Conecte-se conosco

Extra

Aumenta consumo de drogas e álcool entre adolescentes no Acre

Publicado

em

Pesquisa revela que mais de 30% dos estudantes do 9º ano fizeram sexo e 14,6% das meninas ficam grávidas na primeira relação

Em 2009, 31,3% dos es- colares do 9o ano no Município da Capital já tinham tido relações sexuais; enquanto, em 2019, este percentual foi de 29,6%. Ao longo de toda a série os meninos têm apresentado uma maior taxa de iniciação sexual comparativamente às meninas; contudo, vale ressaltar que a taxa de iniciação sexual das meninas entre 2009 e 2019 aumentou de 18,5% para 18,6%, o que representou uma variação de 0,10% no período.

Essas são conclusões do hoje do estudo experimental da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE): indicadores comparáveis dos escolares do 9o ano do ensino fundamental.

A PeNSE traz informações sobre alimentação, atividade física, cigarro, álcool, outras drogas, situações em casa e na escola, saúde mental, saúde sexual e reprodutiva, higiene e saúde bucal, segurança, uso dos serviços de saúde, características gerais dos escolares, características do ambiente escolar, entre outros. A pesquisa é feita em parceria com o Ministério da Saúde e o apoio do Ministério da Educação.

O ligeiro aumento na iniciação sexual para o total de escolares do 9o ano não é o padrão em todas as Capitais visto que, em 2019, Manaus apresentou o maior percentual de escolares que já tiveram relação sexual (45,1%), o que representou um aumento de 10,8 pontos percentuais em relação a 2009. A Capital Curitiba, por sua vez, apre- sentou o menor percentual de escolares do 9o ano que já tiveram relações sexuais (16,0%) o que representou uma redução de 10,9 pontos percentuais no período.

Entre os escolares que já haviam tido uma relação sexual, 63,3% usaram camisinha em sua primeira vez.

Aumenta o uso de drogas ilícitas

Quanto à experimentação ou exposição ao uso de drogas, a PeNSE revelou uma tendência ao crescimento desse indicador, entre os escolares do 9º ano do ensino fundamental das Capitais brasileiras, em Rio Branco, no período de 2009 a 2019, indo de 6,5% para 11,8%.

Em relação à precocidade dessa exposição, ou seja, aqueles es-colares do 9º ano do ensino fundamental, que usaram droga pela primeira vez antes de completar 14 anos de idade, esse indicador apresentou um crescimento de 146,0%, sendo de 2,8% em 2009 e de 6,9% em 2019.

Em relação ao consumo recente de drogas ilícitas entre aqueles que haviam usado droga alguma vez na vida, mostra uma estabilidade entre 2012 (41,6%) e 2015 (42,5%), e uma queda em 2019 (36,3%).

Cai o uso de camisinha na primeira relação sexual

Na capital Rio Branco, em 2019, 63,3% dos escolares afirmaram que usaram camisinha na última relação sexual; entretanto, em 2009, o percentual era de 75,0%. Esse é um resultado que expressa preocupação, pois a tendência segue uma direção que indica maior exposição aos riscos. Com efeito, há necessidade de ampliar e/ou fortalecer ações de orientação aos adolescentes às práticas sexuais seguras. Na análise da razão de chances para as Capitais, é importante destacar que Maceió e Vitória foram as que apresentaram as menores chances de os escola- res apresentarem esse tipo de comportamento (0,68 e 0,77, respectivamente).

Nos últimos 10 anos, o percentual de escolares que informaram terem recebido orientações da escola sobre prevenção de gravidez apre- sentou queda entre 2009 e 2015, cujos valores passaram de 89,3% para 76,6%. Em 2019, por sua vez, houve um aumento deste percentual (85,6%), mas com valor infe- rior ao observado em 2009.

Em 2015, 6,8% das esco- lares que tiveram relação sexual ficaram grávidas; enquanto que, em 2019, este percentual foi de 14,6%.

Cresce em 83,3% número de estudantes que faltou aula por questões de Segurança

Uma das características de preocupação com segurança corresponde à percepção dos escolares do perigo no trajeto da casa para escola e da escola para a casa e da falta de segurança na escola. A PeNSE analisou o número de dias de falta às aulas nesses casos de percepção de falta de segurança. Em ambos os casos se observou uma trajetória crescente no indicador de percentual de escolares que deixaram de ir à escola pelo menos um dia nos 30 dias anteriores à pesquisa por falta de segurança. Em 2019, 16,5% dos escolares do 9º ano em Rio Branco deixaram de ir à escola por falta de segurança no trajeto, o que representou um acréscimo em relação ao resultado de 2015 (8,8%). Em comparação com 2015 (9,0%), este resultado representa um aumento de 7,4 pontos percentuais.

