Conecte-se conosco

Acre

Bebê de dois meses está sendo assistida no Pronto-Socorro de Rio Branco via TFD

Publicado

em

O Tratamento Fora de Domicílio (TFD) é o instrumento legal que visa tornar possível o tratamento, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), aos cidadãos portadores de enfermidades não tratáveis em seu município de origem, mediante o custeio de passagens e diárias.

O Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), realizou na terça-feira, 20, o atendimento de urgência da transferência da criança da idade de dois meses para Rio Branco, para o Pronto Socorro de Rio Branco, acompanhada da equipe médica.

A criança estava internada desde o dia, 15, no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, apresentando um quadro de insuficiência respiratória e inchaço abdominal. O atendimento de transferência foi realizado pelo Complexo Regulador Estadual, via Tratamento Fora de Domicílio (TFD), por meio de transporte aéreo.

A criança passou por vários exames, necessitando de um diagnóstico para definir seu quadro clínico e está sendo acompanhada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco a qual será encaminhada ao Hospital da Criança.

Atualmente, dezenas de pessoas buscam esses atendimentos diariamente, a Central de Regulação e demais núcleos, incluindo Tratamento Fora do Domicílio, está localizado na Sesacre.

O TFD atende todos os pacientes regulados, os quais necessitam de atendimento eletivos, fora do município e estado, quando não há cobertura do serviço na especialidade médica indicada.

Quanto ao processo, todos os pacientes, ao protocolar laudo médico, são avaliados pelo médico regulador com indicação médica do especialista, caso o serviço seja confirmado, o núcleo de agendamento, encaminhará ao município ou a outro estado, para atendimento, cadastrado ao SUS.

A gerente assistencial do Complexo Regulador da Sesacre, Pedrini Penha, esclareceu, que a partir desta avaliação, o paciente precisará preencher o formulário TFD, anexar o laudo médico do especialista correspondente e realizar protocolo do serviço, para ser atendido e submetido por um especialista médico da regulação, que vai avaliar o quadro clínico e indicará o transporte necessário.

“No momento que é confirmado o atendimento do paciente, o complexo regulador – TFD indicará o transporte terrestre, fluvial ou aéreo, dependendo do caso, bem como o benefício de diárias para despesas com alimentação, e Acolhida em Casa de apoio se for necessário ao acompanhante, referente aos dias correspondentes ao tratamento”, ressaltou.

O que é o TFD?

O Tratamento Fora do Município (TFD) é um benefício que os usuários do Sistema Único de Saúde podem receber que consiste na assistência integral à saúde, incluindo o acesso de pacientes residentes em um determinado Estado a serviços assistenciais localizados em Municípios do mesmo Estado ou de Estados diferentes, quando esgotados todos os meios de tratamento e/ou realização de exame auxiliar diagnóstico terapêutico no local de residência (Município/Estado) do paciente e desde que o local indicado possua o tratamento mais adequado à resolução de seu problema ou haja condições de cura total ou parcial.

Quais as despesas estão abrangidas pelo TFD?

As despesas permitidas pelo TFD são aquelas relativas a transporte aéreo, fluvial e terrestre, Ajuda de Custo e Acolhida em Casas de Apoio desde que solicitada no ato da Entrevista Social.

Comentários

Acre

Justiça condena matador de Jorge das Flores e absolve suposto mandante por falta de provas

Publicado

em

O Juiz Gustavo Sirena, da Vara de Delitos de Roubo e Extorsão da Comarca de Rio Branco, condenou a 20 anos de prisão em regime fechado o assaltante Juliano Salvador Leitão (21), por crime de latrocínio (assalto seguido de morte), do empresário Jorge de Souza Batista, o “Jorge das Flores” (65), morto a tiros no escritório da sua empresa, no bairro do Bosque, no dia 5 de fevereiro deste ano. Na mesma decisão, sob a alegação de absoluta falta de provas, o Juiz absolveu Igo Cavalcante de Souza, que figurava como mandante. Ele deverá ser processado por porte ilegal de arma. A justiça deliberou ainda que o réu condenado, Juliano, não terá o direito de recorrer em liberdade. O julgamento e sentença foram proferidos na semana passada.

Ao analisar o processo, o juiz disse que a materialidade do crime se encontra provada nos autos, mas que em relação a autoria merece melhor abordagem. Com base nas provas, depoimentos de testemunhas e dos interrogatórios, o magistrado decidiu pela condenação de Juliano Salvador Leitão, a uma pena de 20 anos de reclusão em regime fechado.

Comentários

Continue lendo

Acre

PF cumpre mandados em secretarias do interior do Acre após suposto esquema de corrupção

Publicado

em

A Polícia Civil de Feijó, a Polícia Federal e Militar deflagram uma nova operação nesta segunda-feira (26) para investigar suposto esquema de corrupção dentro da Secretaria Municipal de Educação e no Setor de Merenda escolar do município.

Foto: Ascom PC

 

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal da cidade nas sedes da Seme e do setor de merenda do município, além de quatro residências de gestores da Prefeitura Municipal de Feijó.

Foto: Ascom PC

Todo material apreendido será enviado à perícia para análise criminal que irá subsidiar o inquérito.

As investigações da Polícia Civil tiveram início há dois meses para coibir crimes contra a administração pública municipal que vão desde de desvio de combustíveis até compras superfaturadas.

Comentários

Continue lendo

Acre

Seis candidatos ao governo do Acre participam do debate da Rede Amazônica nesta terça (27)

Publicado

em

Por

Seis candidatos ao governo do Acre participam do debate da Rede Amazônica nesta terça (27) — Foto: Arte/g1

Seis candidatos ao governo do Acre participam do debate da Rede Amazônica nesta terça (27) — Foto: Arte/g1

A Rede Amazônica promove, nesta terça-feira (27), o debate com os candidatos ao governo do Acre. Seis candidatos devem participar do debate na sede da emissora, em Rio Branco. A transmissão inicia após a novela Pantanal, na TV e no g1. São eles:

  • Gladson Cameli (PP)
  • Jorge Viana (PT)
  • Mara Rocha (MDB)
  • Marcio Bittar (União Brasil)
  • Nilson Euclides (Psol)
  • Sérgio Petecão (PSD)

O debate terá 4 blocos. No primeiro e no terceiro as perguntas deverão ser sobre temas de livre escolha dos candidatos. No segundo e no quarto bloco, os temas serão determinados por sorteio. Também no quarto bloco os candidatos terão um tempo para as suas considerações finais.

No primeiro e no segundo bloco todos os candidatos terão de ser perguntados ao menos uma vez. Cada candidato fará sempre a pergunta a alguém ainda não falou. No terceiro e no quarto bloco cada candidato poderá ser escolhido pra responder a, no máximo, duas perguntas. Neste caso, é possível que algum candidato fique sem responder perguntas no bloco.

A ordem dos candidatos para perguntas em cada bloco já foi definida num sorteio com a presença de assessores dos partidos.

Os tempos do debate serão:

  • 30 segundos para pergunta;
  • 1 minuto e 30 segundos para a resposta;
  • 1 minuto para a réplica;
  • 1 minuto para a tréplica.

Irão participar do debate eleitoral os candidatos cujos partidos têm representatividade no Congresso Nacional, conforme prevê a Lei Eleitoral. O encontro será mediado pelo repórter da Rede Amazônica, Fábio Melo.

Eleições 2022 — Foto: JN

Eleições 2022 — Foto: JN

Comentários

Continue lendo

Em alta