DSC_0984

Assessoria – CMB

Os Vereadores de Brasileia estiveram reunidos em Sessão Ordinária do Poder Legislativo na noite de terça-feira (14),na Sede do Sindicato dos Funcionários Municipais para tratar assuntos de interesse do município. Participaram da Sessão os Vereadores Joelso Pontes (PP), Marivaldo Rodrigues (PMDB), Tereza Xavier (PT), Carlos Armando (PSB), Fernanda Hassem Cesar (PT), Rosildo de Freitas (PT), Marquinhos Tibúrcio (PSDB), Erizete Lima (PT),Rogério Pontes (PMDB) e o Presidente Mário Jorge (SDD).

Vereador Joelso Pontes (PP)
Vereador Joelso Pontes (PP)

No Grande Expediente, o Vereador Joelson Pontes iniciou seu pronunciamento apresentando indicação para que o Executivo inclua em seu planejamento todos os produtores de leite do município. “Hoje é importante a Cooperativa e seria de extrema necessidade que a prefeitura contemplasse todos os produtores”, salientou. Apresentou indicação para que a Prefeitura, através da Secretaria de Obras realize trabalho de iluminação no bairro Ferreira Silva e realize atividades culturais no município de Brasileia. “Nós temos percebido que com o decorrer do tempo muitas atividades culturais desapareceram, deixando vários jovens ociosos em Brasileia”, afirmou. O vereador apresentou indicação a respeito do Pólo Agroflorestal, solicitando trabalho de tapa-buracos e melhoria nas laterais do ramal. Em relação a Eletrobrás, Joelson também apresentou indicação para que o órgão entregue os talões de luz aos produtores rurais. “Pedimos encarecidamente que o órgão disponibilize esses talões aos tempo para pagamento”, disse o vereador, que mencionou, ainda, que sejam isentos os produtores rurais a respeito da taxa de iluminação, uma vez que esse direito já é por Lei garantido ao consumidor, como mencionou a Vereadora Fernanda Hassem Cesar (PT). Joelson Pontes apresentou indicação para que a Praça Dona Ica, localizada no bairro José Braúna, seja contemplada com iluminação. E que o Poder Executivo trate a questão das organizações comunitárias com mais afinco. “ Falta o poder público dar mais assessoramento e capacitação às nossas associações”, afirmou. E solicitou que a Prefeitura através da Secretaria de Planejamento cobre mais agilidade da Empresa responsável pela obra da unidade de saúde do quilômetro 19 e que seja coletado o lixo na comunidade do quilômetro 26. Que a Prefeitura elabore projeto para construção de mais uma escola na zona urbana. “ Serão construídas duas escolas na zona rural e precisamos de mais uma escola para atender a demanda da cidade”. E solicitou que o INCRA disponibilize os títulos definitivos das comunidades pão de açúcar e três meninas. O vereador apresentou indicação propondo uma audiência pública com os órgãos, comércio e comunidade a respeito das providências no pós-alagação.

Marcos Tiburcio (PSDB)
Marcos Tiburcio (PSDB)

Já o vereador Marquinhos Tibúrcio (PSDB) utilizou a Tribuna para apresentar indicação a respeito do Hospital de Clinicas Raimundo Chaar, para que a Direção da referida unidade de saúde regularize a falta de material naquela unidade. Que a Secretaria de saúde disponibilize atendimento na unidade de saúde Simão Mansour Bartha. Que a Secretaria de Obras disponibilize trabalho de limpeza no ramal do quilômetro 13. “Ali o mato está tomando de conta das laterais e é necessário a limpeza”, afirmou. Apresentou indicação para que os órgãos competentes tomem providências a respeito da taxa cobrada no Cartório de Brasileia. Sobre o ramal da Castanheira, o vereador apresentou indicação para que o Executivo contemple a comunidade com trabalho de melhoramento do ramal daquela localidade. “Ali a comunidade está preocupada e disposta a ajudar. Sabemos que as máquinas são limitadas, mas é preciso que seja feito esse trabalho naquele ramal, pois o povo dali precisa ser assistido”. Que a empresa responsável por suspender o serviço de energia elétrica no município de Brasileia não realize corte de luz no fim de semana, muito menos no período da noite. “ A empresa W.M tem cortado a luz das pessoas à noite, em horário que o consumidor não pode realizar o pagamento”, enfatizou. Que a prefeitura de Brasileia identifique, através de placas, as ruas do município. “Muitas ruas não tem nomes, nem placas, para que possam ser identificadas, o que dificulta o trabalho de entrega dos Correios”, alertou. Que o Executivo realize trabalho paliativo no ramal da Pinda. Que a Secretaria de Obras providencie lâmpadas para os postes recém colocados no bairro Alberto Castro.

Vereador Rosildo Rodrigues  (PT)
Vereador Rosildo Rodrigues (PT)

O vereador Rosildo (PT), em uso a Tribuna, apresentou indicação para que a Empresa OI reative os orelhões dos quilômetros 52,47 e do quilômetro 26.Apresentou indicação para que o Executivo contemple a comunidade do quilômetro 26 com limpeza nas ruas e iluminação pública. O vereador falou a respeito dos serviços prestados pelo Bradesco. “A população está pagando caro com a falta de atendimento no banco”, disse Rosildo, que solicitou que seja enviado documento à Superintendência do Bradesco em Brasília para que esse problema seja solucionado no município. Também solicitou que seja enviado documento ao Ministério do Desenvolvimento Agrário suspenda o pagamento do PRONAF e pró-rural. O vereador afirmou a necessidade de uma audiência pública para tratar sobre moradia. “A equipe do Estado já fez duas visitas ao município de Brasileia e estamos correndo o risco de perdermos as casas por falta da contrapartida do Executivo”, enfatizou. E apresentou indicação para que a Assembleia Legislativa realize discussão a respeito dos limites territoriais do município de Brasileia.

Vereadora Tereza Xavier (PT)
Vereadora Tereza Xavier (PT)

A vereadora Tereza Xavier (PT) apresentou indicação para que o Executivo realize trabalho paliativo no ramal do quilômetro 29. “O ramal é pequeno, mas é praticamente sem acesso devido à falta de reparo”. Solicitou que a Secretaria de Saúde informe o motivo de não ter atendimento médico para a comunidade do quilômetro 26, às segundas e sextas-feiras. “A comunidade ali está muito revoltada por essa falta de atendimento”. A vereadora apresentou indicação sobre o agente de saúde da família no quilômetro 26. De acordo com Tereza Xavier, a visita do referido agente não está acontecendo ali. Sobre ramal, a vereadora se mostrou preocupada. “Nós já fizemos inúmeros pedidos a respeito de ramais e infelizmente não somos ouvidos. Tem inúmeras crianças que precisam estudar, mas infelizmente a falta de acesso está impedindo a ida e vinda desses alunos à escola, o que é lamentável”, finalizou.

Comentários