As vítimas foram levadas em carros particulares para a Unidade de Pronto Atendimento

A Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local ainda havia uma vítima baleada, que também foi levada ao João Paulo II.
RONDÔNIA AGORA

Dois homens foram mortos, outras quatro pessoas baleadas e o cabo da PM, Josevânio da Silva Oliveira, 39 anos, agredido a pauladas, durante a madrugada deste domingo (6), em uma distribuidora de bebidas localizada na Avenida Vila Mariana com Rua Anchieta, no Bairro Mariana, região leste de Porto Velho,

___________

De acordo com as primeiras informações, o cabo estava bebendo com amigos e o cunhado e é apontado como autor da tragédia.    A arma do policial foi furtada durante a confusão.

___________

Testemunhas narraram aos policiais que o dono da distribuidora, Agenor da Silva, 39 anos, e o cabo tiveram um desentendimento e o militar sacou a arma e começou a efetuar vários tiros, atingindo o próprio Agenor e ainda as vítimas Leandro de Souza Cardoso, 33 anos, Valdemir Jesus dos Santos, 36 anos, Erivelton da Silva Magalhães, 25 anos, Vadico da Silva, 42 anos e Cátia Valéria Ana Cavalieri, 41 anos, baleada no braço. Populares conseguiram tomar a arma do policial e o agrediram a pauladas.

As vítimas foram levadas em carros particulares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, e o cunhado do PM o socorreu ao Pronto Socorro João Paulo II. A Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local ainda havia uma vítima baleada, que também foi levada ao João Paulo II.

Foi constatado pelos médicos da UPA que Erivelton e Vadico não resistiram aos ferimentos e morreram devido a gravidade dos tiros. Os demais foram levados para o Pronto Socorro João Paulo II.

Os policiais ainda não sabem o que teria dado origem para a briga, pois havia poucas pessoas no local. A arma do policial foi furtada durante a confusão.

Comentários