Conecte-se conosco

Extra

Cameli anuncia novas medidas para enfrentar a covid-19 e faz apelo à população não vacinada

Publicado

em

Texto: Wesley Moraes – Fotos: Marcos Vicentti

Os números comprovam que o Acre enfrenta um novo aumento no número de casos de covid-19. Somente nas últimas 24 horas, foram registrados 449 casos positivos para a doença. Diante do cenário de atenção, o governador Gladson Cameli convocou a imprensa nesta terça-feira, 18, para falar das novas medidas adotadas pelo Estado para conter o avanço do vírus, bem como do reforço na estrutura pública hospitalar.

Na oportunidade, o gestor voltou a defender a vacinação como o principal meio para que a maior pandemia já enfrentada pela humanidade seja superada de uma vez por todas. Cameli fez um apelo aos não vacinados durante entrevista coletiva concedida no salão nobre do Palácio Rio Branco, na capital.

“Espero que as pessoas se sensibilizem e se vacinem o quanto antes. Vou continuar defendendo a ciência e trabalhando para salvar a vida das pessoas. Precisamos nos conscientizar do momento que estamos passando e pensar no coletivo. Só venceremos a covid-19 quando entendermos isso e fazer o nosso papel como cidadão”, afirmou.

Com dois hospitais de campanha de estrutura permanente em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, o governador acreano confirmou a reabertura de mais dez leitos de enfermaria no Into e contratação emergencial de mais profissionais para aturem na linha de frente.

Gladson falou ainda sobre a possibilidade do Estado decretar novamente situação de emergência em decorrência do novo surto. “A expectativa é que o decreto seja publicado nos próximos dias, já que precisaremos contratar novos profissionais e aumentar o número de leitos, tendo em vista a atual situação do Into e demais hospitais”, explicou.

Prognósticos indicam que o Acre enfrentará o pico no número de casos na segunda quinzena de fevereiro. Por conta disso, Gladson Cameli decidiu pelo cancelamento das festividades do Carnaval e confirmou a regressão para a Bandeira Amarela em todas as regionais do estado. Com mais medidas restritivas em vigor, o objetivo do governo é evitar aglomerações e, consequentemente, a disseminação do novo coronavírus.

A secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, também reafirmou a necessidade da imunização para evitar o desenvolvimento de casos graves da doença. De acordo com a gestora, a maioria dos pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTIs), não possui o ciclo completo de vacinação.

“Dos quatro pacientes internados em UTI no Into, nenhum paciente tem o esquema vacinal completo. Alguns não possuem nenhuma vacina. Infelizmente, estes são os casos mais graves, que estão sendo intubados, com possibilidade até mesmo de irem a óbito”, pontuou.

Agência de Notícias do Acre

Comentários

Extra

Polícia Civil Xapuri prende contrabandista com carga cigarros da Bolívia

Publicado

em

A Delegacia de Polícia Civil de Xapuri prendeu nesta sexta-feira, 27, um homem que transportava 200 pacotes de cigarros produto de descaminho, adquiridos na Bolívia.

Gustavo Neves, titular da Delegacia de Xapuri, disse que os cigarros eram destinados a abastecer o comércio local.

A equipe de investigação coordenada pelo Inspetor Investigador Eurico Feitosa viu um táxi entrando na cidade em atitude suspeita e mandou que o veículo parasse, mas o condutor do veículo não obedeceu e passou pelos policiais em alta velocidade.

Houve perseguição do veículo e minutos depois os policiais civis conseguiram alcançar o táxi. Foram encontradas diversas caixas de cigarros no porta-malas do carro. O motorista do veículo foi levado para a delegacia e a carga de cigarros foi apreendida.

Comentários

Continue lendo

Extra

IRPF 2022: Mais de 79 mil entregaram a declaração no Acre 

Publicado

em

Prazo termina dia 31 de maio

Até as 10h de hoje, 27/05, 79.315 contribuintes entregaram a declaração em todo o estado do Acre, o que corresponde a 91,4% do esperado que é de 86.764 declarações. Já na 2ª Região Fiscal, que é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, 1.359.267 contribuintes cumpriram a obrigação Federal.

Lotes de Restituição

Mensalmente a Receita Federal recebe da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) recursos para pagar as restituições e cria lotes bancários. A inclusão de contribuintes nesses lotes obedece aos seguintes critérios legais:

  1. idosos;
  2. contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério;
  3. demais contribuintes.

