Bando planeja assalto em casa de ex-prefeito, posto de gasolina e pessoas na fronteira

Alessandro informou onde estaria a arma que foi deixada como o menor de 15 anos.
Alexandre Lima

Era por volta das 22h30 desta quarta-feira, dia 8, quando um grupo de sete pessoas, resolveram praticar assaltos pelas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia. A gangue era composta por duas mulheres, um menor de 15 anos e três homens.

Segundo foi levantado na delegacia, o ‘trabalho’ deveria acontecer inicialmente na casa do ex-prefeito Everaldo Gomes, mas, devido vizinhos terem visto a movimentação em frente da casa, eles foram embora para realizar outro e o motivo era conseguir algo. O fato foi informado aos moradores que avisaram a polícia pelo 190 (Emergência).

Foi quando resolveram ir ao posto localizado na cidade de Epitaciolândia, próximo a ponte metálica Jose Augusto. O grupo foi dividido, indo as duas mulheres na frente para passar informações aos demais que ia atrás. Ao perceberem que só estava os funcionários no posto, anunciaram o assalto apontando um revolver calibre 32.

Mikael foi o segundo a ser preso e estava com a bicicleta das mulheres que estavam envolvidas no assalto.

O assalto praticamente deu errado, pois, só havia R$ 100 reais com os frentistas. Ao irem embora, viram que havia três jovens conversando em frente a um comércio e resolveram assaltar e levar os seus celulares.

Em seguida, empreenderam fuga indo rumo à Brasiléia se separando. Não satisfeitos, o que estava com a arma, resolveu efetuar alguns disparos dentro do Parque Centenário, próximo ao Hospital. Foi quando os policiais do GIRO entraram em ação.

Em busca dos envolvidos, primeiramente foi localizado Alessandro de Oliveira Viana (19), que já tem passagem pela Justiça por envolvimento com tráfico de drogas. Logo em seguida, chegaram até Mikael Messias Magalhães (18), que tem registro por roubo.

Durante buscas, as duas mulheres foram localizadas; Aline Castro da Silva (22) e Andrea Cavalcante Gomes (30). Estas, inicialmente tentaram se passar como vítimas, dizendo que a bicicleta havia sido furtada, que foi encontrada na casa de Mikael.

Produtos dos assaltos; os R$ 100 reais e celulares foram recuperados, além da arma encontrada pelos policiais.

Quando Alessandro levou os policiais até a casa de Mikael, também foram localizadas várias carcaças de bicicletas, e dizia que seriam de sua propriedade, mas os policiais acreditam que sejam fruto de furtos pela cidade.

Após serem descobertas, as mulheres resolveram delatar o resto da quadrilha. O menor que estava com a arma, ainda tentou fugir quando os policiais chegaram na sua casa, mas foi detido momento depois. O último a ser detido, foi Paulo Araújo do Nascimento (26), acusado de emprestar a arma para o ‘trabalho’.

O ultimo envolvido, seria outro menor de 13, está foragido e segundo eles, será questão de tempo para ser detido e apresentado às autoridades para procedimento de praxe. As bicicletas e os restos apreendidos juntamente a arma foram entregues na delegacia de Epitaciolândia.

Faltando apenas um menor, o grupo foi identificado e detido pelos policiais.
Faltando apenas um menor, o grupo foi identificado e detido pelos policiais.

Comentários