O Bolsa Família da era Bolsonaro segue crescendo no Acre: já são 92.093 famílias beneficiárias no Estado, algo que chama a atenção uma vez que a barreira dos 90.000 cadastros não tinha sido batida em governo algum. Em janeiro deste ano, mais de 88,9 mil famílias receberam o seguro. Este mês, mais de 24,4 milhões vem sendo injetados na economia local.

O pagamento de maio começou na última segunda-feira (20) e segue até o dia 31. “Devido ao aperfeiçoamento do programa e ao cruzamento das informações dos beneficiários, a fila de espera permanece zerada e cerca de 264 mil famílias foram incluídas”, diz o Ministério da Cidadania.

Programas sociais e de transferência de renda não são exatamente uma agenda conservadora ou liberal, o pensamento vigente no Governo Federal. No entanto, o Bolsa Família e outros programas vem sendo robustecidos no mandato de Jair Bolsonaro. “Por algum tempo é um mal necessário”, disse em entrevista anterior um líder conservador acreano, Lauro Fontes.

Este mês, mais de 14,3 milhões de famílias de baixa renda em todo o país irão receber R$ 2,6 bilhões do Programa Bolsa Família. O Ministério da Cidadania mostra que o valor médio desembolsado neste mês é de R$ 186,73.

Comentários