Em 2009, Belém foi a Capital que apresentou o maior percentual de escolares que deixaram de ir à escola por falta de segurança no trajeto (7,6%). Em 2019, por sua vez, Belém permaneceu registrando o maior percentual (18,9%), bem acima do observado para o conjunto das Capitais (12,3%).

O percentual de escolares que sofreram agressão física por adulto da família teve aumento progressivo no período, passando de 8,3%, em 2009, para 10,0% em 2012 e 15,8% em 2015. As capitais com os maiores percentuais de escolares que sofreram esse tipo de agressão, em 2015, foram Cuiabá e São Paulo, cujos percentuais foram 18,1% e 18,0%, respectivamente.

Comentários

Extra

Bombeiros do Acre resgata corpo de jovem que morreu em açude no Peru

Publicado

em

Atendendo a solicitação do prefeito do município de Iñapari, situado na fronteira com o Assis Brasil (Acre), senhor Abraham Cardoso, uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros do 5º Batalhão sediado em Epitaciolândia, para que ajudassem no resgate do corpo de um jovem de 18 anos que teria se afogado em um açude localizado a 30km da fronteira, por volta das 14 horas do dia 28, na quarta-feira.

Segundo foi informado, um grupo de amigos teriam se deslocado da cidade de Porto Maldonado, para passar o dia na fazenda se divertindo. Em dado momento, após utilizar uma corda para cair no açude, o jovem Tanapari Ribeira, de 18 anos, teria sentido câimbras e pedido socorro.

Por estarem brincando, alguns não teriam acreditado que o mesmo estaria se afogando, foi quando o jovem afundou e não foi mais visto. Apesar de buscas no local por populares, não conseguiram localizar o corpo do jovem até a manhã desta quinta-feira (29), quando chegou a equipe dos bombeiros no local.

No local, autoridades polícias, familiares e a guarnição montaram estratégias de buscas com o dia de muita chuva, iniciando os mergulhos nas proximidades onde foi repassado as informações.  Após duas horas de buscas o corpo do jovem foi encontrado numa profundidade de 5 metros, sendo retirado da água e entregue as autoridades polícias do Peru.

Após o resgate do corpo, a equipe de policiais peruana ficou no local para aguardar as autoridades do Ministério Público do País para registrar os fatos e levar o corpo ao IML de Maldonado.

Comentários

Continue lendo

Extra

Homem é preso após parar veículo com drogas ao lado de viatura da PF e Gefron em Epitaciolândia

Publicado

em

Nessa quinta-feira, dia 29, por volta das 12 horas, agentes da Polícia Federal, em parceria com o GEFRON, apreendeu aproximadamente 39kg de entorpecentes, na BR 317, já saída de Epitaciolândia com destino à Rio Branco, capital do Acre.

A equipe de policiais estava fazendo rondas para combater crimes eleitorais e parou em um posto de gasolina para abastecer sua viatura. Logo em seguida, um Honda Civic cinza escuro estacionou próximo à viatura e a equipe policial sentiu um odor muito forte quando o motorista abriu a porta do veículo.

Foi quando os policiais viram pacotes escuros no banco traseiro e decidiram realizar a abordagem do veículo, onde encontraram grande quantidade de tabletes de drogas.

Foram apreendidos 17kg de substância análoga a maconha (skunk) e 22kg de substância análoga a cocaína.

O condutor foi preso em flagrante delito por tráfico internacional de drogas. O veículo e os entorpecentes foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Epitaciolândia, para realizar os procedimentos legais.

O condutor foi autuado por tráfico de drogas (art. 33 da Lei 11.343/2006) e será encaminhado ao Presídio, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

Comentários

Continue lendo

Extra

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRASILEIA – AVISO DE LICITAÇÃO

Publicado

em

ESTADO DO ACRE

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRASILEIA

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

AVISO DE LICITAÇÃO 

PREGÃO PRESENCIAL SRP N° 022/2022

OBJETO:

Registro de Preços para aquisição de materiais de expediente e suprimentos de informática para atender todas as secretarias municipais e sede da prefeitura, unidades de saúdes, escolas e demais setores públicos municipais através da Prefeitura Municipal de Brasiléia – Acre.

Data da Abertura: 20 de outubro de 2022, às 8h30min.

O Edital e seus anexos encontram-se a disposição dos interessados para consulta e aquisição, a partir do dia 07 de outubro de 2022, no endereço eletrônico: http://app.tce.ac.gov.br/portaldaslicitacoes/ .

Brasileia/AC, 29 de setembro de 2022.

 

Ana Maria R. da Costa

Pregoeira da Comissão Permanente de Licitação

Prefeitura de Brasiléia

Comentários

Continue lendo

Em alta