Técnicos da Sema e do Imac realizando o cadastramento off-line. Além do treinamento, o objetivo é contemplar os produtores que não têm acesso à internet (Foto: Assessoria Sema)
Técnicos da Sema e do Imac realizando o cadastramento off-line. Além do treinamento, o objetivo é contemplar os produtores que não têm acesso à internet (Foto: Assessoria Sema)

Da redação, Alexandre Lima

O governo do estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), estará iniciando a partir do dia 2 de julho, o cadastro ambiental rural no município de Brasiléia, iniciando na comunidade Quixadá, localizada no km 26 da BR 317, Estrada do Pacífico, na escola Valéria Bispo Sabala.

Segundo Carlos Edegard de Deus, secretário de Meio Ambiente do Acre através da Agência Acre de Notícias, o CAR dará segurança jurídica ao produtor rural e facilitará a disponibilização de recursos e crédito, trazendo ainda elementos para o planejamento da produção. “O Acre não teria o protagonismo no uso da ferramenta não fosse o empenho pessoal do governador Tião Viana, que viabilizou os recursos necessários junto ao Fundo Amazônia/BNDES, agilizando diversos procedimentos com o intuito de apoiar os pequenos produtores do estado”, explica.

geral_200514_5

O CAR iniciou primeiramente em Acrelândia, Senador Guiomard e Plácido de Castro no início do ano vigente, chegando agora em Brasiléia. Todos os possuidores de imóveis rurais localizados no Estado do Acre, devem procurar o atendimento para realizar um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os rurais.

A finalidade é integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico. Desta forma, todos poderão ter vantagens como, comprovar que está em dias com a legislação ambiental; acessar crédito rurais e demais programas de incentivo à produção e oportunidade de suspender multas ambientais cometidas até 22 de julho de 2008, desde que cumpra o compromisso de se regularizar.

Para fazer o CAR, basta apresentar no dia, RG e CPF, comprovante de propriedade ou posse do imóvel rural e declarar a localização, fazendo constar as áreas rurais de floresta e de uso agrícola. Para mais informações, deverão procurar o IMAC em Brasiléia, ao lado do cemitério.

Comentários