Alexandre Lima – Vídeo: Marcus José e Marquinho Filho

As multas impostas ultimamente na Reserva Chico Mendes, onde tem moradores nos limites dos municípios de Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri, fez com que o presidente da Câmara de Brasiléia, o vereador Mário Jorge Fiesca (SDD), convocasse os colonos para uma audiência pública, e debatesse o assunto.

Também foram convidados, representantes de entidades ligadas ao homem do campo, além de representantes do Ibama e ICMBio, MPF e Policia Florestal, além do deputado Antonio Pedro (DEM), vereadores de Brasiléia, Xapuri e Epitaciolândia. A Audiência aconteceu no Clube da PM, localizado no km 02 da BR 317 (Estrada do Pacífico) e durou todo o dia desta quarta-feira, dia 26.

Presidente da Câmara Municipal de Brasiléia, Mário Jorge Fiesca - foto: Alexandre Lima
Presidente da Câmara Municipal de Brasiléia, Mário Jorge Fiesca – foto: Alexandre Lima

A pauta em questão, seria as altas multas impostas pelo ICMBio nos últimos meses, que vão de R$ 20 mil a um milhão de reais, fato ocorrido no ano de 2014. Na maioria, os ‘delitos’ estariam ligados a desmatamento e queimas irregulares, estão sendo considerados pelos colonos, abusivas por parte do Órgão.

Em alguns dos casos, mesmo cientes de que estariam cometendo crimes e seriam multados, os colonos denunciam a forma que são abordados e tratados como ‘marginais’ por parte de alguns dos fiscais que vão até suas propriedades.

O objetivo maior da Audiência, será formular documentos para que sejam levados aos deputados federais e senadores, além de mudar as leis que foram criadas para a área da RESEX. Também foi levado ao conhecimento, a falta de benefícios aos moradores principalmente por parte do Governo Federal, parte interessada na conservação da Reserva.

Deputado Antonio Pedro (DEM) esteve presente na Audiência e levará os fatos à Assembléia na Capital - Foto: Alexandre Lima
Deputado Antonio Pedro (DEM) esteve presente na Audiência e levará os fatos à Assembléia na Capital – Foto: Alexandre Lima

“Os moradores que aqui estão, não desmatam por que querem, e sim pela vontade de viver. Se fossem amparados com benefícios do Governo como tanto prometem, não estariam nesse ponto”, disse Mário Jorge.

Já o deputado Antonio Pedro, saiu da Audiência preocupado com as atuações do IBAMA e ICMBio na Resex, que além de multar, estariam intimando os moradores a se retirarem do local. “Estamos levando essa preocupação para a Assembleia em Rio Branco. Não poderemos fazer muito, mas iremos lutar pelos colonos que estão vivendo e estão sendo maltratados por que deveria orientar e apresentar soluções”, finalizou o deputado.

Comentários