Conecte-se conosco

Cotidiano

Bolsonaro provoca STF e TSE e diz que nunca vai ser preso

Publicado

em

Chefe do Executivo federal voltou a levantar suspeitas contra as urnas eletrônicas e atacou ministros do Poder Judiciário e o PT

O presidente Jair Bolsonaro
Clauber Cleber Caetano/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, nesta segunda-feira (16), que nunca será preso, insinuou que o PT tem conhecimento sobre o resultado das eleições presidenciais deste ano, voltou a levantar suspeitas sobre as urnas eletrônicas e provocou ministros do Judiciário.

“Mais da metade do meu tempo eu me viro contra processos. Por Deus que está no céu, eu nunca vou ser preso”, disse Bolsonaro, sem citar as circunstâncias ou eventuais processos, durante evento supermercadista em São Paulo. “Eu até digo que estou no Palácio do Alvorada e me sinto como um prisioneiro sem tornozeleira eletrônica.”

No discurso, o presidente contou que “não dorme sem uma arma ao lado”, apesar dos mais de “cem seguranças” lotados na residência oficial.

STF e TSE

Bolsonaro comentou o julgamento, atualmente paralisado, do marco temporal pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e provocou o ministro Edson Fachin, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Eu sei que não deveria falar, mas nós temos no Brasil o equivalente à região Sudeste como território indígena. Está dentro do STF que o ministro Fachin luta, de todas as maneiras, para aprovar o novo marco temporal”, relatou.

“De imediato, caso seja aprovado, nós teremos, além da Sudeste, uma área equivalente à região Sul como território indígena. E, pela localização geográfica, teremos mais uma área do tamanho de São Paulo inviabilizada para o agronegócio. Acabou. Acabou, p…. Não devemos medir palavras para defender o nosso Brasil. Ficam de frescura”, completou.

Bolsonaro aproveitou o discurso para voltar a citar as Forças Armadas no contexto das dúvidas que levanta sobre o sistema eleitoral brasileiro e provocou ministros do TSE e STF.

“O TSE convidou as Forças Armadas [para participar das eleições], que levantaram mais de 600 vulnerabilidades. Faz o seu trabalho, apresenta as sugestões, mas não vale as sugestões. Não vale. Não tem dono da verdade”, contou. “Não tem uma semana que eu não levo no lombo uma ação do Supremo que atinge todo o Brasil.”

Segundo Bolsonaro, “todos vão morrer e feder da mesma maneira, juntamente com todos que estão na Praça dos Três Poderes”. Sem citar nomeadamente os magistrados e suas decisões monocráticas, o presidente afirmou que tentam roubar o país agora como fizeram em 1964, período em que teve início a ditadura militar. “Lá atrás pelas armas, hoje pelas canetas.”

PT e Lula

Durante pronunciamento, de cerca de uma hora, Bolsonaro insinuou que o PT tem conhecimento do resultado das eleições presidenciais deste ano, em que os principais candidatos são o atual comandante do Executivo e Luiz Inácio Lula da Silva, que aparece em primeiro lugar nas pesquisas.

“Eu vejo hoje que o nosso querido [senador] Jaques Wagner [PT-BA] já está em contato com embaixadores sobre a posse do Lula. Quem está dando essa certeza para ele? Eu não acho que seja o nosso inexpugnável TSE. Quem está dando essa certeza para ele?”, questionou.

“Tudo pode acontecer. Podemos ter outra crise, podemos ter eleições conturbadas. Imagina acabarmos as eleições e parar, para um lado ou para outro, que não foram limpas”, acrescentou. “Ou nós decidimos no voto, para valer, contabilizado, auditado, ou a gente se entrega.”

Troca de ministérios e negociações

O presidente comentou, ainda, as negociações que envolvem partidos e políticos e a troca de ministérios e criticou indiretamente o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, referindo-se a ele como “gordinho”.

“Tive reunião no gabinete. Quantas vezes chegava um parlamentar gordinho lá — nada contra os gordinhos — e dizendo ‘olha, se não arranjar esse ministério, não entra em pauta nada, nem na Câmara nem no Senado’. É f… trabalhar assim.”

Evento

O Apas Show é uma das maiores feiras de supermercados do mundo e ocorre na Expo Center Norte, na capital paulista. De acordo com os organizadores, a 36ª edição do evento é a maior da história, com mais de 800 expositores. O evento acontece entre 16 e 19 de maio.

Segundo Ronaldo dos Santos, presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas), os estabelecimentos faturam R$ 166 bilhões por ano em São Paulo, correspondem a 7% do Produto Interno Bruto (PIB) paulista e arrecadam R$ 9 bilhões em impostos.

Participam do evento os ministros Paulo Guedes (Economia), Ronaldo Bento (Cidadania) e Marcos Montes (Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Estiveram presentes os ex-ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), pré-candidato ao Governo de São Paulo, e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), pré-candidato à Câmara dos Deputados, além do prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB).

Comentários

Cotidiano

Acreano pedala mais de 4 mil km em 43 dias e completa desafio de bike até Rio de Janeiro

Publicado

em

Por

Reginaldo Dantas, 45 anos, chega na Cidade Maravilhosa após quase um mês e meio de pedal e 4.191 mil km percorridos. Ciclista assisti Flamengo no Maracanã e quer conhecer o mar e Zico

Foram exatos 43 dias de pedal e 4.191 mil km percorridos. O ciclista acreano Reginaldo Dantas, 45 anos, completou na tarde desse sábado (25), o desafio sobre duas rodas de Rio Branco (AC) até o Rio de Janeiro (RJ) denominada ‘FLAMARZICO’.

