Conecte-se conosco

Acre

CÂNCER DE MAMA: Acre registra 4 mil mamografias de janeiro a abril de 2022

Publicado

em

O Ministério da Saúde recomenda a mamografia de rastreamento para as mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos.

Reportagem Ândrea Malcher portal Brasil 61

Pesadelo de muitas mulheres, o câncer de mama pode ser detectado precocemente com o autoexame e exames clínicos periódicos.  No estado do Acre, já foram realizadas  4 mil mamografias nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), de janeiro a abril de 2022. Destes exames, 169 apresentaram risco elevado e as mulheres terão de fazer exames complementares.

Em âmbito nacional, de janeiro a abril de 2022, foram realizados 977 mil exames de mamografia. Para as mulheres diagnosticadas com câncer de mama, o SUS dispõe de 317 unidades e centros de assistência habilitados para tratamento oncológico.

Entre 2020 e 2021, o Ministério da Saúde investiu mais de R$ 196,7 milhões em 4,5 milhões de exames de mamografia para  rastreamento e diagnóstico da doença e aplicou mais de R$5,7 milhões em 6,5 mil reconstruções mamárias e destinou mais de R$ 10,5 milhões em 25,1 mil cirurgias para o tratamento de câncer de mama.

Segundo o Sistema de Informações de Câncer (SISCAN), em 2020, o SUS realizou cerca de 1,8 milhão de mamografias no país. Em 2021, este número saltou para   mais de 2,6 milhões, um aumento de 44,44%.

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 66 mil novos casos de câncer de mama para o ano de 2022 no Brasil. Por isso é muito importante que as mulheres mantenham o acompanhamento integral na Atenção Primária à Saúde e realizem  o exame de rastreamento na periodicidade adequada, além de adotarem a estratégia de conscientização, estando mais atentas ao conhecimento do seu corpo, como os aspectos normais das mamas e reconhecimento de alterações suspeitas, para que possam  procurar um serviço de saúde o mais cedo possível.. Como outros tipos de câncer, a detecção precoce é fundamental para um tratamento de sucesso.

O exame clínico, o rastreamento por meio da mamografia e a identificação dos sinais e sintomas suspeitos são parte das estratégias para detecção precoce do câncer de mama. A mamografia é ofertada de forma gratuita pelo SUS, sendo recomendada como exame de rastreamento para mulheres com idade entre 50 e 69 anos, a cada dois anos. Mulheres consideradas de alto risco devem ter avaliação e conduta individualizadas.
“O câncer de mama leva de seis a 10 anos para atingir o tamanho de um centímetro, o que equivale a uma bolinha de gude. Mas a partir dali, ele cresce rapidamente. Existem casos onde as pacientes chegam aqui com o câncer avançado, correndo o risco de perder as mamas ou falecer. Por isso é importante as mulheres fazerem os exames clínicos com a mamografia”, orienta o mastologista e diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon), Gerson Mourão.

Atenção integral

Principal porta de entrada do SUS, a Atenção Primária à Saúde promove ações de saúde individuais, familiares e coletivas para prevenir e detectar precocemente o câncer de mama. A mamografia é solicitada durante a consulta com o profissional de saúde na Unidade Básica de Saúde, devendo ser acompanhada do exame clínico das mamas.

Além de se fazer a solicitação da mamografia de rastreamento como o método de detecção precoce do câncer de mama, também se trabalha a questão de sinais e sintomas do câncer de mama junto às mulheres e também formas de prevenção primária, como o estímulo a prática de atividade física, a manutenção de um peso saudável, alimentação adequada e saudável também rica em alimentos in natura, pobre em ultraprocessados”, ressalta a coordenadora-geral de Prevenção de Doenças Crônicas e Controle do Tabagismo, Patrícia Izetti.

Os centros oncológicos integram a rede SUS e oferecem assistência especializada e integral, atuando no diagnóstico, estadiamento e tratamento do câncer de mama..  Confira a listagem de hospitais credenciados no site do Inca, encontre a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência ou procure a secretaria de saúde do seu estado para mais informações.

