Conecte-se conosco

Flash

Boliviano é morto com tiro ao sair de presídio pra fazer compras em estrada que liga Cobija à Porvir

Publicado

em

Um homem de 42 anos, identificado como Juan Carlos Vargas Taborga, de nacionalidade boliviana, foi atingido por um tiro na manhã desta quinta-feira, dia 2, no km 4 da estrada que liga o município de Cobija à Porvir, por um homem que teria se aproximado em uma moto e efetuou o disparo.

A vítima ainda chegou com vida no hospital Roberto Galindo Terán, mas não resistiu ao ferimento e foi a óbito cerca de uma hora depois. Segundo foi noticiado pelo repórter Kike Navala, o crime pode estar ligado a vários fatores, como acerto de contas ou uma tentativa de assalto mal sucedido.

O homem estaria cumprindo pena alternativa devido delito (não divulgado) praticado no estado de Potosí e estaria no estado de Pando, precisamente na cidade de Cobija, aguardando a decisão da justiça sobre seu caso.

Juan Carlos estaria à disposição do presídio de Villa Busch, teria recebido licença para sair do presídio para fazer compras e retornar. As autoridades policiais de Pando estão investigando o caso.

 

Comentários

Flash

Polícia Rodoviária Federal recupera mais um veiculo furtado no Acre

Publicado

em

A polícia Federal Rodoviária  recuperou mais um veículo furtado que circulava em nossas rodovias com placa adulterada.

O veículo foi furtado em Rio Branco no mês de Novembro e já rodava com placa igual a de outro veículo de mesma cor e modelo (clone).

Nossa equipe chegou até o veículo após informações passadas pela Delegacia de Combate a Roubos e extorsões (DECORE) da Polícia Civil do Acre.

Além de ser enquadrado como receptador de veículo furtado, o condutor do veículo ainda foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (DEFLA) por adulteração de sinais identificadores do veículo (no caso a placa) e por falsificação de documentos públicos.

Os policiais da PRF informaram ao verdadeiro dono do veículo que o seu bem havia sido recuperado.

Ascom

Comentários

Continue lendo

Flash

Com apenas uma Ambulância na fronteira, população fica na mão em casos de emergências na região

Publicado

em

O Hospital Regional do Alto Acre conta apenas com uma unidade de Ambulância nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia. Segundo as informações, a Ambulância pertence ao Corpo de Bombeiro de Epitaciolândia e esta prestando serviço sozinho de forma provisória.

O problema de ambas as cidades ter somente uma ambulância a disposição, mesmo que de forma temporária, esta sobre as ocorrências de emergências que poderá deixar a desejar. Só nesta Quinta-Feira, 02 de Dezembro, a ambulância do corpo de Bombeiros teve de atender apenas uma das duas emergências aclamadas por moradores da região, a preferência foi dado para uma criança que estava se divertindo em um campo de futebol quando teve seu braço quebrado. A equipe do Jornal Oaltoacre ainda não obteve conhecimento sobre os motivos que levou o jovem a sofrer esse acidente.

O caso que ficou a desejar, foi o de Evandro Carreiro, que passou mal em frente um ponto de Taxista localizada na Praça dos Seringueiros, no município de Brasiléia. Segundo as informações obtidas, o senhor estava com forte falta de ar e com indícios de pressão baixa e precisava de atendimento urgente. Após aproximadamente 30 minutos sem atendimento, alguns funcionários da saúde do município que estavam próximo ao local prestaram socorro básico, tentando sempre manter o paciente tranquilo. Após mais de 1 hora em espera, um taxista da área de super lotação ao ver o senhor agonizado, decidiu leva-lo para o hospital para que o mesmo seja atendido.

Ambos os casos aconteceram por volta das 4 horas da tarde, o Corpo de Bombeiro segue trabalhando sozinho até que as ambulâncias do hospital regional retorne da Capital, Rio Branco.

Comentários

Continue lendo

Flash

Médicos do Acre recebem cursos de capacitação para atendimento de emergência promovidos pelo CRM

Publicado

em

Discutir o que há de mais avançado e aplicar técnicas e protocolos médicos de última geração no atendimento de emergências são alguns dos objetivos dos cursos promovidos nos últimos dias pelo Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) aos médicos do Estado, por meio da Educação Médica Continuada.

Entre os treinamentos, de alto nível e também respeitados internacionalmente, estão: o curso de ACLS (Suporte Avançado de Vida Cardiovascular) e de ATLS (Suporte Avançado de Vida em Trauma).

Com relação ao curso de ACLS foram cinco turmas em Rio Branco, entre os dias 19 e 28 de novembro, onde participaram cerca de 40 médicos. Além de mais duas turmas na cidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, onde as aulas iniciaram nesta quinta-feira (2) e vão até domingo (5).

Também nesta quinta começou o curso de ATLS em Rio Branco que ocorre até domingo. Ao todo são duas turmas com 18 médicos, totalizando mais de 30 profissionais capacitados.

Os cursos, ministrados pelo Centro de Treinamento em Urgência e Emergência (Curem), contam com o investimento de 50% do valor da inscrição custeadas pelo CRM-AC, ficando a outra parte por conta do médico participante.

A médica de família e comunidade, Dra. Alexandrina Lemos participou do curso de ACLS, em Rio Branco, e falou que, mesmo já tendo feito uma vez o treinamento, fez questão de se inscrever novamente por ser um tema tão importante.

“Foi um final de semana de muito aprendizado, participamos do curso do ACLS, um excelente curso, de grande importância para nossa prática médica, o CRM Acre está de parabéns pela iniciativa”, disse a médica.

A presidente do CRM-AC, Dra. Leuda Dávalos destacou que esse tipo de treinamento é fundamental para todos os profissionais médicos, especialmente para os que atuam na área de atendimento de urgências e emergências.

“É essencial dominar um conhecimento mínimo necessário para que o médico possa se propor a atender urgências com segurança. E o CRM tem muito orgulho de poder proporcionar esses treinamentos aos profissionais do Acre, uma vez que é extremamente importante se reciclar e reavivar conhecimentos. Iniciativas como essas só contribuem para uma medicina acreana de qualidade, com respeito e valorização aos pacientes”, afirmou a presidente.

 

Comentários

Continue lendo

Em alta