Da redação, com Almir Andrade

Jardel Pereira da Silva, que chegou a chorar na delegacia, é considerado de alta periculosidade e procurado por assalto no estado do Rio Grande do Norte (RN)
Jardel Pereira da Silva, que chegou a chorar na delegacia, é considerado de alta periculosidade e procurado por assalto no estado do Rio Grande do Norte (RN)

Na manhã deste sábado, dia 15 de março, dois brasileiros estavam monitorando a saída dos funcionários do banco boliviano na cidade de Cobija, capital de Pando (Bolívia) com o malote contendo cerca de B$60 mil bolivianos, quando os funcionários do banco saíram com o malote em uma moto, os dois brasileiros os seguiram até certo lugar onde realizaram o assalto no meio da rua.

Foto da polícia mostra que Jardel vinha sendo procurado por envolvimento em assaltos
Foto da polícia mostra que Jardel vinha sendo procurado por envolvimento em assaltos

No momento em que chega um policial boliviano, observando percebeu aquela ação estranha, tentou ajudar, foi quando um dos brasileiros, usou o estilete e efetuou um grande golpe no braço direito do policial, que está hospitalizado em Cobija, devido a gravidade do golpe.

Jardel e seu comparsa após o  assalto tentaram fugir numa moto em que eles estavam, ao andar poucos metros a corrente do veículo quebrou e eles fugiram levando o malote, contendo todo o dinheiro do banco.

Funcionário do banco sofreu um corte profundo no momento do assalto para que soltasse o malote com dinheiro
Funcionário do banco sofreu um corte profundo no momento do assalto para que soltasse o malote com dinheiro

Imediatamente, a Polícia Nacional Boliviana, comunicou a polícia brasileira, que em seguida a Polícia Militar, iniciou um trabalho de investigação e conseguiu prender em flagrante Jardel Pereira da Silva em um casa em Epitaciolândia, com parte do dinheiro do assalto, cerca de B$10.600 bolivianos. O outro brasileiro que estava com Jardel, identificado como Jadson fugiu tomando rumo ignorado.

Jardel faz parte de um grupo de assaltantes, especializado em assaltar bancos. Ele já foi preso em Mossoró,  Estado do Rio Grande do Norte.

O Juiz da Comarca de Mossoró, expediu um mandato de prisão contra Jardel Pereira da Silva, pelo crime de assalto, o mesmo foi flagranteado na Delegacia de Brasileia, pelo delegado plantonista Antonio Carlos.

Nesta segunda-feira, dia 17, Jardel será encaminhando para o Presídio de Rio Branco, onde ficará à disposição da justiça.

Jardel será transferido nas próximas horas ao presídio da Capital do Acre
Jardel será transferido nas próximas horas ao presídio da Capital do Acre

 

Veja a matéria policial do envolvimento de Jardel Pereira da Silva, no Estado de Rio Grande do Norte.

http://www.focoelho.com/2013/05/policia-de-mossoro-desarticula.html

POLICIA DE MOSSORÓ DESARTICULA QUADRILHA DE ASSALTANTES DE BANCOS

201305062020191367882419Uma operação conjunta envolvendo as policiais Civil e Militar de Mossoró, conseguiu desarticula uma quadrilha que agia nos estados do Rio Grande do Norte e Ceara. A quadrilha era especializada em arrombamento de caixas eletrônicos.

Na noite do ultimo domingo(05), vários indivíduos invadiram a central do cidadão em Mossoró, renderam o segurança e mais duas pessoas e arrombaram o caixa de auto-atendimento do Banco do Brasil instalado naquele prédio. A ação teve inicio por volta das 18 horas e só terminou as 22 horas e 40 minutos com a chegada da Policia.

Parte do grupo conseguiu fugir e José Anderson Pinto da Silva, “mão” (de vermelho), 25 anos de idade, foi detido no local. Ele deu o nome falso de José Luiz de Souza para a policia, disse que residia em Natal e informou não conhecer os demais integrantes do grupo.

Na manhã de ontem(06) foram detidos, Jardel Pereira da Silva (de azul), 24 anos de idade, natural de Brasilândia no Estado do Acre e Gilberto Silva de Lima,”bebé”( de branco), 25 anos, natural do Estado do Ceara, além da esposa e do filho menor de idade de Jardel.

O grupo foi detido no momento que fazia o resgate de Jardel que, segundo informações, passou a noite ferido no muro de uma residência, uma rua por trás da central do cidadão no bairro Aeroporto. O veiculo tipo Gol de cor vermelha de placa, OIE 9589 Ceara, estava circulando com indivíduos em atitude suspeita nas proximidades da Central do Cidadão quando foi seguido por policiais de uma Radio Patrulha que conseguiu parar o veiculo e prender os indivíduos nas proximidades do Hospital Regional Tarcísio Maia

Jardel e Gilberto são apontados como especialistas no uso de maçarico, “maçariqueiros”, instrumento utilizado para cortar o aço dos caixas eletrônicos. Ambos respondem por assalto e formação de quadrilha no Estado do Ceara.

José Anderson era o “segurança” da quadrilha. Ele era responsável por render os guardas e fazer a segurança do local enquanto o grupo trabalhava. Anderson é foragido do presídio de Alcaçuz e acusado de matar um policial na cidade de Natal.

A policia tem informação que o restante da quadrilha fugiu de Mossoró em outro veiculo tipo L200. O grupo mantinha uma residência alugada na cidade de Tibau no nome de Jardel. Lá encontraram um carro tipo Saveiro e uma motocicleta Honda. A policia investiga também a participação desse grupo em outros arrombamentos a caixas eletrônicos no interior do Rio Grande do Norte.

O taxista detido na noite do domingo (05), foi liberado. O comando da operação não encontrou prova concreta do envolvimento do mesmo com o bando. O taxista “Nunes” aguardará a decisão da justiça em liberdade.

Esta sendo investigada a participação da esposa de Jardel na quadrilha, além de ser esposa do principal acusado. Todos estão detidos e a disposição da justiça.

Envolvidos na operação, todo o comando do Policiamento Militar de Mossoró, além de Delegados, agentes e investigadores da Policia Civil.

Comentários