Troncos de árvores foram usados para bloquear a BR por quase 10 horas - foto: Alexandre Lima
Troncos de árvores foram usados para bloquear a BR por quase 10 horas – foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Após quase 10 horas de interdição, o bloqueio da BR 317 que dá acesso ao município de Assis Brasil pela Estrada do Pacífico, foi liberada com a promessa por parte do Governo do Acre, agora através do Deracre, que os trabalhos de recuperação da Avenida Manoel Marinho Montes, será dado a continuidade.

O grupo de empresários que criaram o movimento S.O.S. Marinho Montes, vem tentando chamar a atenção das autoridades constituídas para que os recursos sejam liberados e aplicados o mais rápido possível, já que a Avenida em questão, vem afetando o comércio e moradores de diversos bairros que se interligam com ela.

IMG_5963

A ideia inicial, seria manter o bloqueio por alguns dias, mas, teriam recebido mais uma promessa de que os trabalhos vão ser reiniciados. Caso não aconteça, o próximo alvo seria a ponte metálica José Augusto, que liga os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia e o prazo seria de apenas três dias.

Os trabalhos de reforma e construção da Avenida Manoel Marinho Monte, se tornou alvo político por parte do Governo do Acre, que após três anos sem direcionar qualquer ajuda ao Município de Brasiléia, vem culpando o atual gestor pelos atrasos das obras, sendo que apenas uma, das três verbas federais foi liberada.

Se tem a promessa por parte do Ministério dos Transportes que, nos próximos dias será liberada a emenda no valor de R$ 2.250 milhões de reais, provenientes do deputado federal Flaviano Melo (PMDB), em caráter de urgência para seja licitada e dado início dos trabalhos de asfaltamento da Avenida.

A ação do Movimento S.O.S. Marinho Montes vem tendo apoio da população em geral, sendo que alguns grupos políticos vem tentado tirar proveito, fatos não aceitos pelos empresários que estão a frente e tem como meta, ajudar de alguma f0orma, o desenvolvimento do Município.

Comentários