documentação acostada nos autos pela administração pública, e posteriormente, acompanhar os desdobramentos do caso. “Resolve converter o presente Procedimento Preparatório em Inquérito Civil, com fulcro no art. 25, §3º, inciso III, da Resolução 028/2012”, diz trecho do despacho.

Comentários

Continue lendo

Em alta