Havendo empate nos critérios, quem entregou primeiro tem prioridade.

Lotes de 2022 

Lote 

Data 

Selic 

Declarações transmitidas até* 

31/05/2022 0,00%
30/06/2022 1,00%
30/07/2022
31/08/2022
30/09/2022

. Data válida para as declarações processadas e sem pendência(s).

. A data de transmissão considerada é a da última declaração transmitida.

É bom alertar que quem estiver obrigado a entregar a declaração e não fizer até o fim do prazo estará sujeito à multa. O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.

A multa é gerada no momento da entrega da declaração e a notificação de lançamento fica junto com o recibo de entrega e o contribuinte terá 30 (trinta) dias para pagar a multa. Após este prazo, começam a correr juros de mora (taxa Selic).

Não deixe para o último dia e evite multa.

Se ainda restarem dúvidas, acesse o perguntão

Comentários

Continue lendo

Extra

Governo participa de reunião para implantação do Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira Internacional

Publicado

em

Na reunião foi solicitada a facilitação de acessos aos aeroportos vizinhos, do Peru e da Bolívia

O governo do Estado participou nesta quinta-feira, 26, na sede da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), de uma reunião para avaliação das operações das forças-tarefas deflagradas nas regiões do Alto e Baixo Acre, no período de 5 de abril a 23 de maio, e também para tratativas de implantação do Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira Internacional (GGIF-I).

Reunião contou com a participação do govenador e de representantes dos países Bolívia e Peru. Foto: Diego Gurgel/Secom

O Gabinete de Gestão Integrada e Fronteira Internacional GGIF-I visa integrar as forças de segurança pública que atuam nas regiões fronteiriças do Acre e do Departamento de Pando, na Bolívia, e tem o objetivo comum de prevenir e reprimir o narcotráfico, crimes ambientais, tráfico de pessoas, contrabando e descaminho.

O encontro é fruto de uma tratativa firmada com o governo boliviano em uma reunião realizada em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, no dia 20 de abril deste ano, com as participações do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), coronel Paulo Cézar Rocha dos Santos, e o ministro de governo plurinacional daquele país, Carlos Eduardo Del Castillo, quando trataram da segurança transfronteiriça, envolvendo os dois países, principalmente em área abrangente à região do Alto Acre, pelo lado brasileiro, resultando na deliberação de proposições voltadas à prevenção e combate aos crimes transfronteiriços, em Carta de Intenções celebrada pelas autoridades brasileiras e a cúpula do governo boliviano voltada à área de segurança.

Governador agradeceu a presença de todos e destacou a importância da cooperação entre os países. Foto: Diego Gurgel/ Secom

O governador Gladson Cameli destacou, quanto às fronteiras, a importância de se diminuir cada vez mais o contrabando de veículos e aproveitou a oportunidade para pedir um acesso mais facilitado aos aeroportos vizinhos dos países representados na reunião, Peru e Bolívia, para possíveis emergências, tanto para o âmbito da segurança, quanto para o âmbito da saúde, dentre outros.

“Aqui mostra-se de fato e de direito o compromisso do governo peruano, do governo boliviano, do governo do Acre, por meio da Secretaria de Segurança, juntamente com o nosso governo federal. Aqui são várias pautas que se iniciam voltadas à segurança e vão abrir portas para, futuramente, alinharmos com a questão de transporte aéreo”, destacou o governador.

O titular da Sejusp explica que  houve um recuo nos números dos indicadores de violência registrados na região do Alto Acre, e também a produção integrada de conhecimento, por meio de cursos e capacitações, troca de tecnologias, dentre outros.

Principal objetivo das ações é o combate aos crimes transfronteiriços. Foto: Diego Gurgel/ Secom

“Há uma coordenação conjunta das ações de combate aos crimes transfronteiriços que passa a ser institucionalizado, com assento de autoridades locais e bolivianas. O  objetivo maior é o combate a esses crimes, explicou o secretário.

Acrescentou ainda que, com essas medidas, as ações passam a ser coordenadas com conhecimento prévio das duas forças policiais que atuam na região, os alvos são definidos e, o mais importante, a disponibilização mútua de dispositivos inteligentes de acesso à informação e consulta a banco de dados garantirão uma condição diferenciada.

O Peru, representado pelo general Luís Alberto Cotrina, veio conhecer a experiência para, se possível, aderir à proposta de gestão de fronteira. Na ocasião, várias autoridades presentes foram homenageadas.

Comentários

Continue lendo

Em alta