Este foi o primeiro casamento coletivo realizado e comemorado dentro de uma prisão no pais.

Reportagem de Kike navala - Periodista de Pando

A Penitenciária Modelo Villa Busch, em Cobija/Pando/Bolivia, foi palco na última sexta-feira (11), primeiro casamento coletivo realizado no sistema penitenciário boliviano. Oito casais disseram “sim”, renovando seus votos matrimoniais em nome de um amor que faz superara até mesmo as barreiras impostas pelo cárcere, onde não foi capaz de atrapalha o momento da benção sacerdotal, direcionada aos noivos declarados oficialmente casados em cerimonia realizada pela primeira no país boliviano.

A CERIMÔNIA

Os noivos se trajaram a rigor: homens de terno e gravata e as noivas com o tradicional vestido. E não faltou nenhum requisito de cerimonial de casamento. Teve a presença da família, crianças como porta-alianças, corredor decorado para a passagem dos noivos, cenário montado para fotografias, um ambiente decorado com arranjos, flores e balões, a benção pastoral e a presença do juiz de paz.

Casar dentro de um presídio, tem um fator forte que diferencia de outros casamentos. Pois após a bela cerimônia, uns voltam para casa e outros para a cela. O amor fica em prova, e é necessária uma força maior para superar a distância, disse um dos casais (Foto: captada)

Veja vídeo de Kike Navala – Periodista de Pando:

Mais vídeo:

Comentários