CÂNCER DE MAMA: Sinais e sintomas (Fonte: Inca)

●    Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher;
●    Pele da mama avermelhada, retraída ou com aspecto de casca de laranja;
●    Alterações no mamilo (bico do peito);
●   Nódulos aumentados nas axilas ;
●    Saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

Para mais informações, acesse o site do Ministério da Saúde: gov.br/saude. Ou entre em contato com a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), pelos telefones (68) 3215-2670 e 3215-2619.

Comentários

Acre

Adolescente de 16 anos é morto com tiro na cabeça enquanto andava de bicicleta

Publicado

em

Um adolescente foi morto com um tiro na cabeça, durante a noite da sexta-feira (12), na Zona Leste de Porto Velho (RO). Ele foi identificado como Micael Batista da Costa, de 16 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, populares informaram que a vítima andava de bicicleta pela rua quando dois homens em uma motocicleta chegaram atirando. Eles fugiram em seguida.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado ao local e um médico constatou que o adolescente já estava morto.

Comentários

Continue lendo

Acre

AC pode ter recorde de calor antes da chegada de nova frente fria; veja detalhes

Publicado

em

Pesquisador Davi Friale – Foto: Alexandre Lima/Arquivo

O pesquisador Davi Friale afirma que os próximos dias para os acreanos serão de “calor intenso”. A informação foi repassada por meio de seu site O Tempo Aqui.

Ele explicou que a forte onda polar que chegou ao Acre na última terça-feira deixou o tempo seco e por isso, próximos dias, pelo menos até quarta-feira (17), o calor será intenso, com sol e nuvens.

Friale alertou ainda para a possibilidade de novos recordes de calor do ano,” com temperaturas acima de 35ºC”, disse, explicando que “Até o momento, em Rio Branco, por exemplo, a maior temperatura do ano foi 34,5ºC, registrada no aeroporto da cidade, no último dia 29 de julho. Já, no interior, foram registradas, durante este ano, máximas acima de 36ºC, principalmente em Tarauacá, Assis Brasil e no Parque Estadual do Chandless”.

Não há chuvas previstas para o estado neste final de semana, mas na próxima quinta (18), “deverá chover forte, com alta probabilidade de temporais, devido à chegada de uma intensa onda polar, a ser confirmada”, diz.

Comentários

Continue lendo

Acre

Ultrapassagem: motociclista tem múltiplas fraturas após bater em meio fio na Getúlio Vargas

Publicado

em

O Motorista do HB20 permaneceu no local, e ligou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma ambulância para prestar os primeiros socorros ao motociclista

O motociclista Anisberto Mendes de Souza, de 52 anos, quase perdeu a vida, em um acidente de trânsito registrado na manhã deste domingo (14), no semáforo dos cruzamentos da rua João Paulo XXIII com a Avenida Getúlio Vargas, na região do bairro Bosque, em Rio Branco.

Conforme informações, o homem conduzia a motocicleta CG Titan, placa QWE-5C08, no cruzamento da rua João Paulo XXIII e Av. Getúlio Vargas, quando ao chegar no sinal, ele fez uma curva fechada a direita, juntamente com o veículo HB20, de cor prata, placas QLW-9F25. Na ação, o piloto bateu no meio fio, perdendo o controle da direção. A moto ficou totalmente sem controle, girando no meio da pista. Após a colisão, Anisberto caiu no asfalto, sofrendo várias fraturas pelo corpo.

O Motorista do HB20 permaneceu no local, e ligou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma ambulância para prestar os primeiros socorros ao motociclista.

Os paramédicos prestaram o atendimento inicial no local, e, em seguida encaminhou o homem para o Pronto de Socorro. Ao dar entrada no PS, o piloto da moto estava em estado estável, porém, com uma fratura na perna direita e outra fratura exposta no tornozelo.

O Policiamento de Trânsito foi acionado, esteve no local, isolou a área para os trabalhos periciais.

Comentários

Continue lendo

Em alta