A Bancada do Acre esteve nesta quarta-feira,06, no Ministério do Meio Ambiente, onde foi recebida pelo Ministro Ricardo Salles e pelo presidente do ICMBio, Coronel Homero Cerqueira. Os deputados Alan Rick (DEM), Jéssica Sales (MDB), Jesus Sérgio (PDT), Mara Rocha (PSDB) e Vanda Milani (SD), e os senadores Sérgio Petecão (PSD) e Mailza Gomes (PP), foram acompanhados de vereadores e moradores da Reserva Chico Mendes, que relataram truculência por parte de agentes do ICMBio e solicitaram a revisão dos limites da reserva, nas áreas onde moram.

De acordo com os moradores aproximadamente 1.000 famílias vivem atualmente de forma irregular na Reserva. Ainda de acordo com eles, representantes do ICMBio têm confiscado seus pertences, danificado suas propriedades e agido com violência desmedida na intenção de expulsar famílias que lá moram há mais de 30 anos.

Em resposta a esta questão, o Ministro Ricardo Sales pediu que representantes locais – deputados, senadores, prefeitos e vereadores – enviassem um documento à presidência do ICMBio relatando a situação detalhadamente para que, a partir daí, seja possível investigar as ações irregulares.

“Acredito que o Ministro foi muito sóbrio, pois precisamos relatar a situação de maneira oficial e transparente para que se possa desenvolver uma real investigação”, explicou o deputado Alan Rick.

Em relação à revisão da área da Resex, a Bancada decidiu trabalhar em parceria com o Poder Executivo para tornar possível uma atualização nos limites da Reserva. “Proponho que a medida de revisão da área da Resex seja feita por Medida Provisória, pois a situação exige urgência e projetos de lei demoram anos em tramitação”, ponderou Alan Rick.

Comentários