Reginaldo Dantas conhece pela 1ª vez o Maracanã e acompanha vitória do Flamengo — Foto: Arquivo pessoal/Reginaldo Dantas

Reginaldo Dantas conhece pela 1ª vez o Maracanã e acompanha vitória do Flamengo — Foto: Arquivo pessoal/Reginaldo Dantas

Reginaldo Dantas chegou por volta das 16h (de Brasília) na Cidade Maravilhosa e foi direto para o portão principal do Maracanã, onde fica a estátua de Bellini. O ciclista conta que a chegada no Rio de Janeiro foi bem agitada.

— Minha chegada foi em frente ao Maracanã e foi uma chegada cheia de adrenalina porque não conheço nada da cidade. É uma cidade muito agitada (…) Cheguei pela Avenida Brasil, passei por debaixo da Linha Vermelha e cruzei por São Cristóvão, mas cheguei bem graças a Deus, cheguei cansado, mas muito feliz por ter completado essa aventura de sair do Acre e pedalar até o Rio de Janeiro — disse.

Um dia depois, Reginaldo Dantas foi assistir a vitória do Flamengo sobre o América-MG por 3 a 0 no Maracanã junto com mais de 40 mil torcedores. Esse era um dos sonhos do experiente ciclista acreano.

Reginaldo Dantas chegou no Rio de Janeiro e foi direto para frente do Maracanã — Foto: Arquivo pessoal/Reginaldo Dantas

Reginaldo Dantas chegou no Rio de Janeiro e foi direto para frente do Maracanã — Foto: Arquivo pessoal/Reginaldo Dantas

— Acreano é pé quente, dei sorte. Esse jogo deu 42 mil pessoas. É uma coisa surreal do que a gente é acostumado em questão de futebol no Acre. Todo mundo cantando, todo muito vibrando, uma emoção. Na hora que o Flamengo entra em campo, eu caí nas lágrimas. Além de ser o time do coração, poder assistir ao vivo com a torcida cantando, apoiando. Fora do normal, muito emocionante. Conhecer o Maracanã pra mim foi um dos desejos e sonhos que foram realizados — destaca.

O ciclista conheceu nesse domingo (26), a sede social do Flamengo, onde também pôde acompanhar uma partida do time feminino sub-20.

A aventura ‘FLAMARZICO’ ainda não está completa. Reginaldo Dantas quer conhecer o mar e o maior ídolo da história do Rubro-Negro: Arthur Antunes Coimbra, o Zico.

O ciclista projeta ficar mais alguns dias na Cidade Maravilhosa para realizar os sonhos e depois planejar a volta para capital acreana.

Reginaldo Dantas começou o desafio no dia 6 de março, mas paralisou a aventura no fim do mês por causa de um problema familiar. Com o falecimento da tia dele, a dona Raimunda Ferreira Souza, 84 anos, o ciclista ficou 55 dias parado até recomeçar o desafio na cidade de Sonora (MS), onde havia deixado todos os pertences.

Reginaldo Dantas passou por mais de 100 cidade brasileiras até chegar na Cidade Maravilhosa. Ao todo foram 57 dias de aventura, já que alguns dias foram usados para conhecer os locais por onde passava.

Os pneus usados por ele no percurso furaram 23 vezes ao longo dos mais de 4 mil km percorridos. Ele rodou 97,5km em média por dia em uma velocidade média de 15,11 km/h. O maior percurso em um único dia foi de 152,1 km.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Com nocaute no 2º round, acreano vence em evento de MMA nos Estados Unidos; veja vídeo

Publicado

em

Por

Clique na imagem para ver vídeo – Foto/captura

Matheus Pinheiro, 21 anos, vence americano Tyrek Malveux no Fury Fight Championship 65, em New Orleans, nos Estados Unidos. Acreano acerta golpe no queixo que deixa rival desacordado

O acreano Matheus Pinheiro, 21 anos, venceu em grande estilo no Fury Fight Championship 65. O evento de MMA profissional foi disputado nesse domingo (26), no Alario Center, em New Orleans, nos Estados Unidos (EUA).

Com nocaute no 2º round, lutador acreano vence em evento de MMA nos Estados Unidos

Com golpe no queixo no aos 4m37s do segundo round, o lutador acreano nocauteou o americano Tyrek Malveux, que caiu desacordado no octógono. (Veja o vídeo acima) O confronto foi válido pela categoria peso-pena até 66kg.

Matheus Pinheiro reside nos EUA há mais de um ano e sonha lutar no Ultimate Fighting Championship (UFC), o maior evento de MMA. Ele começou a carreira praticando jiu-jitsu e kickboxing. Em 2018, treinou cinco meses na academia do ex-lutador Randy Couture, em Las Vegas.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Acre registra nove casos conhecidos de covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que foram registrados 9 casos de coronavírus nesta segunda-feira, 27 de junho. O número de infectados é de 125.592 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 331.217 notificações de contaminação pela doença, sendo que 205.592 casos foram descartados e 33 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 123.115 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 2 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Nenhum óbito foi notificado nesta segunda-feira, 27, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça em 2.002 em todo o estado.

Sobre os casos de covid-19 no estado, acesse:
BOLETIM_AC_COVID_27_06_2022_PARCIAL

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:
http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Comentários

Continue lendo

Em alta