Conecte-se conosco

Brasil

Busca a valores esquecidos em bancos tem quase 60 milhões de consultas

Publicado

em

Cerca de 11,2 milhões de pessoas e empresas têm saldos a resgatar

Quase 60 milhões de pessoas físicas e empresas já fizeram consultas ao sistema que busca valores esquecidos em instituições financeiras, informou o Banco Central (BC). Desde a abertura do site, na noite de domingo (13), até as 12h de hoje (15), 59.964.368 consultas foram registradas no site.

Desse total, 58.806.854 consultas foram feitas por pessoas físicas e 1.157.514, por pessoas jurídicas. De acordo com o BC, 11.223.617 (18,72%) resultaram em saldos a resgatar, dos quais 11.001.451 se referem a pessoas físicas e 222.166 a empresas.

Calendário

A consulta pode ser feita por qualquer cidadão ou empresa em qualquer horário. No entanto, caso o sistema informe recursos a receber, os usuários foram divididos em três grupos, baseados na data de nascimento ou na data de fundação da empresa.

Quem nasceu antes de 1968 ou abriu a empresa antes desse ano poderá conhecer o saldo residual e pedir o resgate entre 7 e 11 de março, no mesmo site. A própria página informará o horário e a data para pedir o saque. Caso o usuário perca o horário, haverá repescagem no sábado seguinte, em 12 de março, das 4h às 24h.

Para pessoas nascidas entre 1968 e 1983, ou empresas fundadas nesse período, o prazo será de 14 a 18 de março, com repescagem em 19 de março. Quem nasceu a partir de 1984, ou abriu empresa nesse ano, tem prazo de 21 a 25 de março, com repescagem em 26 de março. As repescagens também ocorrerão aos sábados no mesmo horário, das 4h às 24h.

Quem perder o sábado de repescagem poderá pedir o resgate a partir de 28 de março, independentemente da data de nascimento ou de criação da empresa. O Banco Central esclarece que o cidadão ou a empresa que perder os prazos não precisa se preocupar. O direito a receber os recursos é definitivo, e o dinheiro continuará guardado pelas instituições financeiras até o correntista pedir o saque.

Comentários

Brasil

Alagoas tem 50 municípios em emergência por causa das chuvas

Publicado

em

Há 40 mil pessoas desalojadas e desabrigadas

O estado de Alagoas reconheceu a situação emergencial em mais 15 municípios devido às chuvas que caem na região. Com a medida, o estado está com cerca de 50 municípios em situação anormal desde maio, quando houve o aumento dos estragos causados pelas enchentes e o número de desabrigados. 

O decreto publicado ontem (2) declara a emergência pelo período de 180 dias nos municípios alagoanos de Atalaia, Branquinha, Cacimbinhas, Cajueiro, Capela, Limoeiro de Anadia, Murici, Pão de Açúcar, Paulo Jacinto, Santana do Mundaú, São José da Laje, Satuba, Taquarana, União dos Palmares e Viçosa.

Antes da medida, a situação emergencial foi decretada em pelo menos 35 municípios.

De acordo com balanço divulgado pela Defesa Civil, há 40 mil pessoas desalojadas e desabrigadas, que estão sendo levadas para escolas, ginásios e prédios públicos.

Os rios Paraíba e Mundaú transbordaram e subiram dois metros de altura. As BRs 104 e 101, que seguem em direção a Sergipe e Pernambuco, foram interditadas.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o mês de julho terá chuvas acima da média no leste do Nordeste e no norte da região Nordeste. Os volumes previstos devem ficar acima dos 140 mm.

Uma equipe da Defesa Civil Nacional foi deslocada neste sábado (2) para prestar apoio aos municípios atingidos pelas chuvas

Edição: Claudia Felczak

Comentários

Continue lendo

Brasil

Tiroteio em shopping de Copenhague deixa pessoas mortas

Publicado

em

Polícia disse ter prendido um dinamarquês de 22 anos

Por Stine Jacobsen e Nikolaj Skydsgaard – Repórteres da Reuters* – Londres

Várias pessoas morreram durante tiroteio em um shopping center de Copenhague neste domingo (3), disse a polícia, acrescentando ter prendido um dinamarquês de 22 anos. A polícia afirmou que não pode descartar que esse tenha sido um “ato de terrorismo”.

Ainda segundo a polícia de Copenhague, agentes policiais foram enviados ao Shopping Field, após relatos de um tiroteio, e pediu às pessoas dentro do local que ficassem paradas e aguardassem ajuda.

Não havia indicação da presença de outros atiradores.

O principal hospital da capital, Rigshospitalet, recebeu um “pequeno grupo de pacientes”, disse um porta-voz à Reuters. O hospital convocou mais funcionários, incluindo cirurgiões e enfermeiras, acrescentou o porta-voz.

A mídia local publicou imagens mostrando policiais fortemente armados no local, bem como pessoas correndo para fora do shopping.

Comentários

Continue lendo

Brasil

Greves cancelam voos no aeroporto de Lisboa

Publicado

em

Só na manhã deste domingo, foram mais de 40 voos

Por RTP* – Lisboa

O aeroporto de Lisboa cancelou, somente na manhã de hoje mais de 40 voos, a maioria da empresa TAP.

Ao longo de fim de semana, o número de voos cancelados já é superior a uma centena.

Os passageiros queixam-se da falta de informação da companhia aérea portuguesa. Há enormes filas de espera e muita gente que se desespera em busca de alternativa.

O cenário de caos não é exclusivo do aeroporto de Lisboa. Os cancelamentos multiplicam-se, devido à falta de pessoal e às greves em várias companhias aéreas.

Há problemas em vários pontos do mundo, com dificuldades em grandes aeroportos europeus, na Inglaterra, nos Países Baixos, na França e Espanha.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Comentários

Continue lendo

Em alta