Imagem: Wagner Meier/Getty Images

O presidente da República, Jair Bolsonaro, foi ao pódio para comemorar o título com a seleção brasileira e dividiu o Maracanã entre vaias e aplausos pelo “povo” – como citou em recente entrevista – tão logo teve o seu nome anunciado no sistema de som do estádio na noite deste domingo (7).

Ele recebeu uma medalha de 1º lugar e viu o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, fazer a entrega da taça de campeão. Pouco depois, ele foi até o grupo, recebeu o troféu após convite do capitão Daniel Alves e posou para foto ao lado dos campeões. Pouco antes disso, ele foi o responsável por entregar a medalha para Tite, que hesitou para fazer um contato maior tentado pelo político.

Vaias no início, aplausos depois

Tão logo entrou em campo vindo do mesmo túnel que dá acesso aos vestiários utilizados pelos jogadores, Jair Bolsonaro ouviu uma considerável vaia do público presente. Era possível perceber uma reação mais negativa naquele primeiro momento. Instantes depois, apoiadores do presidente “reagiram” e puxaram aplausos e gritos de “mito”.

Na saída do campo, após a participação no protocolo de premiação no pódio, o chefe da República, viu o estádio novamente se dividir entre vaias e aplausos e acenou para o público mais próximo do campo.

Reações do grupo: Fagner e médico gritam “mito”

No grupo campeão, o lateral Fagner e o médico Rodrigo Lasmar eram os mais empolgados com a presença do presidente e trocaram os gritos de “é campeão” pelo tradicional “mito” em referência a Bolsonaro.

O meia Lucas Paquetá tentou emplacar um grito de “Ah, é Bolsonaro!”, o que acabou não vingando.

O técnico Tite não se empolgou com a imagem com o presidente e nem sequer aparece nos principais registros de fotógrafos das principais agências do mundo.

O zagueiro Marquinhos, por sua vez, não cumprimentou o presidente quando passou pelo pódio para receber a medalha. Ocorre que Bolsonaro não estava exatamente de frente, impossibilitando o contato. A assessoria do jogador informou que não há problemas entre as partes, que inclusive se cumprimentaram antes da premiação.

Comentários